Prognósticos para Apostas Desportivas Online - Aposta Ganha

O meu diário de um Punter – Onde Começar?

A situação que vivemos atualmente em Portugal, não é a mais favorável, comparativamente a um passado recente.

As opções de escolha relativamente a casas de apostas eram variadas, pelo que é compreensível que neste sentido, perdeu-se casas de apostas com mais mercados e melhores ofertas.

As opções que temos disponíveis neste momento são muito limitadas, e para apostadores experientes, que estavam habituados a outra realidade, esta poderá ser uma adaptação complicada.

A legalização das apostas desportivas em Portugal não originou apenas perda de qualidade, instalou confusão e afetou profissionais na área e apostadores semi-profissionais (neste mundo não se vive exclusivamente de apostas). O processo foi e continua a ser longo demais para os que já estavam no meio, o que é facilmente visto como uma falta de consideração enorme por pessoas que trabalharam muito para chegar onde chegaram.

A escolha do local onde vamos começar a nossa atividade é importante, e está relacionado com o tipo de apostador que somos. Com a minha experiência, posso dizer que sou um punter, pelo que este diário será sempre na visão de um punter. Para apostadores novatos, o normal será deixar esta questão em aberto, mas perceber que tipo de apostador somos e os mercados onde temos mais acerto, pode ser um processo demasiado caro.

Para apostadores novatos, é importante relembrar que a recolha destes dados pode ser feita com papel e caneta, com uma banca fictícia, sendo um método que não está sujeito a qualquer tipo de pressão, mas que poderá ajudar bastante neste início de aventura.

Sou da opinião, que um apostador, deve ter a sua segurança garantida, pois a minha segurança como apostador é o que mais valorizo. A via legal em Portugal oferece-nos segurança, pelo que na minha perspetiva temos apenas três escolhas: Placard, Betclic e bet.pt.

Reviews Apostaganha
7.6 Score
7.3 7 votos
Bónus
6
Odds
7.5
Apostas ao Vivo
8
Facilidade de Uso
8
Design
7
Pagamentos/Levantamentos
8.5
Plataformas
7.5
Livestream
8.5
6.6 Score
5.7 4 votos
Bónus
6.5
Odds
6
Apostas ao Vivo
7
Facilidade de Uso
7.5
Design
8
Pagamentos/Levantamentos
8.5
Plataformas
8.5
Livestream
1
Das três opções, há uma que tem de ser automaticamente excluída. O Placard foi uma boa adição na perspectiva de que veio substituir o Totobola. É uma ferramenta simples para os apostadores mais casuais. Contudo, não é mais do que isso, é um local físico, com quatro mercados disponíveis, sendo que não há disponibilidade para apostas ao vivo.

Em relação às outras opções, a principal crítica apresentada pelos apostadores portugueses é em relação às odds baixas oferecidas pelas casas de apostas em Portugal comparativamente com casas de apostas internacionais, influenciando escolhas na hora de apostar, o que torna mais difícil encontrar valor.

Existe portanto uma grande questão que fica no ar: é possível ter sucesso em casas de apostas como a Betclic e bet.pt? Para compreender melhor esta situação, encontrei-me com Carlos Ribeiro, apostador há vários anos, mestrado em Jornalismo, Comunicação e Cultura.

Entrevista com Carlos Ribeiro

P: Começo por te perguntar qual é a tua experiência relativamente a apostas?

R: Em primeiro lugar, obrigado pelo convite. A minha experiência em apostas, embora que a nível amador, já vem de há alguns anos a esta parte, com o “bichinho” das apostas que me foi incitado por ti, como bem sabes. É um hobby que gosto de ter, aposto regularmente e não tenciono parar porque considero que tenho vindo a ficar cada vez melhor nisso, mais controlado, ponderado, com mais análise aos jogos e sobretudo, com mais resultados positivos.

Fui fazendo ao longo do tempo algumas experiências, em Voleibol, Basquetebol, Ténis, Snooker e Futsal (principalmente estes) mas após essas mesmas experiências e hoje em dia, apenas aposto no desporto-rei, o futebol. É no que me dá mais prazer apostar e é no que consigo melhores resultados.

P: Esta nova realidade em Portugal relativamente às apostas foi uma adaptação difícil da tua parte, ou aconteceu tudo de forma natural?

R: Deixa-me que te diga, em primeiro lugar, que apenas concordo num aspecto com esta legalização de algumas casas de apostas desportivas em Portugal (e consequentemente, a marginalização das outras): a protecção do apostador, aos olhos da lei. Agora, temos a quem nos queixar, a quem expor qualquer problema que possamos ter, com a protecção da lei. De resto, penso que ficámos pior e tive uma adaptação muito difícil ao Placard – a primeira que apareceu – depois, uma curta passagem pela Betclic e logo em seguida, a bet.pt.

A adaptação, no meu caso, foi difícil em primeiro lugar pela falta de mercados. O Placard, para quem não conhece, tem apenas quatro, repito, quatro mercados para apostarmos. Isto é muito pouco para quem, por exemplo, apostava na Bet365 e podia apostar em cartões, handicaps asiáticos de resultado, over/under de golos com mais que uma opção… é incomparável. Para colmatar isto, apareceu a tal bet.pt, mas que continuou com um problema que vou referir em segundo lugar: baixas odds, em comparação com outras casas a nível mundial.

