New England Patriots vs Seattle Seahawks – Superbowl 49

Aposta Ganha / Prognósticos para Outros Desportos / Outros Desportos / New England Patriots vs Seattle Seahawks – Superbowl 49

NFL

– 1 Fevereiro 23h30 –

Aí está a tão aguardada final de mais uma época no melhor e maior espectáculo do planeta, a NFL e o SuperBowlXLIX, neste domingo, às 23h, New England Patriots e Seattle Seahawks defrontam-se no Super Bowl XLIX, em Glendale, Arizona, no University of Phoenix Stadium.

Frente a frente as duas melhores equipas desta época, New England Patriots e os actuais campeões Seattle Seahawks, mas desengane-se aquele que pensa que este SB e ao contrário do que tem vindo acontecer nos últimos anos tem um favorito à partida.

New England Patriots: Os Patriots já provaram o sabor da Legiom of Boom em 2012 (derrota por 24-23), Brady sofreu duas Intercepções nesse jogo, uma de Sherman e outra de Thomas. Relembrar aos mais esquecidos que na entrada para os últimos 6minutos do 4º período, os Patriots venciam por 23-10.

Na entrada para esta época, os Patriots candidatos como sempre são reforçaram-se muito bem, foram buscar precisamente a Seattle o CB Brandon Browner, ele que ajudara e contribuíra para o título de 2013 por parte dos Seahawks, foram buscar também o CB Darrelle Revis e WR Brandon LaFell. Aquisições muito interessantes e que se vieram a mostrar preponderantes para a chegada da equipa a esta final.

Como seria de prever uma vez mais, limparam a divisão AFC, com 12 vitórias em 16 jogos. O inicio não foi dos melhores e houve muita gente inclusive a criticar o QB Tom Brady; lembro-me perfeitamente de ter lido algures que ele estaria velho e que era hora de aposentar (era para rir só pode)! O certo é que ele aos poucos veio a subir de forma e a mostrar o porquê de estar na sua 6ª aparição numa final de SB e a lutar pelo seu 4º anel e entrar para uma restrita lista de QB que os têm, são eles Joe Montana e Terry Bradshaw.

Os Patriots possuem a 13ª melhor defesa e o 11º melhor ataque, sendo o 9º melhor no jogo aéreo e o 18º melhor no jogo terrestre.

Esta defesa tem tido uma época muito boa, liderada pelo DT Vince Wilfork, eles têm pelo menos um fumble forçado por jogo. A chave neste jogo é fazer com que os DEs fechem os lados do pocket e evitar corridas pelas laterais.

No Wild Card ficaram de fora, precisamente por terem vencido a divisão, na Divisional Round venceram os Ravens por 35-31 e no polémico jogo da AFC Championship venceram (esmagaram melhor dizendo) os Colts por 45-7.

Brady não vai ter tarefa fácil pela frente, a LOB continua forte e é a melhor de toda a liga e vai criar imensos problemas a Brady, mas aqui poderá estar a chave do sucesso do ataque dos Patriots, porque à partida se a LOB dirigir as forças para Gronk, quer dizer que Edelman e LaFell ficam livres e assim poderão receber a bola e avançar no terreno.

Nos cinco Super Bowls disputados, Tom Brady completou 127 passes para 1.277 jardas, 9 touchdowns e sofreu 2 interceptações. Os nove passes para touchdown de Brady é a segunda maior marca na história do Super Bowl, ficando atrás apenas de Joe Montana, que passou para 11 touchdowns em seus 4 Super Bowls disputados. E as 1.277 jardas em passes bem como os 127 passes completados de Tom Brady são a maior marca da história do Super Bowl.

Goste-se ou não de Brady, indiscutivelmente ele é um dos melhores QB’s da história, isso é ponto acente. Estamos a falar de um jogador que faz aqui a sua sexta aparição numa final, SEXTA!!! E que maior estímulo ele teria numa final do que entrar para a história? (ainda mais). E pensar que tudo começou em 2001… Para quem não o conhece muito bem e quer saber sobre a sua história nesta franquia, aconselho vivamente a verem este documentário sobre ele:

Para gáudio de Belichick, Gronk finalmente vai fazer uma SB a 100%, o homem já sofreu que chegue, foram sete cirurgias em cinco anos de NFL e um SB em 2011 muito fracassado, mas agora é hora de uma vez mais deixar o nome dele na história da NFL.

