O falhanço estrondoso da Juventus nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões foi a gota de água na paciência da direção liderada por Andrea Agnelli para com o treinador Maurizio Sarri, que recebeu guia de marcha poucas horas depois da eliminação aos pés do Lyon. O senhor que se segue é Andrea Pirlo, figura incontornável do futebol italiano nas últimas duas décadas.

DOS SUB-23 À EQUIPA PRINCIPAL DA JUVENTUS EM NOVE DIAS

Cinco anos depois de ter terminado a carreira ao serviço dos norte-americanos do New York City, Andrea Pirlo foi o escolhido da Juventus para assumir o comando técnico da equipa de Sub-23, ocupando o lugar deixado vago pela saída de Fabio Pecchia.

O anúncio oficial precedeu, em pouco mais de uma semana, o maior falhanço da época desportiva da equipa principal da Juventus, que acabou eliminada nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões na passada sexta-feira, depois de vencer por 2-1 (após a derrota por 1-0 na primeira-mão) o Lyon, que seguiu rumo aos quartos-de-final devido à regra dos golos marcados fora.

Já se sabia que a pressão era enorme sob os ombros de Maurizio Sarri, depois das derrotas nas finais da Supertaça Italiana e da Taça de Itália, além da vitória cheia de sobressaltos e sem convencer na última edição da Serie A.

Num clube com os argumentos financeiros e com a exigência que existe na ‘Vecchia Signora’, não basta ser simplesmente campeão nacional, até porque, com a diferença qualitativa que a Juventus tem para os seus principais rivais no campeonato italiano de há vários anos a esta parte, todos os treinadores que por lá passaram nas últimas nove temporadas foram… campeões.

No dia imediatamente a seguir ao desaire contra os franceses do Lyon (que tinham voltado à competição oficial há uma semana atrás, após cerca de cinco meses longe dos relvados), a Juventus comunicou o despedimento de Maurizio Sarri, a quem endereçou agradecimentos pelo trabalho prestado durante a época de 2019/20.

DOS SUB-23 À EQUIPA PRINCIPAL DA JUVENTUS EM NOVE DIAS

Foram logo vários nomes apontados pela imprensa italiana à sua sucessão, entre os quais o do português Sérgio Conceição (treinador do FC Porto), mas com destaque para Simone Inzaghi (Lazio), Zinédine Zidane (Real Madrid) e Mauricio Pochettino (sem clube).

Grande foi a surpresa, ainda no mesmo sábado, quando o clube de Turim anunciou Andrea Pirlo como novo treinador da equipa principal, que assim realizou de forma tão meteórica quanto imprevisível a ascensão dos Sub-23 à primeira formação da campeã italiana.

DA CLASSE NOS RELVADOS À GESTÃO TÉCNICA

Dono de um recorte técnico incrível e de uma classe inestimável nos relvados, Andrea Pirlo terminou a carreira com a marca impressionante de 116 internacionalizações (13 golos) pela Seleção Italiana, ao serviço da qual se sagrou campeão do Mundo em 2006.

No seu palmarés como jogador, destaque ainda para a presença de duas edições da Liga dos Campeões, conquistadas pelo AC Milan (onde passou a maior parte da sua carreira, antes de rumar à Juventus, onde jogou entre 2011 e 2015).

Pirlo pendurou as botas na Major Soccer League, ao serviço do New York City, onde jogou durante dois anos e meio. Depois de terminar a carreira em 2018, o antigo internacional italiano ainda não tinha tido nenhuma experiência como treinador, pelo que considero que esta é, desde logo, uma aposta arriscada por parte da Juventus.

É certo que o ex-médio revelava uma capacidade para ler o jogo e uma inteligência notáveis dentro de campo, mas um treinador precisa de reunir outro tipo de capacidades, desde logo do ponto de vista da gestão dos recursos humanos.

É, por isso, uma absoluta incógnita o trabalho que Andrea Pirlo desenvolverá na direção técnica da Juventus, mas uma coisa é certa. O apoio e o voto de total confiança que esta decisão transmite, por si só, por parte da direção ‘bianconera’, reforça desde logo o estatuto e o respeito de que Pirlo será alvo no balneário.

OBJETIVO NÚMERO UM: MANTER CRISTIANO RONALDO

Têm sido veiculadas, nos últimos tempos, notícias que apontam no sentido de alguma insatisfação de Cristiano Ronaldo em Turim, um sentimento que terá aumentado após o falhanço da Juventus na Liga dos Campeões, pelo segundo ano consecutivo nos oitavos-de-final.

OBJETIVO NÚMERO UM: MANTER CRISTIANO RONALDO

O Paris Saint-Germain – e, mais recentemente, o Manchester United – têm sido apontados como destinos possíveis para Ronaldo dar sequência à sua carreira, aos 35 anos de idade, mas Andrea Pirlo, segundo a imprensa, pretende contar com o jogador e até já o terá convencido a ficar.

PIRLO JÁ FALA COMO NOVO COMANDANTE DA ‘JUVE’

O objetivo do novo treinador ‘bianconero’ é dotar a equipa da Juventus de jogadores de fino recorte técnico e apostar num estilo de jogo assente na posse de bola, à imagem do Manchester City de Pep Guardiola. A ideia terá agradado a Cristiano Ronaldo, sobre o qual Pirlo já se referiu publicamente:

«O problema da Juventus está no meio-campo. Eles contrataram Cristiano Ronaldo, mas é preciso arranjar o caminho certo para dar-lhe a bola», considerou Pirlo, em declarações prestadas à Sky Itália, antes de esclarecer que sistema tático pretende utilizar: o 4-3-3.

No entanto, o antigo médio deixou claro que será flexível nas suas ideias, referindo que «se perceber que os jogadores não se adaptam, é preciso alterar o sistema. Não posso estar fixado num sistema tático se os jogadores não conseguem render. Seria uma perca de tempo», declarou.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Chat no Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Casas de Apostas
Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Ultimos Artigos
Há 3 minutos
Há 5 minutos
Há 10 minutos
Há 12 minutos
Há 30 minutos
Há 33 minutos