PLACARD Solidário vs Medo do Online!

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / PLACARD Solidário vs Medo do Online!

placardO ApostaGanha aceitou o pedido do nosso Tipster Ricardo Matos, que nos fez chegar através de um artigo de opinião a sua opinião actual entre o Placard e as casas de apostas online.

Sem mais demoras, fica aqui mais um artigo pessoal de opinião sobre o panorama geral das apostas em Portugal.

Estando eu neste mundo das apostas, lembrei-me de contribuir de alguma forma, através da minha opinião, sobre o panorama geral das apostas online juntando ao tema também o PLACARD.

Na minha experiência de apostador e vivendo o dia-a-dia sem o esconder, sou abordado, ora para informações ora para duvidas. O que me levou a fazer este artigo de opinião foi o elevado número de perguntas sobre o “medo do online”…

Meditei sobre toda a informação que me foi dada pelas perguntas, duvidas e decidi por este meio chegar aqueles que apenas ficam “escondidos” e que nãos e dão a conhecer, cheios desse direito.

Deixem-me antes de tudo fazer um ligeiro parênteses, e ir ao carácter social do nosso Pais. A nossa sociedade não está preparada para aceitar de bom agrado, aqueles que apostam online, mas por outro lado aceitam e até vêm com “bons olhos” apostar nos jogos disponibilizados pela SCML, por exemplo.

Não queria chamar de preconceito, pois sei que no fundo não o é, mas sim “medo” foi esta a palavra que escolhi e que mais se vai falar neste artigo quando se falar no online. Neste ligeiro parênteses, perguntei-me a mim mesmo, quantos são aqueles dentro desta sociedade acedem ao banco online?

E aqueles que fazem compras pela Internet? Basta consultar os números, que até estão a subir, mas os “velhos do Restelo” esses têm e ainda têm muito medo de tudo o que é “virtual”. Sabemos que o “UP” das novas tecnologias e somando a este factor, a grande possibilidade que as pessoas podem aceder á Internet, veio dar algum desconforto por um aldo e por outro uma mais-valia.

Agora saltamos para o que interessa, as apostas, o PLACARD e o online. Como vos disse anteriormente muitos são aqueles que neste momento apesar da massiva publicidade das casas de apostas online, que apenas apostam no PLACARD. Vêm ter comigo a perguntar o que é um “DV” como fazer isto e aquilo, e muitos saber onde está o tal Over 2 e o BTTS que tanto falo nos meus Podcast’s no ApostaGanha. Pois aí o PLACARD não tem, e aí tenho que lhes explicar que em Portugal é legal apostar e que existem outras empresas para além da SCML a disponibilizar apostas, mas online!

Aqui é que sinto que está a questão, e a relutância de muitos apostadores, que eu chamo de “físicos”. Entrar no online parece um mundo á parte, parece que é “ilegal” estar por estas bandas. Depois de algumas dicas, lá vão as casas legalizadas, provando por A e mais B com o site do regulador (SRIJ) que tudo é verdade, começam a “explorar” o online. Depois vem o passo mais complicado, colocar o Cartão de cidadão numa casa que nem conheço? Para quê?

Penso que aqui seja o principal receio, mas agora perguntam e bem, no PLACARD, também temos que colocar o nosso NIF quando apostamos, porque é que aqui as pessoas não têm medo? Aqui vem a “marca” SCML que é uma instituição que transmite segurança a todos os Portugueses. É uma instituição que através dos jogos ate ajudam que mais precisa.
Para mim esta é a barreira mais complicada que cada casa de apostas online tem que ultrapassar em Portugal. Transmitir credibilidade, saberemos que é complicado igualarem-se a uma SCML, mas o “cerne” da questão esta toda aqui.

Aqueles que estão no PLACARD, compreendo-vos, aos mais receosos, também compreendo, mas várias empresas usam os vossos dados, pensem comigo, o contrato com as operadoras de televisão. Os telemóveis, o hipermercado, o cartão da gasolina/gasóleo. Não é normal aí? Então porque tanto “medo do online”.

Aqui vem a segunda parte da minha “deliberação” deste assunto que considero muito importante hoje em dia em Portugal. O preconceito! Será? Eu não quero acreditar, mas sendo frio, e volto a frisar, é a minha opinião livre e conquistada desde do 25 de abril, que muitos ainda pensam que os outros podem pensar. Sabendo que apostar nas lojas físicas, mesmo que se perca o dinheiro apostado, este vai para ajudar alguém. E numa empresa de apostas online, vai para onde? Vai para o bolso de quem investiu e de quem “manda” nessa empresa. Aqui reside a verdadeira questão.

Acredito que esta questão e ainda sendo muito recente a liberalização e a regulamentação das apostas online em Portugal, possa ter moça nas casas neste momento a operar. Vencer o “medo do online” e adaptar-se as novas tecnologias e confiar numa empresa recente pode causar “medo” ao português comum.

Mas também quero aqui deixar a minha positividade em relação a toda esta questão, que cada vez vejo mais “apostadores anónimos” a manifestarem-se que apostam. Daí sempre defendi que em Portugal somos mais apostadores do que os índices indicam. Acredito que devagar, mais virão apostar, seja em que plataforma ou forma o façam, e venham também para o online.
O que mais tenho apercebido, e que muitos sentem-se “limitados” no PLACARD e procuram outros mercados outras opcções sobretudo quando começam a explorar e querer saber mais.
Com tempo, acredito que Portugal possa passar por esta “fase” mais receosa no mundo das apostas, e acredito que como tudo na vida, com moderação, podemos até ganhar uns “cobres”.

Apelo a todos aqueles que tenham o “medo do online” , ao virem para o online façam-no conscientemente e clarifiquem todas as vossas dúvidas antes de tomarem qualquer atitude. Vão ver que não tem “nada de mais” de diferente que um simples contrato onde fornecemos os nossos dados para obter um determinado serviço.

Boas apostas, ora no PLACARD ora no online o que interessa é que estamos juntos contra os bookies!

Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Casas de Apostas
Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.