Apostas Online em Portugal – Aposta Ganha

Liga NOS retoma em finais de Maio e será à porta fechada

Tal como a reunião de meio da semana que envolveu os mais altos dirigentes do futebol português deixava antever o futebol vai mesmo regressar, mas só para alguns como também já se suspeitava. Assim, só a Primeira Liga Portuguesa e a Taça de Portugal serão concluídas.

UNS MAIS PROFISSIONAIS DO QUE OUTROS

A decisão ontem anunciada por parte do primeiro ministro António Costa dando conta de que apenas a Liga NOS e a Taça de Portugal voltarão a ser jogadas até final da temporada voltou a trazer à tona uma questão que eu já havia levantado durante a semana. O futebol português é um dos mais polarizados do planeta com três clubes a decidirem sobre o futuro das provas como se fossem os únicos com responsabilidades no nosso futebol.

Liga NOS retoma em finais de Maio e será à porta fechada

Naturalmente, e sem ouvirem clubes de outras ligas inferiores, a decisão acabou por se cingir a uma retoma da Liga NOS no final do mês de Maio por forma a permitir a realização das dez jornadas restantes da liga, bem como a realização da Final da Taça de Portugal que obviamente irá opor dois grandes nacionais, no caso o FC Porto e o Benfica – só assim se explica que o jogo vá ser realizado.

Perante esta novidade, muitos clubes da Liga NOS já estão a treinar ou a preparar o seu regresso aos treinos, sendo que todos os elementos envolvidos nisso deverão ser testados para o Covid-19 antes de serem libertados para os campos de treinos dos respetivos clubes.

LIGA (POUCO) PRO…

Esta decisão governativa não colheu muitos fãs na Liga Pro, a segunda divisão do nosso futebol, afinal muitas equipas ainda procuravam atingir os seus objetivos, além de esperarem que eventuais transmissões televisivas das partidas restantes gerassem algum retorno através de direitos de transmissão.

Infelizmente, e tal como já havia alertado durante a semana, a principal preocupação de Governo, Federação Portuguesa de Futebol e Liga de Clubes sempre foi atender aos problemas dos grandes de Portugal, e não a todos os clubes e isso ficou agora perfeitamente evidente.

Um jogador com história no futebol nacional que chegou inclusivamente a ser internacional português já veio manifestar o seu desagrado perante aquilo que considera ser ‘uma vergonha e desrespeito’. Falo de Edinho, atacante que atualmente alinhava no Cova da Piedade da Liga Pro.

Mas ele não foi o único jogador a manifestar o seu desalento perante a falta de respeito das instituições responsáveis para com grande parte dos profissionais de futebol em Portugal, e também clubes como o Clube Desportivo de Mafra já revelou a sua frustração tendo em conta que o clube ainda sonhava com uma eventual promoção à Liga Nos esta temporada.

PROTOCOLO SANITÁRIO SÓ PARA ALGUNS

A Liga de Clubes elaborou um protocolo sanitário com vista às partidas que se irão realizar a partir de finais de Maio, certamente indicando os cuidados necessários a ter como o distanciamento social entre alguns intervenientes ou as partidas à porta fechada. Mas o que mais espanta é que a Liga tenha protocolado algo que, pelos vistos só a Liga Nos será capaz de cumprir em mais uma demonstração de que o futebol português funciona a duas velocidades grandemente movido pelos interesses dos maiores clubes nacionais.

E se a Liga Pro poderia igualmente ser concluída quando também estava a dez jornadas do seu términus, porque não encerrar o Campeonato de Portugal com um playoff entre as melhores de cada série numa competição que teria no máximo oito equipas e qualquer coisa como sete partidas?

Na verdade, serão disputadas 90 partidas de futebol para que a Liga Nos seja concluída, mas um playoff a oito no Campeonato de Portugal não seria mais facilmente exequível com partidas no Estádio Nacional, por exemplo, de acordo com todas as regras sanitárias?

Tudo isto são questões que aparentemente seriam fáceis de responder, mas pelos vistos governo e instituições responsáveis pelo desporto têm mais com que se preocupar, sendo verdade que aquilo que era imperioso para contentar grande parte da população seria reatar a Primeira Liga já que é lá que Benfica, FC Porto e Sporting competem…

MAIS DE CINCO MESES SEM COMPETIÇÃO

Com esta decisão, Liga Pro, Campeonato de Portugal e restantes competições distritais e regionais ficarão mais de cinco meses sem competir numa situação que pode colocar muitos jogadores profissionais, semiprofissionais e até amadores em sérias dificuldades financeiras.

Será que o governo vai intervir nesta situação com apoios aos clubes no sentido de lhes permitir continuar a pagar ordenados aos seus pupilos? Pois bem, vamos esperar mas tal como já disse acima, creio que o governo tem mais em que pensar….lamentável!

 

Gostastes do nosso conteúdo? então regista-te no nosso canal oficial no Youtube. Além disso, entra em nossas redes sociais como o Instagram e Twitter para se manteres bem informado.

Um sitio perfeito para receberes tudo do AG é o canal no Telegram. Também no chat podes conversar com mais de 2.500 apostadores ao vivo sobre as melhores apostas. Se estas a procura dos Pros acede também os Tipster Profissionais.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *