A meio de um ciclo bastante exigente logo a abrir a temporada, o Sporting deu resposta positiva e venceu fora o Paços de Ferreira, entrando assim com o pé direito na edição de 2020/21 da Liga Portuguesa. Jovane Cabral, na primeira parte, e Sebastian Coates, no segundo tempo, foram os marcadores de serviço, numa noite em que Amorim ainda não esteve presente.

EXIBIÇÃO CONSISTENTE E EFICAZ NOS DOIS LADOS DO CAMPO

Há apenas três dias atrás, o Sporting estreou-se oficialmente na nova época com um triunfo de serviços mínimos frente ao Aberdeen, que se mostrou inoperante na partida de Alvalade que terminou com vitória por 1-0 dos “leões”.

A dividir atenções entre esta estreia no campeonato e o “play-off” final de acesso à fase de grupos da Liga Europa, que se disputa já na próxima quinta-feira, novamente em Lisboa, frente ao conhecido LASK Linz, Amorim resolveu repetir a equipa titular do primeiro compromisso e acabo por sorrir.

Foi um Sporting personalizado e a tentar impor os ritmos do jogo aquele que entrou em campo, ao final da tarde deste domingo, no Estádio da Capital do Móvel.

Perante um Paços de Ferreira bem organizado e que procura, com Pepa no comando, bater-se de frente com todos os adversários que se lhe aparecem pela frente, os “leões” tinham uma tarefa previsivelmente complicada, que acabou por tornar-se relativamente simples.

Sem que nenhuma das equipas tivesse disposto de uma clara oportunidade para inaugurar o marcador, coube a Jovane Cabral a diligência, à passagem do minuto 23, a converter muito bem uma grande penalidade.

Um lance polémico e que levou a muita contestação por parte do banco pacense, uma vez que a mão na bola por parte de Douglas Tanque surge na ressaca de dois ressaltos após remate de meia distância do Sporting.

Até ao intervalo, o Paços procurou reagir, mostrou-se, numa linha de continuidade com a época passada, uma equipa capaz de trocar a bola e de obrigar o adversário a baixar as suas linhas, ainda que sem a acutilância e a definição necessárias no último terço.

O segundo tempo teve início com a equipa de Pepa a tentar ter o domínio do jogo, à procura de chegar ao golo do empate. Na sequência de uma bola parada, ao minuto 63, o internacional uruguaio Sebastian Coates apareceu na área contrária a finalizar uma assistência de outro central, o reforço Feddal.

EXIBIÇÃO CONSISTENTE E EFICAZ NOS DOIS LADOS DO CAMPO

Estava feito o 0-2 e, com meia hora pela frente, o Sporting baixou a sua dinâmica e intensidade, mas viu o Paços sentir muito o golo sofrido e revelar falta de criatividade para chegar com perigo a zonas de finalização, após jogadas de envolvimento coletivo.

Até final, pouco mais de significativo se passou, a equipa pacense continuou a tentar marcar o seu golo de honra, até o podia ter feito – destaque para uma perdida após um pontapé-de-canto –, mas o Sporting acabaria por tornar a mostrar-se uma equipa coesa e adulta, numa fase precoce da temporada.

“NO AMORIM”, “NO PROBLEM”: 2 JOGOS, 2 VITÓRIAS

Três golos marcados, zero golos sofridos. É este o registo do Sporting versão 2020/21, que tem sido tecnicamente liderado “in loco” por Emanuel Ferro, braço direito de Rúben Amorim, que tem estado na Academia de Alcochete em isolamento, no processo de recuperação da infeção por covid-19.

Sem a presença do jovem treinador que trocou, a meio da última época, o Braga pelo Sporting, a equipa leonina tem-se mostrado bastante capaz, sobretudo do ponto de vista emocional, ainda que não tenha sido sujeita, para já, a nenhum momento de real adversidade (por exemplo, ainda não esteve em desvantagem, nem sequer viu nenhum nulo se perpetuar além dos 30 minutos de jogo).

Ainda assim, méritos redobrados para o trabalho de Amorim, que, mesmo à distância, parece estar a colher os frutos de uma primeira pré-época no comando dos “leões”, que procuram assumir-se como candidatos ao título na Liga Portugal e lutar pela conquista de um ou mais troféus, até porque é a isso que a história de um clube com a dimensão e o ecletismo do Sporting Clube de Portugal obriga.

VELHO CONHECIDO LASK É O ÚLTIMO OBSTÁCULO NO APURAMENTO EUROPEU

O terceiro jogo no espaço temporal de uma semana está marcado já para a próxima quinta-feira, com a receção ao LASK Linz a ser a última paragem da caminhada de apuramento para a fase de grupos da Liga Europa, onde o Sporting pretende estar.

Na Betano, a vitória dos “leões” no tempo regulamentar cota a 1.95, o Empate a 3.15 e o triunfo dos austríacos a 3.95.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube e assiste aos nosso Podcasts de Apostas. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Chat no Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Casas de Apostas
Solverde Apostas

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.

Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.