Este ano tem corrido às mil maravilhas em termos de marcas históricas para o “gigante”, senão reparem: * foi o 2º jogador mais rápido atingir os 50 TD recebidos seguidos, precisou apenas de 59 jogos; * 1º TE da história da NFL a ter 4 épocas com 10 ou + TD; * o 1º TE da história dos Patriots a ter duas épocas acima das 1000 jardas recebidas. Tem ainda um record com Brady de mais passes entre um QB e um TE, 53 ao todo.

A verdade é que toda a gente estava com muitas dúvidas sobre o rendimento de Gronk, derivado exactamente de tanta cirurgia, e com o começo da época e o fraco desempenho, parecia que os piores prognósticos estavam correctos.

Nos três primeiros jogos, foram apenas 11 passes recebidos por Gronk, totalizado 116 jardas e somente dois TDs. Mas a pouco e pouco e com muito treino, a qualidade indiscutível de um dos melhores TE da história (e talvez o melhor) veio ao de cima e Gronk agora só pensa numa coisa, agarrar o “Vince Lombardi Trophy”.

Seattle Seahawks: Os campeões em título entraram nesta época como um dos grandes favoritos para chegar à final, e mesmo com a perda de alguns jogadores influentes na equipa, a equipa continuava a ser favorita, mas a verdade é que com o decorrer da época as coisas pareciam não estar para aí viradas, chegamos à semana 7 e os Seahawks apresentam um saldo de 3 vitórias e 3 derrotas, e aí todo o mundo começou a interrogar se realmente eles iriam aos PO.

O certo é que por algum milagre ou não, nos restantes 10 jogos, venceram 9, acabando em 1º na conferência e tendo o tão desejado Home Field advantage nos PO.

Seattle possui a melhor defesa da NFL na temporada e o 9º melhor ataque, sendo o 27º melhor no jogo aéreo e o 1º no jogo terrestre.

No Wild Card ficaram de fora, precisamente por terem vencido a divisão, na Divisional Round venceram os Panthers por uns claros 31-17 e na NFC Championship tiveram que fazer um comeback contra os Packers e ir a OT e acabar por vencer por 28-22.

Falar dos Seahawks é falar na Legion of Boom (Richard Sherman, Byron Maxwell, Kam Chancellor e Earl Thomas), a melhor defesa da NFL nos dois últimos anos, e passemos aos factos que comprovam isso mesmo:

“Record de 10-0 desde 2012 contra quarterbacks vencedores de Super Bowl (3-0 vs. Aaron Rodgers; 2-0 vs. Eli Manning; 2-0 vs. Peyton Manning; 2-0 vs. Drew Brees; 1-0 vs. Tom Brady)”

“Melhor da liga em pontos cedidos por partida (15,9), melhor em jardas cedidas por partida (267,1) e melhor em jardas aéreas cedidas por partida (185,6). Antes de chegar ao Super Bowl ano passado, a defesa também era a melhor em diversas estatísticas”

“Desde a semana 12 desta temporada, Seattle está 8-0 e cedeu apenas 9,8 pontos por partida”

“No último confronto entre as equipes, Tom Brady completou 3 passes de 9 tentados na direção de Richard Sherman, com uma interceptação. Seu passer rating lançando na direção do cornerback foi de 15,3”

Eles utilizam um esquema que só funciona se todos os jogadores estiverem bem coordenados e forem muito técnicos. Sherman é o líder do grupo, e temos que admitir que é um dos melhores CB da NFL, ele é extremamente experto, e não é a toa que os quarterbacks adversários evitam lançar no lado que o cornerback está posicionado, geralmente o esquerdo. Mesmo assim ele consegiu 24 interceptações nos primeiros anos na liga, terceira melhor marca de todos os tempos. E esta época já conta com 6 (4 Regular season e 2 nos PO).

