NBA num emaranhado que teima em não ser deslindado

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / NBA num emaranhado que teima em não ser deslindado

A NBA tem um plano delineado de retomar a sua atividade num formato distinto e unicamente disputado na Disney, na Florida, mas as vozes críticas continuam a surgir e os casos de Covid-19 a evoluir na região. Será que vamos ter fumo branco a 31 de Julho?

DISNEY SERÁ PALCO DA DECISÃO DA NBA

Como já aqui desenvolvi num anterior artigo, a NBA pela mão do seu comissário Adam Silver chegou a um acordo com equipas e jogadores no sentido de transferir a fase final da temporada para a Florida, mais propriamente para o complexo da Disney onde os jogadores ficariam isolados e despenderiam todo o tempo até à definição do novo campeão.

A competição seria decidida a partir de 31 de Julho e contaria com algumas partidas da Fase Regular para dar oportunidade a algumas equipas de ainda tentarem conquistar o seu lugar e, posteriormente seguiria para um Playoff em moldes mais normais.

No entanto, muitos entraves têm sido levantados ao longo de todo este período com vários jogadores a mostrarem-se relutantes quanto a esta solução e o perigo de saúde pública a aumentar consideravelmente devido ao crescimento de casos de corona vírus nos últimos dias na região da Florida, local onde iria decorrer a fase final da prova.

KYRIE IRVING NÃO QUER JOGAR

Uma das maiores polémicas do momento tem vindo do base dos Brooklyn Nets, Kyrie Irving que se parece estar a recusar a jogar e até mesmo a tentar encontrar companheiros de profissão que o acompanhem nesta espécie de greve ao basquetebol.

Mas engane-se quem pensa que tal atitude se deve aos riscos causados pelo Covid-19. Não, Kyrie Irving não quer jogar por alegar que tal irá retirar o foco das luzes sobre o movimento gerado após a morte de George Floyd.

Há muitas formas de protesto, mas colocar em causa o seu próprio futuro enquanto jogador profissional por causa disso parece totalmente descabido, e muitas pessoas já se manifestaram contra tal postura.

O seu ex-colega de equipa nos Cleveland Cavaliers, Kendrick Perkins, atualmente comentador televisivo fez duras críticas ao jogador afirmando que ele não está a ser coerente nas suas afirmações.

Irving é vice-presidente da Associação de Jogadores da NBA e recentemente votou a favor do retorno dos jogos, no entanto, pouco depois viria a fazer estas afirmações em que parece focado em abortar o retorno da competição. Perkins até comparou o base norte-americano a um pássaro, ou melhor, que se o cérebro de Kyrie fosse colocado num pássaro, esse animal iria voar para trás pois está extremamente confuso nas suas ideias.

De certo modo, e levando em conta que esta discussão envolve dois indivíduos de raça negra, fica mais uma vez a ideia de que toda esta polémica em torno da morte de George Floyd extravasa um pouco a questão racial. Muitos defendem que este movimento mais não é do que uma tentativa de descredibilizar o atual presidente Donald Trump numa altura em que ele se perfilava como favorito a vencer novas eleições no final do ano.

Se assim é, então podemos dizer que tal está a surtir efeito pois Trump já não é favorito nos mercados para Próximo Presidente, tendo perdido a liderança para o democrata Joe Biden que, naturalmente, está do lado do movimento Black Lives Matter.

LEBRON JAMES ATACA EM DUAS VERTENTES

LeBron James é outro dos jogadores que sempre sai em defesa das questões sociais e raciais no país, no entanto, também é verdade que recentemente adquiriu uma mansão em Los Angeles avaliada em cerca de 50 Milhões de Euros. De certa forma, LeBron parece estar a pregar em defesa dos mais desfavorecidos enquanto negoceia mansões em zonas ricas e privilegiadas dos Estados Unidos.

Curiosamente, a imprensa optou por discutir se a compra deste imóvel poderia ou não significar se a estrela da NBA estará a pensar em reformar-se com a camisola dos Los Angeles Lakers. Uma coisa parece certa, se a NBA se mudar de malas e bagagens até à Disney durante o verão Lebron James terá de adiar por algum tempo o usufruto da sua nova e luxuosa propriedade em Los Angeles.

Recorde-se que os LA Lakers continuam a liderar os mercados para Vencedor da NBA em 2020 com cotações de 2.75 na Betano.pt, seguidos pelos Milwaukee Bucks e LA Clippers, ambos a 3.75 de acordo com a mesma casa de aposta. Boston Celtics (13.00), Utah Jazz (14.00) e Houston Rockets (15.00) também espreitam uma oportunidade, embora corram por fora nesta luta que parece mais confinada a três equipas.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Chat no Tegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Casas de Apostas
Solverde Apostas

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.

Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.