Muito se tem falado nos últimos dias sobre a continuidade de Sérgio Conceição como treinador do FC Porto na próxima época. Depois de terem sido veiculadas notícias no sentido de o treinador campeão nacional abandonar o Dragão, o cenário mais provável parece ser o de continuar com o emblema “azul-e-branco” ao peito.

SÉRGIO CONCEIÇÃO. UM TREINADOR “À PORTO”

Depois de meia temporada ao serviço dos franceses do Nantes, Sérgio Conceição regressou a Portugal e rumou a uma casa, onde já tinha atuado como jogador, no início da época 2017/18.

A um jejum de quatro anos que o FC Porto atravessou até à sua chegada, Conceição respondeu de uma forma que pode bem considerar-se categórica, ao vencer dois dos últimos três campeonatos e relançar a discussão sobre a atual hegemonia no futebol português.

No currículo, o treinador de 45 anos conta com dois campeonatos portugueses, uma Supertaça Cândido de Oliveira e uma Taça de Portugal, conquistada há menos de uma semana na final contra o arquirrival Benfica.

Pode gostar-se ou não da forma muitas vezes tempestuosa como Sérgio Conceição orienta as suas equipas, pode até apontar-se defeitos ao futebol que o FC Porto tem apresentado sob o seu comando, mas há coisas que não se podem contestar.

Desde logo, o facto de Conceição ter devolvido a mística azul-e-branca à equipa do FC Porto, não só pela conquista dos troféus mais recentes, mas também pela forma aguerrida como a sua equipa, ainda que com maior ou menor inspiração, tem por hábito apresentar-se em campo.

REGRESSAR A ITÁLIA OU ENFRENTAR UM DESAFIO CHAMADO JORGE JESUS?

A imprensa portuguesa deu conta, nos últimos dias, da possibilidade de Sérgio Conceição rumar à Lázio, atualmente orientada por Simone Inzaghi, que manteve a equipa romana na luta pelo título durante boa parte da última edição da Serie A, mas acabou por claudicar na reta final do campeonato.

Esse parece, no entanto, um cenário muito pouco provável, visto que a SAD do FC Porto está fortemente empenhada em estender o vínculo contratual que, atualmente, liga “dragões” e Sérgio Conceição até junho de 2021, ou seja, por mais uma temporada.

REGRESSAR A ITÁLIA OU ENFRENTAR UM DESAFIO CHAMADO JORGE JESUS?

A vontade do presidente Pinto da Costa – que já a expressou publicamente e até se referiu a Sérgio Conceição como uma pessoa por quem nutre um “amor de irmão mais velho” – é a de que o treinador renove o atual contrato (que contempla uma cláusula de rescisão de 20 milhões de euros), no mínimo, por mais duas temporadas, até 2023.

Em teoria, apenas o convite de um grande clube europeu com uma proposta financeiramente irrecusável, poderia fazer o treinador ficar irredutível na vontade de abandonar o Estádio do Dragão.

No entanto, segundo o jornal A Bola, Conceição não olha como uma prioridade para a renovação do seu contrato, numa altura em que dá primazia ao descanso próprio do período de férias, estando os dossiers do reforço do plantel entregues a Pinto da Costa e Luís Gonçalves.

NECESSIDADE DE VENDER AMEAÇA DEBANDADA NO CAMPEÃO

Não obstante ter assegurado um forte encaixe financeiro, por via da conquista do título e consequente apuramento direto para a fase de grupos da Liga dos Campeões 2020/21, o FC Porto terá de vender alguns dos jogadores do atual plantel.

Vários têm sido os nomes apontados pela imprensa como tendo bastante mercado no estrangeiro, com destaque para Danilo (apontado ao Arsenal), Alex Telles (PSG e Manchester United na calha), Corona (Lopetegui gostaria de contar com ele no Sevilla), Otávio, Marega e Soares. Seis peças fundamentais nas recentes conquistas da Liga NOS e da Taça de Portugal pelo FC Porto.

Mas a lista não acaba por aqui. Também os jovens Diogo Leite e Fábio Silva parecem ter mercado e as suas vendas têm sido apontadas com insistência pelos meios de comunicação portugueses nos últimos dias.

TAREMI, NUNO SANTOS E BRAHIMI NO RADAR

Em sentido inverso, não têm faltado nomes apontados ao reforço da equipa campeã nacional para a próxima temporada.

Os nomes mais fortes, cuja veracidade do interesse até já foi publicamente confirmada pelo presidente do Rio Ave, são os do avançado Mehdi Taremi, que esteve entre os melhores marcadores da Liga NOS, e o do extremo Nuno Santos, que tem um cláusula “anti-rivais” de cinco milhões de euros.

Depois de ter entrado em direto no Instagram de Marega nos festejos dos jogadores após a conquista da Taça de Portugal, Yacine Brahimi foi fortemente associado a um possível regresso ao Estádio do Dragão.

brahimi

O fantasista argelino está ao serviço do Al-Rayyan, do Qatar, para onde partiu a custo zero após cinco anos ao serviço dos “dragões”. Tem contrato até junho de 2023 e um valor de mercado fixado, segundo o Transfermarkt, em 13 milhões de euros.

Também vários jogadores da equipa do Famalicão, que protagonizou sensacional campanha em ano de subida ao primeiro escalão, têm sido apontados ao plantel do FC Porto na próxima época.

O avançado Toni Martínez, o extremo Fábio Martins (cujo passe pertence ao Braga) e os médios Pedro Gonçalves, Gustavo Assunção, Uros Racic e Guga já foram associados aos “dragões”, ainda que estes sejam negócios que, eventualmente, só avançarão após a confirmação da venda de alguns dos principais ativos.

Quem, segundo a imprensa, está mesmo com pé e meio no FC Porto 20/21 é o guarda-redes Cláudio Ramos, que passou os últimos anos da sua carreira ao serviço do Tondela.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Chat no Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Casas de Apostas
Solverde Apostas

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.

Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.