Real Madrid vs Barcelona – Taça do Rei

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / Real Madrid vs Barcelona – Taça do Rei

Taça do Rei Joga-se hoje a 1ª mão da meia-final da Taça do Rei de Espanha entre Real Madrid e Barcelona.

Trata-se dos dois colossos Espanhóis que querem vencer, não só este prestigiado troféu, como o seu maior rival de sempre.

É sempre o jogo mais esperado do ano e milhões de pessoas concentram-se à volta da televisão para poderem ver este espectáculo, cerca de 80000 serão aqueles que vibrarão no estádio Santiago Barnabéu, estádio do Real Madrid.

É esperada uma noite de muita emoção e um espectáculo ímpar com a chuva a dar tréguas e a não prejudicar o espetáculo.

O Real Madrid já não perde à mais de um mês aquando da derrota contra o Málaga para a Liga Espanhola no entanto, desde esse jogo, a equipa tem defrontado conjuntos com pouco poderio comparando com o FC Barcelona, exceptuando o Valência.

De ressalvar, também, que nos últimos 6 jogos o Real Madrid só sofreu um golo, ante o Valência, para a mesma competição que se disputará hoje.

Apesar dos bons resultados neste início de ano, a equipa começou mal a temporada 2012/2013 e já se encontra bastante atrás do seu rival directo no campeonato, restando poucas certezas de quem será o vencedor da La Liga este ano.

Referir, também, que a equipa tem sido alvo de muitas incertezas quanto ao ambiente que se vive entre o treinador e os jogadores, o que não tem facilitado a campanha caseira da equipa.

Resta, portanto, aos Blancos a conquistas da Copa do Rei e da tão desejada Liga dos Campeões. Para chegar a esta fase da prova, o Real Madrid teve de eliminar o Alcoyano e o Celta de Vigo sem grandes problemas e, nos quartos-de-final eliminou o Valência graças à vitória conseguida em Madrid.

José Mourinho fez algumas poupanças no jogo contra o Getafe deixando de fora Xabi, Varane e Marcelo enquanto que Ronaldo saiu aos 70 minutos para entrar Benzema.

Poupados também foram Khedira e Callejón que jogaram 45 e 20 minutos, respectivamente. O Real chega a este jogo com mais 7 horas de descanso que o seu adversário, facto este que deverá ser desprezável.

Para este jogo, José Mourinho debate-se com várias ausências, principalmente na defesa. Enquanto que Fábio Coentrão tem um substituto à altura, o mesmo não se poderá dizer quando se trata de Iker Casillas, Pepe, Sérgio Ramos e Di Maria, nada mais nada menos que 4 titulares desta equipa, 3 deles no setor mais recuado.

Uma das grandes questões que andarão na cabeça do treinador será a escolha do homem que defenderá a baliza Merengue neste embate importante.

Diego López acabou de chegar ao clube e, com apenas dois treinos, não se sabe se Mourinho confiará nele para ocupar a baliza, apesar dos créditos confirmados anteriormente.

Antonio Adán deverá ser o escolhido por estar ambientado ao clube, apesar de não oferecer tantas garantias como o seu colega, teoricamente.

Nas laterais estarão Arbeloa e Marcelo, dois titulares habituais desta equipa e dois jogadores de características completamente distintas – se Arbeloa é um jogador contido, Marcelo é um lateral muito subido e, sempre que assim for possível, ajudará a criar desequilíbrios na defesa Blaugrana, apesar de ter regressado à pouco tempo de lesão.

No centro da defesa, como dito anteriormente, a equipa está com problemas pois não pode utilizar os seus habituais titulares.

Jogará Raúl Albiol e resta saber quem o acompanhará – Será Raphaël Varane ou Ricardo Carvalho? Tudo aponta para que seja Varane no entanto, a sua inexperiência em grandes jogos e as recentes inclusões de Ricardo Carvalho nos onzes Madrilenos, poderão colocar o mesmo a titular em detrimento de Varane.

Na minha opinião a equipa ficará a ganhar caso jogasse Carvalho pois faria um bocado de Pepe, patrão habitual da defesa, e colocaria toda a sua experiencia de 34 anos em campo.

