Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Pontos essenciais para seguir um Tipster

O tema de hoje é, quais serão os pontos essenciais a ter para seguir um Tipster?

Resolvi trazer hoje um assunto que está muito em voga, e que tenho reparado pelas questões apresentadas nos podcasts, que trás muitas dúvidas.

Irei segundo o meu ponto de vista tentar, uma vez mais, por tópicos, explanar os pontos essenciais a ter para seguir um Tipster.

Algo que coloco já aqui em cima deste papel branco é que todos estes tópicos podem cair por terra, quando falamos de confiança/amizade que possamos ter com um Tipster.

Antes de passarmos aos tópicos, devemos primeiro pensar, que tipo de Tipster procuramos para seguir, que tipo de campeonatos faz, e que tipo de casas de apostas usa. Por exemplo, especializado em Liga NOS, Inglaterra, Alemanha, Espanha, França, Brasileirão A, Brasileirão B etc.

A reter SEMPRE, é que quando seguimos um Tipster, deveremos SEMPRE seguir as tips todas que ele sugere e coloca. Pois no final do mês, perder uma ou 3 tips, pode significar ficar no prejuízo!

No meu entender ao  procurar um Tipster para seguir, devemos ter em conta logo à partida estes fatores, e o factos que acho mais importante será mesmo a casa de apostas, que o Tipster mais utiliza.

A questão da partilha de Tip, aí com o mínimo de 24H de antecedência é igualmente importante, sobretudo pela quebra das odds de entrada.

Atenção:

muitos “vendedores” de Tips, usam várias, ou melhor, por norma usam sempre aquela casa que na aquela altura tem a odd mais alta.

Meus senhores, isso pode ser complicado a nível de saldo final porque uns cêntimos a mais em cada aposta, pode significar euros no final de um mês de apostas ou a falta deles.

Se estão em Portugal, não devem seguir Tipters que usem casas de apostas em offshore, ou ilegais em Portugal. Se estás em Portugal deves seguir um Tispter que use as casas de apostas legalizadas em Portugal, tais como bet pt , Esc online, Nossa Aposta ou Casino Portugal

Só assim rentabilizarás o teu investimento, pois caso pagues algum valor a esse Tipster, atenção por seguirmos Tipters obviamente não teremos que pagar sempre.

Encontrem Tipters à borla que apenas partilham as suas entradas, mas claro, também não exijam milagres, nem cobrem em demasia.

Aqui entra a base da confiança, mas na internet existem muitos sites dedicados a este tipo de situações, e aqui podem ter uma escolha mais alargada para as vossas futuras escolhas.

Vamos aos tópicos!

Credibilidade

Comecei por aqui pois penso que este ponto é essencial, a credibilidade que o Tipster tem que ter para “fazer” que acreditem no seu trabalho!

Pago ou não pago, um Tipster tem que ser credível e mostrar que o seu trabalho como Tipster vale a pena seguir.

Ter este “sentimento” entre quem segue e quem “tipa” é essencial para uma boa correlação entre os dois.

Atenção que eu falo em Credibilidade e não em confiança, pois a confiança é algo que durante o “seguir” vai-se adquirindo ou até poderá ser quebrada e aí acaba a credibilidade, e se algo correr mal, um perde um cliente, e o outro deixa de seguir!

Mercados/Casas de apostas

Volto a referir pois é MUITO importante, seguir um Tipster temos que ter em conta os mercados em que ele trabalha e se movimenta, como a casa de apostas que ele usa para apostar.

Deverão usar as mesmas, e sobretudo compreender os mercados que esse Tipster usa. Seguir um Tipster pode servir também como um bom método de aprendizagem, devem reter este aspeto.

É importante compreender os mercados e ter as mesmas casas de apostas que o Tipster que seguem usa. Volto a dizer que no final do mês pode surgir as diferenças a nível de saldo, como á pouco em cima, referi.

Número mínimo de Picks

Aqui a “zona” é complicada de gerir. Será que tem número certo? Número mínimo? Na minha opinião, penso que sim, um número mínimo de tips deve-se ter em conta. Qual? Depende!

Não devemos seguir um Tipster só porque este está a começar bem, ele tem que mostrar que tem qualidade e que sabe suportar as “bad runs” das apostas e sobretudo que sabe dar a volta as adesividades que vão atravessando ao longo dos meses.

