As más exibições, que já levaram a dois grandes “falhanços” na época encarnada, ganham uma dimensão superior, porque surgem na sequência de um investimento histórico realizado pela direção de Luís Filipe Vieira. Quem não escondeu o desagrado com a recente derrota na Supertaça foi Luisão, que terá despoletado indícios de uma possível crise diretiva no Benfica.

O FILME DA TEMPORADA DA “ÁGUIA” ATÉ AO FIM DE 2020

A época começou com o primeiro grande objetivo falhado. O importante apuramento para a fase de grupos da Liga dos Campeões morreu logo à nascença, com os encarnados a caírem logo na 3.ª pré-eliminatória.

O primeiro foco de negativismo desde o retorno de Jorge Jesus à Luz e ao Seixal levou o clube a abdicar das duas maiores figuras da época passada (ao vencer Rúben Dias para o Manchester City e emprestar Carlos Vinícius ao Tottenham, olhando para a possibilidade de uma venda astronómica a longo prazo), à procura de uma compensação financeira pela perda dos mais de 40 milhões associados ao falhanço europeu.

A meio da última semana, o primeiro troféu em discussão na temporada também foi perdido e com grande dose de justiça. Só que, aqui, com um resultado e uma exibição que terão deixado feridas abertas, uma vez que aconteceu diante do rival FC Porto.

REAÇÃO DE LUISÃO EM AVEIRO GEROU DESCONTENTAMENTO DE RUI COSTA E JORGE JESUS

Após o apito final no jogo que levou, na última quarta-feira, à quarta vitória consecutiva do FC Porto em “clássicos” frente ao Benfica, o antigo “capitão” de equipa Luisão (que atualmente desempenha um papel de diretor técnico para o futebol) não escondeu a revolta das câmaras televisivas.

Num tom bastante exaltado, o brasileiro deu mostras do seu descontentamento a Rui Costa, atual vice-presidente e diretor desportivo do Benfica, e a Jorge Jesus, tendo igualmente proferido algumas palavras aparentemente pouco simpáticas a jogadores da equipa encarnada.

REAÇÃO DE LUISÃO EM AVEIRO GEROU DESCONTENTAMENTO DE RUI COSTA E JORGE JESUS

Em conferência de imprensa, o treinador do Benfica desvalorizou a situação, afirmando mesmo que «Luisão não deu reprimenda alguma aos jogadores. Não gosta de perder, como não gosta o treinador, nem os jogadores. Foi capitão de equipa durante vários anos, estava triste como estou eu, o Rui e todos».

A verdade é que, de acordo com a imprensa desportiva dos últimos dias, a situação terá levantado uma onda de desagrado nas hostes benfiquistas, com alegado incómodo pela forma como Luisão agiu após a Supertaça por parte de treinador (Jorge Jesus), direção (Rui Costa) e também alguns elementos do plantel do Benfica.

Uma situação que parece estar em vias de obrigar a uma intervenção direta do presidente Luís Filipe Vieira, que até pensa precisamente em Luisão para ocupar o lugar que ficará vago pela saída de Tiago Pinto, diretor-geral, para a AS Roma, em janeiro próximo.

Pela primeira vez presente no banco de suplentes após terminar a carreira como futebolista e transitar para a estrutura diretiva, Luisão protagonizou episódio que está a levantar polémica e há bastante curiosidade para perceber se, já esta terça-feira, o antigo “capitão” das “águias” repetirá a presença no banco no jogo frente ao Portimonense.

DEPOIS DE PIZZI, MAIS DOIS JOGADORES DO BENFICA ESTÃO INFECTADOS COM COVID-19

Corre-se o risco de ser desencadeado um surto e aumentar as dores de cabeça de Jorge Jesus para o ciclo infernal de jogos que se aproxima já em janeiro de 2021?

À notícia da infeção pelo novo coronavírus por parte de Pizzi, um dos capitães e dos jogadores mais influentes da equipa do Benfica.

Seguiu-se o conhecimento de mais dois jogadores do plantel principal que terão testado positivo à covid-19: Jardel (central que ocupou a vaga de Otamendi até ao jogo com o Porto sem comprometer) e Gonçalo Ramos (jovem avançado recentemente promovido da equipa ‘B’ que não tem tido muitas oportunidades com Jorge Jesus).

NOVO TESTE JÁ AMANHÃ FRENTE AO “LANTERNA” PORTIMONENSE

A equipa do Benfica entra em campo já amanhã, para fazer a receção ao Portimonense, último classificado, pela 11.ª jornada da Liga NOS.

Depois da vitória do Sporting, que reforçou provisoriamente a liderança e aumentou a vantagem para cinco pontos, o conjunto de Jorge Jesus está obrigado a ganhar, para poder continuar a dois pontos de distância dos “leões”, à entrada para o novo ano civil.

NOVO TESTE JÁ AMANHÃ FRENTE AO “LANTERNA” PORTIMONENSE

Na Betano, o favoritismo das “águias” traduz-se numa odds de 1.23, com o Empate a cotar a 5.10 e o triunfo dos algarvios a pagar 9.10 por cada euro apostado.

Melhor marcador da equipa no campeonato, Haris Seferovic surge com uma cotação de 1.96, na ESC Online, para marcar a qualquer altura, no mercado “Marcador no Jogo”.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube e assiste aos nosso Podcasts de Apostas. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Canal de Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




CASAS DE APOSTAS LEGAIS
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a apostas desportivas online.
4,0 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis com o Código Promocional: apostaga
mais Bónus no primeiro depósito até um máximo de 100 euros.
3,0 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 100€ euros.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
3,8 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.