Apostas Online em Portugal – Aposta Ganha

O Brasil e o “canarinho” Everton

O Brasil joga em Portugal, no Porto, não contra a nossa seleção mas frente ao exótico Panamá em preparação para a Copa América que jogará este verão.

Dias depois, jogará em praga, com a República Checa. Cada vez é mais natural fazer estes jogos fora do seu imenso território canarinho, porque todos os jogadores brasileiros da seleção joga hoje em campeonatos Europeus.

Todos? Não. Há sempre um solitário irredutível que permanece no Brasil e continua a mostrar a sua qualidades nos gramados do Brasileirão A.

Brasil vs Panama

Nesta equipa que vem a Portugal (tirando o terceiro guarda-redes Wewerton, no Palmeiras) o craque intruso ainda a jogar no Brasil merece mesmo até ser aquele a seguir com mais atenção:

Everton, extremo esquerdo que joga com o pé… direito, um artista objetivo na velocidade de condução de bola, finta, diagonais, passe e remate.

Não se perde em fintas, vai direto ao “assunto o golo e do remate” ou, em alternativa, do passe decisivo.

Prognóstico para apostas
Brasil vs Panama – Amigáveis – Brasil Over 2.5 Golos a 1.60 na Betclic.

Está a jogar no Grémio e “parte tudo” desde o seu flanco. Já está, claro, referenciado por muito clubes europeus e com 22 anos, com a maturação da formação feita no seu habitat de crescimento próprio, pode agora chegar ao futebol europeu sem receios ou problemas de adaptação.

O que irá valer mesmo Lucas Paquetá?

Outro jogador a seguir neste Brasil em Portugal é Lucas Paquetá, 21 anos, que já joga no Milan, vindo do Flamengo no mercado de inverno, mas a revelar no futebol italiano (dentro de um clube muito complicado que vive em permanente convulsão e troca de treinadores/jogadores) dificuldades em encaixar o seu melhor futebol.

É natural em fase da, talvez, forma precoce como saiu (fez um bom campeonato e as propostas choveram) e o clube, pelas razões expostas, eleito.

No Milan, tem jogado mais sobre a esquerda, mas não é o seu lugar, fica preso na criatividade, embora ele não seja um arista por natureza, pois também solta um instinto combativo, de bola dividia, saindo bem da pressão e encarando os últimos 30 metros agressivos.

Itália está, porém, no polo oposto do futebol carioca. É como mudar de planeta. E Paquetá está sofrer com isso.

Para além deles, muitos outros jogadores para seguir, com Arthur, 22 anos, cada vez a emergir como o novo mastro precoce do Barcelona a pegar no meio-campo (é daqueles jogadores que pode, á medida que a equipa avança no terreno, ser nº6, nº8 e nº10, com a mesma naturalidade e qualidade, tocando/passando a bola com classe).

Depois, também faz o percurso inverso a recuar para se fixar mais atrás no posicionamento defensivo.

A aculturação de princípios de jogo tácticos mais evoluídos no Barcelona tem sido fantástico para a crescente robustez competitiva do seu futebol já sedutor e responsável de origem.

Prognóstico para apostas
Brasil vs Panama – Amigáveis: Brasil Marca em ambas partes 1.54 na Bet Pt.

Não será um jogo empolgante, mas é bom durante uma semana ter todo este “mundo canarinho” perto de nós (treina toda a semana no Porto) e na convocatória ver como Tite procura abrir portas a muitos outros jogadores para entrar na seleção.

O lateral “completo”: Felipe Luís

Quem adoro ver no Brasil, na postura como defende e ataca, é Felipe Luís.

Aos 33 anos, continua intocável. Um lateral-esquerdo completo que, olhando para ele, até parece algo franzino, esguio, e nem ter pernas para aguentar um choque muscular mais forte.

Pura ilusão. Felipe Luís não para durante um instante durante o jogo, com timing de subir e recuar perfeitos.

filipe luis seleção

Cresceu no Corunha mas foi no competitivo At. Madrid que ganhou esta dimensão agressiva táctica e técnica de jogo. Rápido, nunca perde o timing de entrar na jogada.

Era o lateral-esquerdo que gostava de ver (no estilo/responsabilidade a defender e atacar – a ordem não é arbitrária- em qualquer grande equipa).

Foi, em 2018, ao Mundial FIFA depois de ter partido durante a época porque tem também uma resistência e vontade de superação física e mental acima do normal. Um craque na cabeça. E no corpo todo.

Piatek, os golos no “sangue”

Mas nem todas as opções são erradas no Milan. A melhor ideia no mercado de inverno foi contratar o ponta-de-lança revelação no campeonato italiano esta época: Piatek, polaco, de 23 anos.

Continua a fazer golos como fazia no Génova (só Ronaldo marca mais do que ele em Itália). No Milan, em 10 jogos marcou já os mesmos 8 golos que Higuain tinha marcado ao longo da primeira metade da temporada. No Génova tinha feito 13.

O que mais me impressiona em Piatek já nem está a ser os golos que marca, mas… como o marca.

É daqueles nº9 que parece precisar só de “meia oportunidade” para o fazer. Isto é, não necessita de uma assistência na perfeição, pois vai buscar a bola com a sua agilidade e cultura de movimentos aos espaços mais difíceis e depois finaliza com uma eficácia simplificadora impressionante.

Será curioso ver a evolução da sua carreira por prometer grande feitos ao mais alto nível.

Remata de qualquer ângulo, vai bem de cabeça, sem medo de bolas divididas, embora o seu forte seja fugir á marcação e apanhar o chamado “lao cego” dos defesas. Depois, não falha.

Prognóstico para apostas
Austria vs Polonia – Qualificação Euro 2020 – Ambas Marcam a 1.86 na Esc Online

Para além desse instinto puro de nº9 também sabe jogar com a equipa, segurar a bola de costas com corpo e com técnica para dar depois em apoios. Um “nº9 de futebol total” saído da Polónia.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *