Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Quem são os reais candidatos? – Parte 1 (Oeste)

Já com a época num estado avançado (falta praticamente um mês para o fim da regular season) parece-me a altura ideal de tentar descortinar quem são as equipas que lutarão verdadeiramente pelo campeonato e quem poderá vir a amealhar os tão desejados anéis de 2012.

Começando pela conferência oeste, mais propriamente pelos campeões em título, os Dallas Mavericks.

Mesmo senão fossem os actuais detentores do título penso que os Dallas tinham sempre uma palavra a dizer pois possuem um conjunto forte, muitíssimo experiente e têm no alemão Nowitzki a estrela que todas as equipas campeãs precisam nas fases importantes do jogo.

A sua maior lacuna é o jogo interior, pois nem Haywood nem Mahinmi me parecem ter qualidade (experiência no caso do segundo) suficiente para serem titulares de uma equipa campeã e que tem as aspirações de tentar renovar esse mesmo título.

Principalmente quando falamos de playoffs, onde os jogos normalmente, são mais intensos e alguns decididos em pormenores.

Olhando agora para o primeiro classificado na conferência oeste, os Oklahoma City Thunder. Os OKC passaram de uma equipa de “miúdos” cheios de talento, a uma equipa que já trabalha junta há muitos anos e o entrosamento parece cada vez melhor, reflectindo-se nos seus resultados (35-12).

Esta equipa liderada por Kevin Durant, a meu ver é uma fortíssima candidata ao título, pois possuem uma equipa bastante equilibrada e com um banco bastante profundo. 

Westbrook senão tiver os seus desvaneios (altas correrias e turnovers atrás de turnovers) poderá ser importantíssimo na ajuda a Durant, tal como vem sendo durante toda esta regular season.

Para isso, penso que a contratação de Fisher será importante pois o veterano jogador poderá vir à ajudar a tornar o jogo de Westbrook mais “lúcido”.

Vamos ver agora o que podemos esperar dos San Antonio Spurs. Os Spurs é uma equipa muitíssimo experiente (principalmente os três elementos fundamentais no 5 inicial:

Parker, Ginobili e Duncan), mas que alia isso a um conjunto de jogadores jovens (na sua maioria) que têm vindo a ser bem trabalhados por Popovich (como vem sendo habitual). Falo-vos é claro de Kawhi Leonard (20 anos), DeJuan Blair (22), Daniel Green (24), Gary Neal (27) e Tiago Splitter (27).

Mais recentemente juntou-se a esta equipa Stephen Jackson (ex- Bucks) que poderá ser uma excelente ajuda vinda do banco, pois senão tiver conflitos como tinha nos Milwaukee é um jogador que contribui em média com bons números que ajudarão certamente este conjunto.

Bola ao Ar Ze Nuno Quem sao os reais candidatos Parte 1 Oeste

Vejamos agora os Los Angeles Lakers. Os Lakers, tal como o ano passado, parece que andam meios perdidos e em alguns jogos chega a ser inacreditável o que acontece. Tem sido frequente estarem a ganhar na casa das dezenas e ainda perdem o jogo.

Esta equipa parece que ainda anda à procura do seu fio de jogo, e com as entradas e saídas recentes, a equipa penso que vai melhor, pois acho que como Fisher já não tinha o fulgor de outros tempos é altura de dar lugar a outro tipo de jogador.

Falo obviamente de Sessions, que na minha opinião mais cedo ou mais tarde vai ser o titular da equipa pois tem mais qualidade que Steve Blake.

Um factor muitíssimo importante é que os Lakerspossuem no seu 5 inicial duas “torres gémeas” que têm praticamente vantagem com todos os adversários (no jogo interior), pois são raras as equipas que têm dois jogadores com a altura/qualidade de Gasol e Bynum para jogar perto do cesto.

Escusado será dizer que Kobe Bryant (por muitos considerado o melhor jogador pós-Jordan), faz parte da equipa e isso decide jogos, literalmente falando, não fosse ele um exímio jogador nos momentos de aperto em que é preciso alguém para marcar o cesto da vitória.

Olhando agora a outra equipa de Los Angeles, os Los Angeles ClippersCom a entrada de Chris Paul e Chauncey Billups (principalmente estes dois) para ajudar Griffin perspectivava-se momentos de verdadeiro espectáculo pois com um dos melhores bases da liga no que toca a passar a bola e com o “voador” Griffin seria de esperar autênticas jogadas do “outro mundo”.

Mas isso não está praticamente a acontecer e acima de tudo a equipa não está a render.

Pois um actual registo de 26-20 (5º classificado da conferência) é curto para um dos conjuntos com mais talento na liga.

É certo que Billups se lesionou e vai perder toda a temporada (regressa para o ano) e isso foi um rude golpe nas aspirações da equipa pois não só perderam um marcador de pontos (principalmente da zona exterior), como perderam um 2º base que poderia ser 1º quando Chris Paul estivesse a descansar.

Não espero grandes feitos dos Clippers nestes playoffs.

Para concluir esta primeira parte sobre a conferência oeste, penso que os Oklahoma são os “verdadeiros” candidatos a ganhar a conferência e assim lutar pelos anéis, mas não coloco de parte uma possível surpresa dos Spurs ou dos Lakers numa possível final de conferência!