Se me permitem, eu prefiro “deitar fora” o número mínimo e saber apenas quantas épocas ele leva com o registo, e aí assim verificar o seu desempenho.

Eu ligo mais ao desempenho geral do que ao número, porque?

Simples, eu próprio tenho épocas que faço menos apostas numa determinada liga, porque naquele ano verifico que não estou “por dentro” ou com menos acerto!

Aí a média de tips ou o número pode diminuir e influenciar o número total por época ou geral.

Para mim o que tem mais valor, é o desempenho ao longo das épocas desportivas. Eu avalio o Tipster de uma maneira global, deixando as métricas para depois para uma segunda validação, diria por ligas por exemplo.

Penso que com este ponderador, consigo ter uma imagem mais real do que o Tipster vale!

Ligas/Campeonatos/Eventos

Este será mesmo obvio, mas seguir um Tipster pode ser importante que este siga apenas uma liga. Deixo aqui dois exemplos:

Nós temos dificuldade em apostar em França, se seguir o Ricardo Matos (olha a modéstia) serve para equilibrar e ter mais leque de apostas por exemplo.

Outro exemplo, seguir um Tipster de desportos americanos. Aqui com a dificuldade que estes desportos apresentam logo à partida, pode ser uma mais valia, até depois quando o futebol acaba, por exemplo.

Golf, NFL, NHL e Ténis pode servir para nos equilibrar as bancas, e ter mais opções válidas para apostar durante todo o ano sem estarmos parados na nossa capitalização das nossas bancas.

 

ROI/Yield/Hit Rate

Importante sim, muito importante mesmo, estes são os dados mais puros e gerais do que o Tipster consegue fazer no mundo das apostas.

Qualquer Tipster que venda Tips, deve mostrar um bom ROI,Yield e ter uma boa Hit Rate.

Estas métricas não se consegue enganar assim tão fácil. Mas estejam atentos, existem aí uns “chicos espertos” que conseguem brincar com estes números.

Mas.. Sim, mas, ter estas três métricas alinhadas, diria que se o seguirem, a verdade está lá, não se preocupem.

Quero com isto dizer que, se um Tipster tiver um bom ROI um bom Yield, e uma Hit Rate boa, este Tipster não vos vai deixar mal.

Conclusão

Diria que estes pontos são mais que essenciais para vocês seguirem e fazerem uma triagem, têm outros?

Sim claro que sim, mas apenas quero referir os essenciais neste artigo. Pois dava para escrever muito mais sobre este assunto, mas apenas quis esclarecer o que para mim, se deve ter em atenção!

Deixem me só fazer um reparo, tudo isto pode não ter significado, quando seguimos pessoas. Por exemplo não têm registo visível e devidamente contabilizado em sites por aí espalhados por essa world wide web.

Seguir por que se confia, porque sabemos que aquele Tipster sabe o que diz e o que faz, é igualmente válido do que respeitar todos os tópicos anteriores.
Não é á toa que comecei pelo tópico-credibilidade.

Algo que não podemos excluir é a nossa decisão, seguir ou não seguir, a decisão é sempre vossa, e não têm muito mais a fazer senão assumir a responsabilidade da escolha.

Este artigo já vai longo, e muito mais poderíamos dizer sobre este assunto. Mas acredito que vos trouxe aqui o essencial, e claro sempre tendo como base, do que eu penso sobre o tema hoje escolhido.

Já sabem, não deixem de estar connosco e ficar a par de todas as Tips, e verificar todas as performances dos nossos Tipters no Portal Apostaganha e dos nossos Top Tipters Apostaganha.

Boas apostas e boa sorte!

Share

Um Comentário

  1. Duarte Pinto

    28 de Novembro de 2018 at 11:34

    Mais um grande artigo made in Ricardo Matos, naturalmente, e por isso te dou, mais uma vez os parabéns, até porque este não é um tema fácil de abordar, e vou tentar deixar a minha opinião, e mesmo o meu testemunho.

    Antes de mais concordo com todos os pontos que referiste, é evidente que são pontos importantes. Mas, reconheço que já foi muito mais fácil seguir tipsters, e aí recordo quando eu comecei a seguir tipsters, algo que fiz quase durante 2 anos, isto de forma contínua.
    Cada pessoa tem o seu perfil, tem a sua forma de estar no mundo das apostas, e seguir um tipster, antes de analisar mais detalhadamente onde se movimenta, como o faz, é importante tentar encontrar pontos em comuns do seu perfil de apostador com o nosso. Eu refiro isto, porque já segui tipsters agressivos, outros mais prudentes, uns mais lucrativos, outros menos, e apesar de ter seguido alguns com um perfil que quase chocava com o meu, e apesar de serem lucrativos, eu não consegui seguir durante muito tempo. Cada vez que fazia a aposta, e mesmo apesar de confiar, sentia desconforto, sentia que estava sempre a correr um grande risco. A mim fazia-me diferença, mas para muita gente sei que isso conta pouco, estou apenas a dar o meu testemunho.

    Ora, seguir um tipster nos dias de hoje é muito mais complicado do que quando eu o fiz onde em Portugal se trabalhava maioritariamente com Bet365 e Bwin, aqui e ali com a William, depois mais tarde Betfair, mas basicamente a malta usava bet365, principalmente os iniciantes.

    Hoje em dia temos o mercado regulado e isso ainda vem trazer mais dificuldade em seguir um tipster. Um tipster que faça apenas tips em casas reguladas está a limitar o seu trabalho a um mercado “residual” e complexo. Isto porque, como se sabe a dificuldade em encontrar valor, em single, nas casas reguladas em Portugal é enorme. E por isso há já dois tipos de apostadores que se movimentam neste mercado regulado em Portugal: Uns usam Bet.pt ou Nossa Aposta, porque são as duas casas melhores para trabalhar em live, e em single. E depois há uma grande parte que usa apostas duplas, ou memsmo múltiplas na ESC Online, onde trabalham essencialmente em pre live, mas privilegiam a substancial diferença de odds para melhor.

    Ou seja, em termos de casas de apostas, é verdade que não é muito difícil passar de uma Bet.pt, para uma Nossa Aposta, ou Betclic, mas já mudar destas para ESC Online ou vice versa é já algo mais difícil, uma vez que eu considero serem casas até “completamentares”, e por isso é normal vermos o mesmo apostador com conta na Bet.pt (live e singles) e ESC Online (duplas ou múltiplas).

    Mas, isto é o mercado regulado e ainda um mercado residual para um tipster. Porque depois ainda temos aqueles apostadores que se recusam a apostar em casas como estas com odds muito inferiores, e naturalmente que “lá fora” ninguém vai deixar de apostar numa Pinnacle, 1xBet, Sbobets…etc
    Assim, desde logo esta questão da casa de apostas é e continuará a ser um problema.

    O que se verifica, em grande parte das pessoas que seguem tipsters, e dada esta dificuldade é que cada vez mais, o público procura o tipster que não se limita a escrever a sua aposta, mas que a procura explicar. E porquê? Primeiro, logo por esta questão de muitas das vezes ter de adaptar, ou mesmo encontrar uma solução dentro das casas de apostas com que trabalha, mas também pela questão da aprendizagem.

    Claro que nesta situação os resultados do tipster e da pessoa que segue são diferentes, naturalmente, e não é isso, de todo, o que se procura quando se pretende seguir um tipster. Mas, essa é uma realidade, sobretudo em Portugal.

    Mas sim, concordo que das primeiras coisas que analisemos seja se há convergência nas casas de apostas que o membro e tipster usam, e claro seguir todas as tips é igualmente fundamental, isto para gerar os mesmos resultados. Mas é algo que não é fácil de encontrar.

    No entanto já se começa a ver essa “segmentação” entre o “aqui” e o lá fora. E mesmo trabalhando com 1 casa entre as disponíveis (ESC, Bet.pt, Betclic, Casino Portugal, Placard Online…etc) não é fácil de trabalhar apenas com uma delas, pois na minha opinião uma apenas não cobre as necessidades mais prementes de um apostador, e referi o caso das apostas single e múltiplas, e até diferenças significativas na próprias plataformas.

    Já para quem pode usar casas como Pinnacle, 188bet, 1xBet…Bet365, etc aí já é mais fácil poder encontrar uma casa, que apesar de não suprir todas as necessidades, é possível juntar na mesma uma boa base de mercados, boas odds, boa plataforma em live…etc.

    Assim, concluindo os pontos referidos são todos eles importantes, subscrevo na totalidade, mas é algo que não é fácil de encontrar para o apostador que está no mercado regulado.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *