Mexico vs Uruguai – Copa América

Aposta Ganha / Apostas de Futebol / Mexico vs Uruguai – Copa América

Copa América

Prognóstico e Apostas para
Mexico vs Uruguai
– 06 de Junho às 01h00 –

Agora que está cumprida 1.ª jornada nos Grupos A e B da Copa América, já podemos afirmar uma surpresa no resultado do jogo que opôs o Brasil ao Equador (0x0). O Brasil pode muito bem agradecer à equipa de arbitragem que de modo célere fez questão de perdoar Alisson, num monumental “perú” após remate de Enner Valencia.
Eis que aquele que considero o 1.º jogo grande desta edição da prova e que colocará frente-a-frente 2 favoritos à vitória final. De um lado vamos ter o México e do outro teremos o Uruguai.
Gosto de começar as minhas análises a observar o histórico de confrontos directos entre ambas as equipas que se irão opôr e estas 2 selecções já se defrontam desde 1966 num total de 9 confrontos onde existe um equilíbrio total. Cada uma das selecções venceu por 3 ocasiões, registando-se ainda 3 empates. Os confrontos mais recentes datam de 2010 e 2011 terminando ambos com a vitória do Uruguai (pela margem miníma).

Análise do México
A selecção mexicana é uma das favoritas a erguer o troféu do ponto de vista estatístico, ao olhar dos bookies e pelos jogadores com que se apresenta a esta prova. De todos e não desfazendo qualquer outro, gostaría de destacar Chicharrito Hernández por ser um jogador que me é muito querido. Um avançado de baixa estatura a fazer lembrar um certo João Vieira Pinto ou Rui Barros, com um faro apuradíssimo para o golo, mais agora que passou uma época a “treinar” a finalização na Alemanha.
Esta equipa mexicana, nos últimos 30 jogos que disputou venceu 17, empatou 9 e perdeu apenas 4, com 56 golos apontados e 30 sofridos. Diminuíndo os encontros aos últimos 10, temos 9 vitórias e 1 empate com 20 golos apontados e 4 sofridos. Vamos ainda observar os jogos mais recentes, digamos os últimos 5, que terminaram em vitória com 9 golos marcados e sem qualquer golo sofrido.
Estes dados dizem muito sobre o poder ofensivo dos mexicanos mas também, a grande capacidade defensiva.
Referir que a selecção mexicana vem de um ciclo de 9 vitórias consecutivas (ainda que 4 tenham sido jogos amigáveis).
De acordo com as mais diversas análises tácticas deste jogo é esperado que Juan Carlos Osorio disponha as suas “peças” (jogadores, entenda-se) num 5x3x2 onde teremos: Guillermo Ochoa; Diego Reyes, Rafael Márquez, Héctor Moreno, Paul Aguilar e Miguel Layun; Héctor Herrera, Andrés Guardado e Jesús Dueñas; Chicharrito Hernández e Oribe Peralta.

Análise do Uruguai
Do lado uruguaio a notícia mais relevante e que deve ser destacada é a ausência de Luis Suaréz (deste jogo e muito provavelmente dos restantes desta 1.ª fase) ainda que, se destaque a presença de Edison Cavani, porém, a dupla Cavani/Suaréz não é a mesma coisa do que a dupla Cavani/(Abel) Hernández – veremos pois o resultado e a capacidade de superar a defesa mexicana.
A selecção uruguaia passou muitos meses “orfã” do seu nome maior, Luis Suárez, após o castigo que foi imposto na sequência do incidente estomatológico ocorrido no Mundial 2014. Ainda assim e porque as restantes soluções são de grandíssima qualidade, fizeram o seu caminho, jogo a jogo e lideram a WC Qualification South America 2018 Rússia. Na última edição da Copa América (2015) caíram aos pés do vencedor, Chile, nos quartos de final.
Nos últimos 30 jogos que disputaram somam 18 vitórias, 5 empates e 7 derrotas com 49 golos apontados e somente 22 sofridos. Limitamos os jogos aos últimos 10 em que venceram 6, empataram 1 e perderam 3, marcando 16 golos, contra 7 sofridos.
Os mais recentes e últimos 5 jogos disputados terminaram com 3 vitórias, 1 empate e 1 derrota, com 10 golos marcados e 5 sofridos. Referir apenas que esta equipa chega a esta partida numa sequência de 3 jogos oficiais sem conhecer a derrota.
Não é de esperar nenhuma alteração ao esquema táctico com que esta equipa se tem apresentado, o 4x4x2, alinhando com o seguinte 11: Fernando Muslera; José Gimenez, Diego Godín, Maxi Pereira e Álvaro Pereira; Diego Laxalt, Álvaro Gonzalez, Arévalo Rios e Matías Vecino; Edison Cavani e Abel Hernández.

Análise estatistica
Estatísticamente é muito mais provável que o México vença do que se verifique qualquer outro resultado mas, quero salientar que esta análise teve por base uma série de encontros, oficiais e amigáveis que recuam a 2014 (meses depois do Mundial do Brasil), pelo que, vale o que vale.

Prognóstico Mexico vs Uruguai:

A minha sugestão
Este é daqueles jogos que, terminando em Green nos dão uma confiança enorme dado o equilíbrio de forças em jogo mas, terminando em Red nos obrigam a repensar tudo, vezes sem conta!
Gosto muito do Uruguai e reconheço (com alguma parcialidade) que os jogadores uruguaios são melhores do que os mexicanos mas, há aqui muito equilíbrio e penso que, tendo em conta os adversários do grupo e o número de eleitos à próxima fase, vamos ter um jogo aborrecidamente táctico, a terminar com poucos ou nenhum golo e muito provavelmente, empatado a 0.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CASAS DE APOSTAS
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,8 rating
Bónus Betano de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.