Maxwell é o rookie nesta defesa, a ele coube a difícil tarefa de substituir Brandon Browner (agora actuar pelos Patriots) e tem dado conta do recado, os quarterbacks lançaram 78 bolas em sua direção ao longo do ano, ele cedeu uma média de 12,8 jardas por recepção.

Thomas a meu ver é um monstro, e se repararem bem, raramente se dá o mérito a ele, ou só se fala de Sherman e das suas intercepções ou do Beast Mode Lynch e as suas correrias malucas que dão vitórias; mas este menino Thomas fica sozinho atrás da secundária, a cobri-la!! É um dos melhores jogadores da NFL, foi líder em tackles na temporada regular (80) e forçou quatro fumbles em 2014.

Chancellor é outra “bestinha”, neste caso em termos de tamanho, mas engane-se aquele que pensa que por ser grande não faz nada, antes pelo contrário, ele é bastante ágil, por vezes um pouco violento nos tackles que efectua, mas que faz toda a diferença nesta equipa, por vezes joga a linebacker. Ele possui 375 tackles, oito interceptações e cinco fumbles forçados nos últimos quatro anos. Vai ser interessante a forma como ele actuará perante Gronk, uma vez que ele conseguiu anular por completo outro TE “gigante”, Jimmy Graham.

Não poderia esquecer de falar no ataque, Russel Wilson e Marshawn Lynch fazem o que querem da defesa contrária, é impressionante a forma como o fazem, mas falar por partes e muito resumidamente. O QB Wilson chega a este SB como líder da NFL em 2014 em jardas corridas entre lançadores, com 849 jardas e 6 touchdowns. Ele é extremamente ágil e sabe como ir pro scramble e torna a missão do front -7 muito difícil, porque ele consegue confundir na perfeição.

E é isto que ele poderá fazer ao front-7 dos Pats.

Lynch liderou a temporada regular em touchdowns entre os running backs e é conhecido pelo nickname “beast mode”, é agressivo e isso põe pressão no front-7 adversário. Mas pela frente vai encontrar um dos melhores DT, Vince Wilfork. E esta defesa dos Pats tem pelo menos um fumble forçado por jogo, o que poderá ser decisivo no jogo. Lynch tem ainda outra vantagem, é que quando a sua OL consegue abrir bons gaps, ui, então preparem-se que teremos aquelas correrias malucas que falei à pouco.

Falar nesta final é falar em matchups, e para mim este é o mais atractivo de todos:

NFL

Ontem as equipes fizeram o último treino antes do Super Bowl e divulgaram o injury report final para o Super Bowl XLIX. Pelos Patriots, nenhum jogador foi listado como “Fora” ou “Dúvida”. O Center Bryan Stork foi o único listado como “Questionável” devido a uma lesão em seu joelho direito ocasionada no jogo contra os Ravens no Divisional Game. O LB Akeem Ayers, o QB Tom Brady, o LB Dont’a Hightower, o DT Chris Jones, o CB Darrelle Revis e o DL Sealver Siliga foram listados como “Prováveis”.

Pelos Seahawks, nenhum jogador foi listado como “Fora”, “Dúvida” ou “Questionável”. o G JR Sweezy, o T Justin Britt, o S Kam Chancellor, o RB Marshawn Lynch, o S Earl Thomas e o CB Richard Sherman foram listados como “Prováveis”.

Conclusão: Apesar de preferir o ataque, sei perfeitamente que os ataques ganham jogos e as defesas vencem campeonatos. E aqui estará a chave de todo este jogo, Se a LOB actuar como sempre faz, Brady e companhia terão muito que se preocupar e tentar não repetir a derrota de 2012. Mas eu acredito que Brady e o coordenador ofensivo Josh McDaniels trabalharam imenso a estudar as possíveis movimentações de toda a LOB e consigam achar espaço para o seu TE, e Gronk estando totalmente a 100%, ainda mais ajuda e dá para ele fazer um ar da sua graça e fazer o que ele sabe melhor. “Gronk Spike” :=)

Faz a tua Aposta de NBA, NHL ou NFL na Sportingbet 

e ganha uma Aposta Grátis de 100%!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CASAS DE APOSTAS
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.