Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Juventus e Barcelona de baterias carregadas para a Liga dos Campeões

Uma semana depois dos encontros da primeira mão entre Juventus e Ajax, e Barcelona e Manchester United, é tempo de tira-teimas em dois confrontos que se mantêm em aberto, mas vão pendendo mais para o lado dos favoritos que, além disso jogam em casa na partida decisiva…

Contexto doméstico pode ser crucial

Tanto Juventus como Barcelona têm as respetivas ligas italiana e espanhola no bolso.

A Juventus deu-se ao luxo de descansar praticamente todo o onze inicial que alinhou em Amesterdão na partida deste fim-de-semana em SPAL que culminou na sua segunda derrota na Serie A.

cr7 messi

No entanto a vantagem é de 17 pontos sobre o vice-líder Nápoles a seis jornadas do fim pelo que só um milagre poderá impedir a Vecchia Signora de celebrar o oitavo título consecutivo em Itália.

E neste fator da gestão de plantel, os italianos estão em clara vantagem frente ao seu rival nos quartos de final da Liga dos Campeões da UEFA visto que o conjunto orientado por Erik Ten Hag teve de apresentar um onze muito forte no embate do fim-de-semana frente ao Hercales (triunfo de 6-2) por forma a não perder pontos na sua luta pelo título holandês.

O Ajax não começou bem na Eredivisie, mas tem operado uma bela recuperação e já lidera em igualdade pontual com o PSV pelo que só precisa de vencer os últimos quatro encontros do campeonato para se sagrar campeão holandês. Ainda assim, isso implica riscos pois há jogadores com clara sobrecarga de jogos e minutos.

Por outro lado, ter os jogadores mais importantes constantemente em campo gera igualmente riscos de lesões, algo que se confirmou este fim-de-semana quando Frenkie de Jong foi forçado a abandonar o relvado com problemas físicos, estando agora em dúvida para uma das mais importantes partidas do clube nas últimas décadas.

A Juventus é favorita a 1.69 na ESC Online para carimbar a qualificação com um triunfo caseiro sobre o Ajax, mas os holandeses voltaram a demonstrar a sua qualidade no embate da primeira mão e certamente não vão entregar a eliminatória de mão beijada.

Barcelona também poupou recursos

Tal como a Juventus em Itália, o Barcelona tem o título da Liga Espanhola praticamente sentenciado – tem mais nove pontos que o Atlético de Madrid com seis partidas por disputar – e foi com naturalidade que vimos Ernesto Valverde descansar toda a equipa que alinhou em Manchester a meio da semana, com exceção para o guarda-redes Ter Stegen.

O Barça viria a empatar sem golos em Huesca, mas o mais importante foi gerir o esforço dos seus melhores jogadores com destaque para Lionel Messi e Luís Suárez que têm sido decisivos nas últimas semanas.

Após vencer em Old Trafford por 0-1, o Barcelona tem a eliminatória perfeitamente controlada, porém não pode adormecer à sombra desse resultado uma vez que o Manchester
United possui muito talento ofensivo e numa noite inspirada pode criar alguns problemas.

Ainda assim, o Barcelona é francamente favorito após evidenciar clara superioridade no embate da primeira mão, e está cotado em 1.37 pela Betclic para vencer novamente o rival inglês.

dembele coutinho

A turma de Ole Gunnar Solskjaer não pôde fazer tantas poupanças quanto o Barcelona nas partidas domésticas do fim-de-semana pois continua envolvida numa acérrima luta por um dos lugares do top-4 da Liga Inglesa que vale uma vaga na próxima Liga dos Campeões.

Os Red Devils bateram o West Ham por 2-1 em Old Trafford, mas voltaram a sentir dificuldades mostrando que não estão ao mesmo nível do que já os vimos fazer na era de OGS.

Ainda assim, os seus objetivos estão ainda intactos nessa demanda por um dos primeiros quatro postos da Premier League e esse será claramente o grande foco da equipa até final da temporada, especialmente se a sua eliminação europeia for confirmada esta terça-feira.

Jogadores como Paul Pogba, Romelu Lukaku, Juan Mata ou Chris Smalling não tiveram direito a descanso antes da partida em Camp Nou e tal poderá ter repercussões durante a partida frente ao Barcelona na Catalunha, embora esta formação do Manchester United já tenha surpreendido o Paris Saint-Germain em Paris em condições ainda mais adversas (derrota caseira por 0-2).

De qualquer modo, uma repetição de tal façanha parece muito difícil, especialmente atendendo ao bom momento de forma que o Barcelona atravessa.

Não espanta, portanto que um simples triunfo do Manchester United em Espanha esteja cotado 7.25 na Bet.pt.