P: Sei que nos últimos tempos tens conseguido ter sucesso na bet.pt. Acreditas que existe realmente a possibilidade de se ter sucesso numa casa de apostas como a bet.pt a longo prazo?

R: Apesar dos problemas que identifiquei, penso que um apostador experiente e disciplinado consegue ter sucesso a longo prazo numa casa como a bet.pt. Já num Placard – e também numa Betclic – não considero o mesmo. Isto por uma razão muito simples. Na bet.pt, apesar de as odds serem mais baixas, o problema da falta de mercados consegue ainda ser pior. Porque com odds baixas mas alguns mercados diversos, pode-se fazer uma dupla com algo que seja mais “certo” de acontecer (por mais subjectivo que isto possa ser) e ter um resultado igual ao que se esperava ter só com uma aposta single.

Por outro lado, se houver falta de mercados, é muito mais difícil abordar determinados jogos. Um “Ambas as equipas marcam” é muito diferente de um “+2,5 de golos” num jogo. É um golo que pode fazer toda a diferença entre ter-se lucro ou não se ter. O que pode ser proveitoso e que sigo agora muitas vezes, é a combinação destas duas que disse anteriormente, mas depende sempre do jogo em análise.

P: Sabendo que gostas mais de apostar na Liga Inglesa e na Liga Italiana, com a tua mudança para a bet.pt foste obrigado a mudar a tua forma de apostar e o teu método relativamente à seleção e estudo dos encontros?

R: No seguimento do que já disse, uso muito o “truque” de em vez de colocar apostas singles com odds de 1.60/1.70 – porque muitas vezes aquelas que considero melhores não se encontram neste valor na bet.pt, o que me condiciona, por não ter uma banca muito elevada em termos de fundos – faço duplas (preferencialmente) com odds que andem nos 1.40/50 ou 1.70 + 1.20. Vou dar um exemplo concreto, no dia 7 de Março, fiz uma dupla com ambas as equipas marcam nos dois jogos de Liga dos Campeões, com odds de 1.44 e 1.35, que perfez um total de 1.95 (ou seja praticamente dobrei aquilo que tinha apostado).

É um facto que me condiciona, por não ter uma banca muito elevada em termos de fundos. Em termos de abordagem na casa de apostas mudei isso principalmente, mas também já não vou tanto em apostas no Handicap asiático (-1, -2, etc), quanto ao mercado do vencedor do jogo, que era um tipo de aposta que gostava muito de fazer noutras casas de apostas, porque tinha valor.

O método de selecção dos jogos tem muito a ver com o que consigo investigar dos mesmos (notícias, conferências de imprensa, estatísticas, artigos de opinião de outros tipsters, etc) e também muito pelo meu gosto pessoal, do que tenho visto. Este ano, tenho gostado muito de apostar nas Ligas italiana e inglesa – sendo que a inglesa já vem de há mais anos, sempre gostei – aumentei também o número de apostas na liga espanhola e tenho apostado menos na liga alemã, porque, na minha opinião, este ano está mais difícil e mais irregular em termos de resultados e em algo que lhe estaria muito caro, os golos.

Noutra opinião pessoal, algum do sucesso que tenho tido recentemente deve-se muito ao facto de “perder” mais tempo a analisar jogos e ter abandonado ligas e jogos dos quais não percebo tanto e não me entusiasmam tanto em termos de visionamento dos mesmos, como por exemplo a primeira e segunda liga portuguesa, grande parte dos jogos na liga francesa, na liga holandesa e sobretudo as taças (de qualquer país). Claro, com excepções a confirmarem estas “regras” que me imponho, para ser mais disciplinado e obter melhores resultados.

Após esta conversa com o Carlos, fiquei mais confiante na possibilidade de este diário ter sucesso, ainda que tenha de enfrentar dificuldades. Como o Carlos disse, “um apostador experiente e disciplinado consegue ter sucesso a longo prazo numa casa como a bet.pt”. A questão do sucesso está na disciplina, o que prova que há muito trabalho a desenvolver para se atingir o sucesso. A bet.pt será a minha a escolha para começar esta aventura.

Links úteis:

Confere mais guias de apostas, tutoriais e dicas aqui

2 Comentários

  1. Leandro Pina

    6 de Maio de 2018 at 19:49

    Bem, Gostei do que li porque se identifica comigo, pois já me encontrava na fase de conseguir lucros ao fim de alguns anos de experiência na betfair quando ela fechou.
    Tenho uma plataforma para trabalhar com data vitalícia , mais um bot que mandei fazer para trabalhar no mercado no +2,5golos e tenho tudo parado sem funcionar porque não gosto de trabalhar fora da lei e também não tinha vida para me instalar noutro país, pois ainda trabalho.
    As saudades bateram e comecei a fazer algumas apostas punter, pois não existe outra na BET.pt, no entanto tenho estudado estas casas de apostas legais em Portugal, e não encontre qualquer possibilidade de ganhar como estava habituado
    Cumprimentos.

    • Rodrigo Cesar ApostaGanhaBR

      13 de Maio de 2018 at 18:59

      Realmente esta é a maior dificuldade hoje encontrada no cenário portugues. Talvez com as mudanças na legislação que se avizinham as possibilidades voltem.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *