Com a legalização das apostas em território nacional, várias empresas não conseguiram ou não tiveram interesse em obter licença para operar no nosso país. Não quis isso dizer que os apostadores portugueses viraram costas à oferta internacional – e ilegal. Num estudo publicado recentemente, foi dado a conhecer que mais de 49% do público apostador português utiliza as casas ilegais.

METADE DOS APOSTADORES ATUA EM MERCADOS ILEGAIS…

Foi levado a cabo um estudo promovido pela Associação Portuguesa de Apostas e Jogos Online (APAJO), por via da empresa de sondagens Aximage, para tornar público o conhecimento sobre alguns dados estatísticos relativos ao modus operandi do comum apostador português.

A pesquisa efetuada para averiguar a percentagem de utilização do mercado regulado e do mercado que não está reconhecido legalmente para poder operar em Portugal permitiu chegar a algumas conclusões acerca da forma de atuação do público português no que se refere ao mundo das apostas desportivas online.

Com uma amostra fixada em 601 entrevistas, o estudo da APAJO revelou que cerca de 49,2% dos jogadores portugueses fazem mea culpa e admitem que operam quer nos operadores licenciados em Portugal, como em casas de apostas que estão disponíveis através da Internet, mas que não obtiveram o licenciamento requerido para poder atuar, de forma legítima e reconhecida legalmente, no nosso país.

Aproximadamente 45,2% dos entrevistados no inquérito promovido pela Aximage garantiu que só trabalha nas plataformas devidamente autorizadas e reguladas pelo Estado Português.

As razões apontadas baseiam-se, fundamentalmente, no quesito da segurança, em questões liminarmente relacionadas com depósitos e levantamentos.

METADE DOS APOSTADORES ATUA EM MERCADOS ILEGAIS…

…E HÁ QUEM ASSUMA UTILIZAR EXCLUSIVAMENTE O MERCADO NÃO-REGULADO

Antes de ser promulgada na Assembleia da República a legalização do jogo online, a oferta disponível para o apostador português era ampla, mas pouco segura.

No entanto, com a legalização das apostas, os apostadores em solo português viram a sua margem de manobra e capacidade de trabalho limitadas, de certa forma, muito por culpa da queda abrupta das odds na maioria das casas promovidas no âmbito do mercado regulado nacional, o que tem, automaticamente, implicâncias no ROI estimado e, consequentemente, no sucesso do apostador a longo prazo.

Talvez por isso cerca de 5,6% dos inquiridos no estudo promovido, já detalhado anteriormente, tenha assumido que atua, de modo exclusivo, em casas de apostas que não estão devidamente autorizadas pelo Estado em Portugal.

AS RAZÕES POR DETRÁS DA PREFERÊNCIA PELO ILEGAL

Se somarmos a percentagem de jogadores que admitiu que opera em simultâneo no mercado regulado português e no mercado internacional não-regulado e a dos inquiridos que assumiu que consome unicamente a oferta ilegal, ultrapassamos a barreira dos 50%.

Segundo o comunicado publicado pela APAJO, os motivos fundamentais que levam a que o apostador prefira o mercado não licenciado em detrimento da oferta regulada são os óbvios.

Os bónus de apostas, que possuem um caráter mais atrativo no mercado não regulado (provavelmente devido à menor exigência associada aos rollovers e também às quantias “oferecidas” pelas casas de apostas sob o formato de dinheiro fictício que poderá ser convertido em saldo real), são uma das principais razões.

Naturalmente, as odds – ou quotas, cotações, como preferirem. É do domínio comum que, no mercado internacional, uma mesma seleção de aposta pode chegar a ter até mais 30 ou 40 ticks por comparação com certas e determinadas casas de apostas regularizadas em Portugal.

Por fim, mas talvez não menos importante para o jogador com um perfil mais exótico, está a superior panóplia de mercados disponibilizados nas casas ilegais em detrimento da menor oferta existente no mercado regulado.

A MELHOR OFERTA LEGAL E COM SEGURANÇA GARANTIDA

A MELHOR OFERTA LEGAL E COM SEGURANÇA GARANTIDA

À medida que o tempo passa, a gama de casas de apostas que passaram a operar legalmente no nosso país começou a alargar-se a um ritmo interessante. Claro está que, do ponto de vista do apostador, quanto maior oferta houver, melhor.

Em Portugal, atualmente a Betano e a ESC Online assumem um perfil diferenciado não só pelo interface intuitivo que proporcionam aos seus clientes, mas pelas odds altamente competitivas que apresentam, tanto em “pré” como em “live”.

A Solverde (odds muito atrativas) e a Betway foram algumas das últimas casas a aparecer com licença para operar em Portugal e têm-se revelado ótimas surpresas.

A já tradicional Bet.pt, a Betclic, a Luckia, a Nossa Aposta ou o Casino Portugal perfilam-se também como opções muito válidas.

O Aposta Ganha possui várias análises de grande qualidade, detalhadas ao pormenor e com uma avaliação específica nos vários quesitos para a gigantesca maioria do mercado que está a operar legalmente em Portugal.

A escolha de uma casa de apostas estará, ainda assim, muito ligada ao jogador e às suas preferências pessoais, que poderão ir melhor ao encontro de uma determinada empresa ou outra consoante o perfil do apostador.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube e assiste aos nosso Podcasts de Apostas. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Canal de Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Casas de Apostas
3,8 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis mais Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
4,0 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Aposta de 5€ Grátis com o Código Promocional: APOSTAGANHA1 mais 50% de Bonus até um máximo de 50 euros.