Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Que se passa com o Benfica de Bruno Lage?

A expetativa para esta temporada era elevada na sequência do excelente final de Campeonato que o Benfica trilhou na época passada rumo ao título nacional, no entanto a formação de Bruno Lage não parece ter conseguido manter o mesmo nível de 2018/19…

Que se passa com o Benfica de Bruno Lage? Menos golos, menos oportunidades

Por vezes, a produção ofensiva de um clube pode sofrer alguns sobressaltos fruto da menor inspiração dos seus atacantes, no entanto não tem sido isso que tem dominado a falta de poder atacante do Benfica nas últimas semanas.

Benfica de Lage

Fundamentalmente, o problema parece estar mais no setor de criação de jogo onde elementos preponderantes como Rafa Silva ou Pizzi não parecem estar a ter o mesmo rendimento de outros tempos.

Para além disso, e é justo dizê-lo, tanto Haris Seferovic quanto Raul de Tomás não têm estado tão bem quanto esperado, embora reforce a ideia de que a quantidade de ocasiões de golo de que têm disposto não se compara ao volume encarnado da época passada.

Mas de onde poderá derivar este problema, tendo em conta que a falta de solidez do meio-campo também está a vulnerabilizar um pouco a sua defesa, visto que as linhas costumam estar bem adiantadas?

Olhando ao atual panorama, poderá dizer-se que Florentino Luis faz realmente falta no centro nevrálgico do jogo do Benfica, já que Fejsa não tem o mesmo tipo de fulgor físico ou de condução de jogo, e por outro, talvez a saída de João Félix se comece a fazer sentir.

Que se passa com o Benfica de Bruno Lage? Dois avançados, ou avançado e meio?

Na época passada, João Félix foi um vagabundo no ataque benfiquista que podia surgir em qualquer zona de finalização a todo o momento, derivando da direita, da esquerda ou mesmo do meio.

Isso adicionava um fator de instabilidade nas defesas contrárias que beneficiava todos os atacantes encarnados, algo que atualmente não parece suceder com Raul de Tomás forçado a desempenhar uma função que não lhe é muito familiar, ou seja, deambular do centro para as alas recorrentemente.

RDT é um goleador que gosta de frequentar posições mais centrais, desgastando-se menos e surgindo mais fresco para atacar posições de finalização eficazmente.

Raul de Tomas benfica

Creio que poderá ser por aí que o Benfica de Bruno Lage poderá recuperar a sua identidade, mas então quem irá jogar como falso avançado?

Aí reside a grande questão. Adel Taarabt é um jogador esforçado com alguma qualidade, mas terá a astúcia e qualidade técnica para fazer esse lugar ao nível de João Félix? Não me parece…

Deste modo, creio que o reposicionamento de um jogador como Pizzi ou até mesmo Rafa Silva numa posição mais central poderia adicionar esse fator de instabilidade nas defesas contrárias, com Franco Cervi ou Zivkovic voltando ao onze inicial a fim de ocuparem a vaga deixada pelo jogador que ocupe essa posição.

Tudo em aberto, mas é preciso melhorar…

Se na Liga Portuguesa o Benfica segue firma nos lugares cimeiros da tabela e perfeitamente integrado no grupo de favoritos ao título – sendo mesmo o líder do mercado na Betano a 1.77 – o mesmo não se poderá dizer na Liga dos Campeões onde a entrada em cena foi realmente desastrosa.

Além das invenções de Lage no primeiro encontro frente ao RB Leipzig que resultaram numa comprometedora derrota caseira por 1-2, a exibição em São Petersburgo diante do Zenit que redundou numa derrota de 3-1 deixou novos sinais de alerta numa equipa que, estranhamente parece estar sem a confiança de outrora.

O Benfica ainda vai a tempo de fazer a remontada no Grupo G da Champions League, mas urge que reaja imediatamente na receção ao Lyon na 3ª Jornada da Fase de Grupos, pois caso contrário, ficará praticamente arredado das contas.

Neste momento, já será difícil terminar em 1º do grupo com a ESC Online avaliando tal cenário em avultados 19.00, no entanto, a qualificação continua perfeitamente ao alcance de um Benfica pujante que nos faça lembrar aquela equipa que todos admirámos na segunda metade da Liga Portuguesa 2018/19.

Lyon será crucial nas aspirações encarnadas

O próximo jogo europeu, marcado para 23 de Outubro às 20:00 no Estádio da Luz, representará importância capital para o Benfica na Liga dos Campeões e só um triunfo interessará às cores lusas nessa ocasião.

Neste momento, as casas de apostas oferecem 2.03 por um triunfo benfiquista, e avaliando a qualidade de ambos os plantéis, não será descabido dizer que a formação portuguesa tem boas condições para somar três pontos no seu terreno frente ao atual 11º classificado da Liga Francesa, mergulhado numa crise doméstica sob o leme do inexperiente técnico Sylvinho.