Cristiano Ronaldo vs Juventude holandesa

A Juventus está em posição favorável de carimbar o seu passaporte para as Meias-Finais da Liga dos Campeões, no entanto o embate em Amesterdão voltou a relevar a qualidade do ataque do Ajax que, caso tivesse sido um pouco mais assertivo na finalização poderia ter forjado outro tipo de resultado.

No lado da Juventus, Cristiano Ronaldo voltou a ser decisivo ao apontar um belo golo de cabeça no coração da área do líder da liga holandesa após cruzamento de João Cancelo. Depois de ter parado algumas semanas após uma lesão contraída na seleção nacional, CR7 regressou para fazer o que melhor sabe: marcar golos e ser decisivo na sua equipa.

O português experienciou uma fase de grupos atípica face ao seu rendimento habitual ao apontar apenas um golo durante esse período, porém quando as coisas se tornam realmente sérias ele puxa dos galões e já vai em quatro tentos em três partidas a eliminar na prova.

Novo golo do português na noite de terça-feira em Turim está cotado em 1.85 pela Betclic e tendo em conta que o ponto mais frágil da formação holandesa será a sua defensiva, existem boas razões para acreditar que Cristiano Ronaldo voltará a marcar e a assumir o protagonismo da partida.

Do lado dos holandeses, o tridente ofensivo continua a deslumbrar a Europa do futebol com o seu estilo rendilhado e de rápidas trocas de bola um pouco ao estilo do aclamado Barcelona de Pep Guardiola.

Hakim Ziyech, David Neres e Dusan Tadic formam uma parceria realmente entusiasmante e a forma como a equipa pressiona bem perto da defesa contrária tem gerado alguns dividendos interessantes, sufocando por vezes os rivais e a Juventus não foi diferente neste aspeto, pois teve que sofrer em vários momentos no embate em Amesterdão.

Agora, o Ajax precisa de vencer em Turim ou empatar com golos para se manter em prova.

Na Bet.pt, o triunfo dos holandeses está cotado em 5.05 e depois de terem vencido no Santiago Bernabéu por 1-4 é normal que muitos apostadores se possam sentir tentados por este preço atrativo, mas irá a Juventus conceder o mesmo tipo de veleidades defensivas que o Real Madrid? Não me parece…

Red Devils precisam travar Lionel Messi e esperar por Rashford

A exibição do Manchester United em Old Trafford no embate da primeira mão terá sido uma perfeita desilusão para a maioria dos seus adeptos visto que a equipa nunca conseguiu impor o seu futebol de ataque que se tornou claramente uma marca característica desde a chegada de Solskjaer.

No entanto, ficou a sensação de que a estratégia passava mesmo por aí, ou seja, conceder o domínio aos catalães e explorar rápidas saídas em contra-ataque para tentar surpreender através de Marcus Rashford, Romelu Lukaku e Digo Dalot, o que se viria a revelar um erro.

O Barcelona é uma das mais fortes equipas do planeta com posse de bola e raramente perdeu o esférico em zonas perigosas do campo, impedindo assim o Manchester United de gerar perigo em saídas rápidas.

Uma das formas de conter este Barcelona é retirar-lhe o controlo da posse, nomeadamente através de uma forte pressão alta que impeça os seus jogadores mais virtuosos de criar ofensivamente.

Manchester United

Acontece que o Manchester United não tem essa capacidade pois nunca a desenvolveu ao longo da temporada, quer com José Mourinho, quer com Solskjaer.

Assim, o mais natural será ver os Red Devils novamente num esquema defensivo com linhas recuadas e organizadas no sentido de controlar o ataque Blaugrana, com destaque para Lionel Messi, e depois tentar em alguns momentos sair para o contra-ataque através dos seus jogadores mais rápidos.

Talvez isso leve o técnico norueguês a apostar noutro tipo de estrutura ofensiva nesta partida com um tridente atacante mais talhado para a velocidade e irreverência. Tendo isso em conta, uma aposta em Marcus Rashford, Anthony Martial e Jesse Lingard em simultâneo poderia ser uma opção interessante, mas só Solskjaer saberá o tipo de abordagem que terá a esta partida.

Apesar de terem travado Lionel Messi no encontro da primeira mão, as Casas de Apostas continuam a pensar que a defesa inglesa não terá argumentos para o fazer em duas ocasiões consecutivamente.

Um golo do astro argentino está cotado em somente 1.47 na Betclic pelo que não representa grande atratividade.

Já no caso do Manchester United, o seu elemento que poderá levar mais perigo junto da baliza Blaugrana tende a ser Marcus Rashford, que está cotado em apelativos 4.10 para pelo menos impedir que a sua equipa saia vergada perante o Barcelona sem sequer apontar um golo em 180 minutos de futebol.