À frente da defesa estarão os habituais médios mais recuados desta equipa – Xabi Alonso e Sami Khedira. Xabi será o mais recuado dos dois e terá de ser um verdadeiro pilar contra as investidas do Barça e Khedira terá que, mais do que habitualmente, ajudar o seu colega em prol da equipa.

À frente dos mesmos estará Mesut Ozil, o médio Alemão capaz de jogos enormes e os ataques da sua equipa passarão por ele apesar de nesta temporada não estar particularmente ao seu nível.

Na frente estarão 3 setas apontadas à baliza dos homens da Catalunha – Cristiano Ronaldo, Karim Benzem e Callejón. Ronaldo é o grande craque desta equipa e tem marcado muitos golos contra este Barça e, hoje à noite, os seus adeptos esperam um Ronaldo ao seu nível, fazendo jogar e marcando golos.

Benzema é outro jogador de grande qualidade, com muita facilidade de criar chances de golo em muito pouco espaço e hoje a equipa precisa dele. Callejón será o substituto de Di Maria.

É um jogador muito mexido, com grande facilidade para marcar golos e com qualidade para dar muitas dores de cabeça a Jordi Alba.

Posto isto, é claramente uma equipa de qualidade, mesmo estando com problemas na defesa e que serão sentidos esta noite. Poderá passar pela cabeça de Mourinho colocar Luka Modric ou Kaká em campo em vez de Callejón, no entanto, o primeiro estará com problemas físicos e o segundo não parece ter a confiança de Mourinho, o que os afastarão, pelo menos, da equipa titular esta noite.

Haveria também a possibilidade de colocar Essien e a equipa ganharia com isso, ficando com um meio-campo muito mais forte, no entanto, isso tiraria poder de ataque à equipa pois teria de saír Ozil ou Callejón já que Khedira e Alonso parecem merecer 100% de confiança por parte de José Mourinho.

O Barcelona chega a Janeiro com 15 pontos de vantagem sobre o Real Madrid no campeonato e com a “quase certeza” de o vencer. Devido a isso, a equipa tem relaxado um pouco e acabou por acontecer o inesperado – perder contra a Real Sociedad mesmo depois de estar em vantagem.

De referir que o Barça sofre quase sempre golos, não só devido ao relaxamento supracitado como também devido à sua defesa que, por vezes, concede espaços, muito por culpa das subidas dos seus laterais.

O Barça alcança os quartos da Copa do Rei depois de eliminar sem dificuldades o Alavés e o Córdoba. Seguidamente, surgiu no caminho da equipa o Málaga que obteve um empate em Camp Nou mas foi eliminado com uma derrota em casa, apesar de ter marcado 2 golos e jogado bem.

Para este jogo a equipa estará na máxima força já que Abidal não joga à bastante tempo, logo, não se pode considerar uma peça importante nesta formação.

O treinador dos Blaugrana, Tito Vilanova, estará de fora deste jogo pois encontra-se em Nova Iorque a cumprir mais uma etapa de tratamento ao seu cancro.

Quem comandará a equipa será Jordi Roura, treinador-adjunto, que fará o primeiro El Clássico da carreira como treinador principal.

Apesar da ausência de Tito, há rumores de que ele estará, durante o jogo, em permanente contacto com a sua equipa técnica, logo, a sua ausência não deverá ser uma desvantagem para a equipa da Catalunha.

De salientar que, no fim-de-semana passado, o Barça poupou Jordi Alba e Iniesta, enquanto que Fàbregas só jogou 25 minutos.

Falando no onze propriamente dito, jogará Pinto na baliza pois é sempre o dono do lugar nos jogos da Copa do Rei, o que pode favorecer o Real Madrid já que não tem a qualidade de Victor Valdés.

Os laterais serão os habituais – Jordi Alba e Dani Alves. São bastante ofensivos e terão de ter algum cuidado esta noite, principalmente Dani Alves que terá pela frente Ronaldo.

Num dia bom, Dani Alves pode travar Ronaldo mas se Ronaldo estiver inspirado, nada o conseguirá parar, prova disso são os golos que tem marcado neste início de ano.

Dani Alves pode aproveitar também as subidas e o facto de Marcelo não defender propriamente bem e poderá apoiar Pedro e causar estragos ao lado esquerdo do Real Madrid.

