Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Liverpool terá de correr atrás do prejuízo em Anfield

Após a derrota por 3-0 em Camp Nou diante do Barcelona no encontro da primeira mão das Meias-Finais da Liga dos Campeões, o Liverpool tem uma missão quase impossível pela frente, mas contará com o inferno de Anfield para o auxiliar na tentativa de uma reviravolta épica…Será possível?

Premier League por um fio

Tem sido uma caminhada extasiante aquela que o Liverpool tem trilhado esta temporada e, neste momento, o risco de encerrar a campanha sem quaisquer títulos conquistados está bem presente, apesar da excelente réplica que a equipa tem dado ao Manchester City na Liga Inglesa.

Liverpool terá de correr atrás do prejuízo em Anfield

Este fim-de-semana, os Reds voltaram a sofrer para vencer fora de casa ao triunfarem por 2-3 em St. James’ Park diante de um perigoso Newcastle de modo a conservarem as suas esperanças de que os Citizens de Pep Guardiola possam escorregar nas duas partidas que ainda lhes restam.

O Manchester City recebe na noite desta segunda-feira o Leicester City e, em caso de vitória chegará à última jornada da Premier League dependente de si próprio para celebrar o bicampeonato inglês quando se deslocar à casa de uma equipa do Brighton já aliviada pela garantia de manutenção entre a elite do futebol inglês.

Mas antes disso terão de superar um incómodo Leicester que no embate da primeira volta derrotou em casa os Citizens numa das suas quatro derrotas em toda a liga.

No Etihad, o City é favorito a somar mais três pontos com cotações de 1.15 na Betclic, mas poderá o Leicester causar novamente dissabores ao campeão? O mercado Resultado Duplo atribui cotações de 3.87 para Leicester ou Empate.

Danos colaterais na Europa

Um dos efeitos de termos o Liverpool ainda na luta em duas competições distintas reflete-se na gestão de recursos que Jurgen Klopp tem vindo a fazer. Com um meio-campo com várias opções a rotação tem sido frequente, no entanto, o mesmo não sucede no ataque onde o trio da frente tem sido sujeito a grande desgaste, assim como na defesa onde Virgil van Dijk e Andy Robertson têm tido avultados tempos de utilização.

O natural desgaste físico daí resultante contrasta claramente com o adversário que terão de enfrentar esta terça-feira, visto que o Barcelona já é campeão espanhol e neste fim-de-semana abdicou de todos os seus titulares numa inconsequente derrota em Vigo diante do Celta por 2-0.

Para acentuar a dificuldade da missão dos Reds, Roberto Firmino parece estar descartado das opções do técnico germânico enquanto Mohamed Salah continua em dúvida depois de abandonar por lesão diante do Newcastle, embora Klopp tenha afiançado que ele está bem e deu boas indicações de que poderá alinhar no duelo com o Barcelona.

salah machucado

Já no meio-campo, Naby Keita não deve recuperar da lesão contraída em Camp Nou e deverá ficar de fora no resto de uma eliminatória onde até tinha entrado muito bem.

A sua presença foi notada durante os primeiros 30 minutos do duelo frente ao Barcelona pela sua velocidade na forma como se aproximava dos elementos mais ofensivos dos espanhóis e a sua saída nessa partida também terá contribuído para facilitar a tarefa catalã.

Do lado dos Blaugrana, Ousmane Dembelé deve ser a única baixa de relevo tendo em conta que saiu logo aos nove minutos do embate do fim-de-semana em Vigo por problemas físicos e não se espera que Ernesto Valverde recorra aos seus serviços na noite de Anfield.

Inferno de Anfield tem-se revelado inultrapassável

Assim como o Barcelona tem apresentado registos deveras impressionantes no seu terreno, também o Liverpool tem sido francamente avassalador na sua casa.

Até ao momento na temporada, e excluindo a derrota na Taça da Liga diante do Chelsea numa partida onde não alinharam na máxima força, o Liverpool contabiliza 21 partidas entre Liga dos Campeões e Premier League sem ter consentido qualquer derrota.

No total, são dezoito triunfos e apensa três empates (Man.City, Leicester e Bayern) que animam a plateia de Anfield na alimentação de um sonho que parece francamente difícil de ser realizável.

Para além da desvantagem de três golos e do facto de não terem marcado fora de portas, o Liverpool surge nesta partida bem mais desgastado em termos físicos e emocionais por se encontrar em duas lutas em simultâneo das quais provavelmente sairá derrotado.

Por outro lado, a ausência de Roberto Firmino é um contratempo de grande relevo na manobra ofensiva dos Reds tendo em conta que o brasileiro é excelente a jogar de costas para a baliza e a lançar as duas setas do ataque Mohamed Salah e Sadio Mané.

torcida liverpool

Ao contrário do que sucedeu no encontro da primeira mão, suspeito que desta vez Jurgen Klopp irá apostar num avançado no lugar do atacante ex-Hoffenheim com Divock Origi bem colocado para ocupar a vaga depois de ter desempenhado papel de herói no fim-de-semana ao apontar o tento da vitória do Liverpool em St. James’ Park.

