O clássico: a táctica nos jogadores

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / O clássico: a táctica nos jogadores

O clássico: a táctica nos jogadores

Uma jornada de clássico marca mais do que uma época. É um jogo para a história. Será sempre recordado, quando os dois grandes gigantes do futebol português se voltarem a defrontar. Um duelo eterno.

Este FC Porto-Benfica só terá, no entanto, claro, o poder de ser decisivo esta época. Ou talvez nem isso. Um empate deixará as duas equipas com a mesma diferença de um ponto para a (longa) recta final da Liga NOS.

porto-vs-benfica

 

É impossível dizer qual a equipa chega melhor neste momento. Já houve épocas em que se notava, claramente, que uma estava melhor do que a outra.

Nesta fase, não. O mérito para essa “igualdade de forças aparentes” está na recuperação do Benfica (jogo e resultados, aproveitando deslizes/empates do FC Porto).

Mais do que mudar de 4.3.3 para 4.4.2, Lage mudou a forma de jogar da equipa e sobretudo de alguns jogadores que, subitamente, se tornaram “chaves tácticas e/ou “ da equipas. Nomes próprios? Gabriel e João Félix.

Prognóstico  Porto vs Benfica: Ambas Marcam a  1.73  na Betclic.

Confronto Oliver-Gabriel

A passagem de Gabriel para n. 8 de início de construção é tacticamente a alteração mais importante para a forma da equipa jogar. Antes era um suplente utilizado que entrava para jogar como médio mais ofensivo para dar maior criatividade.

Agora começa de raiz no onze a “pensar o jogo” e, por isso, para o FC Porto será decisivo ter um jogador destacado para o pressionar nesse momento e assim impedir o Benfica de sair a jogar com a sua maior qualidade (individual e colectiva).

Do lado do FC Porto, é Óliver que assume esse papel. A sua crescente influência no jogo da equipa fez com que deixasse apena sessa fase meramente criativa e agora também se destaca no “jogo todo” na reação à perda da bola.

Nestes dois jogadores, pode-se, portanto detectar a importância dos dois treinadores, Lage e Conceição, em saber mexer nos locais certos das equipas e nos seus pontos de crescimento essenciais pode forma a que dois jogadores passarem de “individualidades criativas” para verdadeiros “jogadores colectivos de equipa”.

Brahimi- João Félix e o lado mental

No frente a frente entre Brahimi -João Félix pode estar o ponto de arte do jogo.

Pode ser decisivo numa jogada, pela capacidade do poder no um-para-um que eles têm, mas no “jogo total” são Oliver e Gabriel os que podem mudar o “curso táctico do jogo”, com Herrera e Pizzi a funcionarem como “fiéis escudeiros” de apoio, sobretudo na rotação de jogo dividido, bolas mais “agressivas” e domadores da intensidade mais alta que o jogo pode adquirir.

O facto do FC porto já ter visto reduzir a vantagem de cinco para um ponto pode funcionar como pressão de sentir que já não tem margem de erro.

A equipa teve margem pontual para poder abordar este jogo (se não tivesse empatado com Guimarães e Moreirense) como verdadeiramente decisivo para poder cavar uma vantagem-montanha de oito pontos.

Tentar esquecer isso e meter a equipa no carácter e orgulho, entenda-se atitude táctico-competitiva concentrada e inspirada com bola , é o grande trabalho que Sérgio Conceição começa a fazer no “atelier “do treino, da cabeça para os pés dos jogadores.

O poder da mente, jogando em casa, no Dragão, será decisivo nesse “factor invisível” para marcar diferença no jogo, porque, em rigor, este FC Porto com “época de meia de construção” é uma equipa mais consistente no sentido de já ter muito mais tempo de trabalho e solidificação dos seus processos de jogo em comparação com o curto legado “essencialmente táctico-mental reactivo” de Lage no Benfica.

Prognóstico  Porto vs Benfica: Over 2.25 golos a  1.78  na Bet Pt.

O momento do Braga

Será uma jornada importante para o Braga dizer para onde quer (e pode ir) ainda neste campeonato. Tentar chegar ao topo ou lutar pelo terceiro lugar (com o Sporting que se aproxima).

É intrigante a quebra da equipa de Abel (resultados e jogo) mas penso que está muito ligado à sua forma de jogar já perfeitamente identificada pelos adversários.

É uma equipa que tornou o seu estilo de jogo como um “exercício de burocracia” que repete a cada 90 minutos. Funcionou enquanto essas movimentações surpreendiam adversários.

Bloqueou quando estes lhe detectaram movimentos/rotinas (e mesmo variantes repetidas) e passaram a “encaixar” marcações. O Rio Ave está em crise de identidade, mas pode, no seu “campo de vento” de Vila do Conde, tornar -se, neste contexto, um adversário mais difícil.

Bruno Fernandes e mais dez

Ver jogar o Portimonense já foi dos momentos mais atraentes da época. Era muito, claro, efeito das jogadas que se esperava ver de Nakashima, do sistema arriscado de três defesas de Folha, dos passes de Paulinho e da classe (expressa num sofrimento entre o heroico e o inconsciente) de Jackson.

Sem Nakagima perdeu a face mais criativa, o que junto com o eclipse de Paulinho provocou a crise exibicional da equipa. Jogar contra o Sporting em Alvalade neste momento é diferente do que seria nessa primeira volta do “futebol atrativo” algarvio.

bruno fernandes

Mesmo perante a instabilidade leonina, é mais um jogo para “Bruno Fernandes e mais dez”.

É difícil olhar hoje para este Sporting e ao tentar procurar nele bom futebol, pensar de outra forma que não seja esta, a de resumir os seu melhores momentos à inspiração de um jogador que, no meio de tantas tempestades, tem feito uma época muito superior á da sua… própria equipa.

Prognóstico Sporting vs Portimonense: Bruno Fernandes marca a  2.29  na ESC Online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




CASAS DE APOSTAS LEGAIS
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a apostas desportivas online.
4,0 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis com o Código Promocional: apostaga
mais Bónus no primeiro depósito até um máximo de 100 euros.
3,0 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 100€ euros.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
3,8 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.