Já Jordi Alba não terá Di Maria pela frente e poderá aproveitar um pouco esse facto para, junto com Iniesta, criar situações de perigo e embaraços a Arbeloa. No centro da defesa estarão Piqué e Puyol que são os habituais titulares da equipa quando não enfrentam lesões.

Piqué pode ser importante pois sai bem a jogar e joga muito bem de cabeça, podendo ser um perigo em livres ou cantos enquanto que Puyol tem a particularidade de não jogar à 3 El Clássico’s devido a lesão por isso deve estar com muita vontade de desfrutar do jogo e vencer o Real Madrid.

À frente do quarteto defensivo estará Sergio Busquets, tampão desta equipa e titularíssimo desde à muito tempo. É um jogador muito diferente de Xavi e Fàbregas mas naquela posição é rei, sendo a primeira base de construção da equipa e tendo uma grande percentagem de no que toca à eficiência dos passes.

Mais à frente jogará a dupla Xavi/Fàbregas. Xavi dispensa apresentações e, embora esteja a perder algum fulgor fruto da idade, acabou de renovar contrato e continua a ser um grande jogador.

O jogo todo do Barça passará por ele esta noite. Já Fàbregas, depois de uma época aquém do esperado em 2011/2012, esta temporada tem estado muito bem e a mostrar o porquê de ter sido em tempos a estrela maior do Arsenal e ter sido adquirido pelo Barcelona, fazendo inúmeras assistências e marcando alguns golos.

Os três homens mais avançados serão Iniesta, Messi e Pedro. Todos eles da escola de formação do Barça e os três com qualidades mais do que suficientes para destronarem a muralha defensiva dos Blancos.

Iniesta leva muito bem a bola no pé, cria perigo em pouco espaço, faz assistências letais e tem uma capacidade de marcar golos bem acima da média enquanto que Pedrito também tem faro pelo golo e é muito mexido.

Lionel Messi, tal como Cristiano Ronaldo, dispensa apresentações. É um génio puro e nasceu para dar alegrias a todos aqueles que gostam de futebol.

Conclusão:
Será sem duvida um grande jogo de futebol em que se travarão duelos interessantes. Temos um Real Madrid bastante desfalcado e poderá passar por dificuldades perante um Barcelona dominador, de posse e que já provou que em grandes jogos e na sua melhor forma, consegue vencer qualquer equipa em qualquer estádio.

É um Barça que chega na máxima força e com um meio-campo/ataque de grande nível. Em principio o Real Madrid jogará apenas com dois médios puros já que Ozil é talhado mais para atacar, enquanto que o Barcelona terá no meio campo 3 jogadores de qualidade.

Sendo assim, prevejo um domínio do Barça sobre o meio-campo do Real Madrid, sendo que este fator será decisivo para desequilibrar a balança.

Outro aspeto importante é a qualidade das defesas que costumam cometer alguns deslizes que podem ser aproveitados por grandes avançados como os que actuarão hoje.

Parece-me que o Barcelona também leva vantagem por aí já que o Real irá apresentar uma linha defensiva bastante remendada.

Nas duas balizas estarão guarda-redes suplentes e de qualidade questionável e contra jogadores como Ronaldo, Messi ou Benzema, com certeza irão ter muito trabalho e com certeza sofrerão golos.

Trata-se de uma meia-final, uma primeira mão e, por isso, os jogadores terão de ter algum cuidado na forma como abordam os lances, sob pena de levarem cartões e poderem ficar de fora da segunda mão desta mesma competição.

O árbitro do encontro será o mesmo que arbitrou a primeira mão da Super Taça Espanhola em Agosto de 2012 que opôs as equipas em causa, Carlos Clos Gomez Aragão.

Nesse jogo houve apenas 4 cartões amarelos e penso que hoje o numero de cartões não andará muito longe disso pois, como disse acima, os jogadores vão estar algo receosos em não participar no jogo seguinte.

Além disso, não jogará Pepe e Sergio Ramos, jogadores algo agressivos e que por norma levam um cartão amarelo, o que me faz ainda mais acreditar num numero baixo de cartões.

Concluindo, prevejo um espectáculo entre duas excelentes equipas, prevejo muitos golos e prevejo um Barça superior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Casas de Apostas
3,8 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis mais Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
4,0 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Aposta de 5€ Grátis com o Código Promocional: APOSTAGANHA1 mais 50% de Bonus até um máximo de 50 euros.
Ultimos Artigos