Novak Djokovic em ritmo de cruzeiro no ATP World Tour Finals

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / Novak Djokovic em ritmo de cruzeiro no ATP World Tour Finals

É difícil desmentir a ideia de que Novak Djokovic é virtualmente imbatível em piso duro, quer seja ao ar livre ou em court indoor, e isso voltou a ser perfeitamente evidente no embate deste Domingo na estreia no World Tour Finals na O2 Arena, com o tenista sérvio em mais uma apresentação sublime.

Matteo Berrettini tem muito a aprender

O jovem tenista italiano Matteo Berrettini terá sido uma das grandes sensações da temporada – a par de Daniil Medvedev – e o facto de ter garantido presença entre os oito melhores tenistas do mundo no evento de final de época é disso sinónimo.

berretini atp

No entanto, a sua estreia numa O2 Arena totalmente lotada acabou por ser algo dececionante de acordo com as suas expectativas pois não teve qualquer hipótese diante de um superlativo Novak Djokovic.

O tenista sérvio tomou as rédeas do encontro de tal modo que precisou de pouco mais de uma hora para despachar o italiano com 6-2 e 6-1 em mais uma demonstração de enorme solidez em pisos duros.

Berrettini teve uma temporada de autêntica explosão junto da elite do ténis mundial e a sua capacidade de aceleração de bola é realmente fascinante, no entanto, a sua movimentação em court ainda é algo deficiente e ele acaba algo prejudicado neste tipo de pisos mais rápidos onde o sérvio ‘Nole’ é rei e senhor.

O italiano volta a entrar em cena já na terça-feira perante outro ‘monstro do ténis mundial’, no caso, um Roger Federer absolutamente necessitado de vitória após entrar com derrota perante o austríaco Dominic Thiem.

Para o primeiro embate desta terça-feira na O2 Arena, Roger Federer é destacadamente favorito com cotações de 1.19 na Betclic, enquanto Berrettini se fica pelos 4.40 na clara condição de ‘underdog’.

Como travar Djokovic nestes momentos?

Novak Djokovic passeou a sua classe no último Masters 1000 do ano em Paris, vencendo o torneio sem ceder qualquer set e parece ter transportado esse bom momento de forma para Londres, onde iniciou com uma vitória sintomática sobre o jovem italiano Matteo Berrettini.

O tenista sérvio ainda persegue a rápida recuperação do nº1 mundial antes do final do ano, e para isso precisa de vencer o torneio e esperar que Rafa Nadal possa ficar um pouco aquém das expetativas.

Talvez por isso, tenhamos visto um ‘Nole’ absolutamente demolidor diante do promissor transalpino em mais uma exibição que reforça o seu estatuto de quase imbatível em piso duro quando está em boa forma.

E que o diga o seu adversário desta terça-feira. Dominic Thiem tem sido uma espécie de pedra no sapato para o tenista sérvio nos últimos anos, batendo o sérvio em três dos seus últimos cinco confrontos.

Mas há aqui um senão: o austríaco só conseguiu derrotar Djokovic em terra batida onde já é apelidado de ‘Príncipe da Terra Batida’ já que só Rafa Nadal continua a dominá-lo nesse piso.

Por outro lado, olhando ao histórico de confrontos entre os dois tenistas em pisos duros verificamos Novak Djokovic soma quatro vitórias em outros tantos encontros diante de Thiem, sendo ainda de relevar que o austríaco só em uma ocasião lhe roubou um set, curiosamente no ATP World Tour Finals de 2016.

Favoritismo incontestável de ‘Nole’

Por todos estes dados, e apesar de Thiem ter iniciado o torneio com uma sensacional vitória diante de Roger Federer por duplo 7-5 a verdade é que não se espera que o tenista sérvio dê muitas abébias ao seu adversário neste encontro, razão pela qual é favorito claro ao triunfo a 1.18 na Betclic, por comparação com os avultados 4.50 oferecidos por um triunfo surpresa de Dominic Thiem.

Para além da sua aparente boa forma e estabilidade mental, Novak Djokovic parece estar motivado a recuperar um troféu que lhe foge desde 2015 – ele que havia vencido quatro vezes consecutivas entre 2012 e esse ano – a fim de confirmar que os seus 32 anos de idade continuam longe de o impedir de apresentar um ténis de alto gabarito.

djokovic finals

Atualmente, ele é o favorito à conquista do ATP World Tour Finals de 2019 com cotações de 1.65 nas principais casas de apostas sem que exista uma verdadeira ameaça que se destaque face aos restantes concorrentes.

Nesta fase, existe um alargado leque de potenciais rivais do sérvio encabeçado por Daniil Medvedev (4.40), seguido de Rafael Nadal (5.50), Dominic Thiem (5.50) e agora Roger Federer a 7.00, depois de ter negociado como segundo favorito durante algum tempo, mas a sua derrota na estreia, alterou as suas possibilidades de modo relativamente pronunciado, especialmente tendo ainda de enfrentar Novak Djokovic na fase de grupos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Casas de Apostas
Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.