O técnico alemão pode também optar por Daniel Sturridge caso pretenda adicionar maior mobilidade ao seu ataque, mas não creio que seja essa a sua opção.

Em última instância, o modelo adotado em Barcelona até se poderá manter embora me pareça uma má opção tendo em conta que desta feita o Barcelona deve apresentar uma equipa mais moldada para o contra-ataque e com um sector recuado mais povoado pelo que será necessário combatê-lo com presença na área e aí Origi será a solução mais natural.

Valverde pode utilizar fórmula de sucesso

No embate da primeira mão, o Barcelona só deu sinais de estar verdadeiramente em controlo dos acontecimentos quando abdicou do ‘apagado’ Phillippe Coutinho para apostar em Nélson Semedo na lateral direita, fazendo avançar Sergi Roberto para o meio-campo.

E foi nesse sistema de 4-4-2 que os Blaugrana melhor contiveram a formação da cidade dos Beatles, equilibrando a batalha do meio-campo e impedindo os lançamentos para as costas da sua defensiva.

Deste modo, parece-me legítimo que Ernesto Valverde se sinta tentado a reverter para esse sistema por forma a defender melhor os três golos de vantagem que transporta até Inglaterra.

Ainda assim, outros poderão entender isto como um claro sinal negativo de recuo no terreno que pode incitar o Liverpool a cair em cima dos catalães pelo que é algo dúbio supor qual será o tipo de abordagem que o técnico espanhol estará a planear para terça-feira à noite.

Mas há um dado que obviamente pode incentivar Ernesto Valverde a jogar de modo mais pragmático em Anfield.

A sua equipa tem três golos de vantagem e pode dar-se ao luxo de consentir um ou dois golos sem que tal afete em demasia o seu estado de espírito e, por outro lado um golo em contra-ataque poderá sentenciar a eliminatória obrigando os ingleses a fazer cinco.

Lionel Messi e Luís Suárez brilharam a grande altura no encontro da primeira mão e podem voltar a fazer estragos esta semana caso beneficiem de espaços na defensiva contrária, algo perfeitamente possível tendo em conta a necessidade do Liverpool em procurar pelos golos.

Assim, vejo como uma opção interessante o mercado Ambas as Equipas Marcam neste embate a 1.50 na ESC Online

, uma das principais casas de apostas de Portugal.

Os Reds vão atacar com tudo e têm argumentos de sobra – mesmo sem Firmino – para bater Ter Stegen como ficou visível no embate da primeira mão onde criaram várias oportunidades de golo, e o Barcelona deverá ter condições para desferir perigosos contra-ataques ao longo do desafio que, provavelmente poderão originar pelo menos um golo.

Vencer para sair de cabeça erguida

Apesar da missão de inverter a eliminatória ao ponto de se qualificarem parecer relativamente inexequível para o Liverpool, creio que um triunfo em casa diante do Barcelona será uma prenda merecida para uma formação que foi seriamente penalizada pelo pesado resultado consentido em Camp Nou às custas de um Lionel Messi inspirado.

Assim, tenho a sensação de que o Liverpool pode perfeitamente bater os catalães em Anfield, embora a qualificação para a Final seja um cenário bem mais remoto.

Um triunfo da formação às ordens de Jurgen Klopp está cotado em 2.10 na Bet.pt e parece representar alguma valia atendendo ao percurso do Liverpool em sua casa na presente temporada.

3x0 liverpool

Para se qualificar, o Liverpool precisaria de pelo menos três golos neste encontro – caso não sofresse – e de cinco caso consentisse apenas um golo.

Para aqueles fãs imperturbáveis dos Reds uma aposta em Mais de 2.5 Golos do Liverpool neste encontro paga atrativos 3.15 e poderá ser uma opção, no caso de a formação inglesa entrar ligada à corrente, impondo grande pressão sobre os catalães desde o minuto inicial.

Mas estará o Liverpool em condições de o cumprir?

Naturalmente, com Firmino disponível e uma rotatividade mais acentuada nos jogos de campeonato as suas expetativas e esperanças seriam mais avultadas, no entanto a história do Liverpool é recheada de momentos épicos – quem não se lembra da Final da Liga dos Campeões de 2004-05 quando bateram o Milan nos penalties depois de chegarem ao Intervalo a perder 3-0? –

Pelo que os seus jogadores e adeptos farão a sua parte, isto é, doar-se ao máximo e esperar que o rival lhes conceda uma oportunidade de reentrarem na discussão por uma vaga na grande final da Liga dos Campeões…