Real Madrid vs Manchester United – Liga dos Campeões

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / Real Madrid vs Manchester United – Liga dos Campeões

Liga dos Campeões O Real Madrid é nada mais nada menos que o clube com maior história na Liga dos Campeões até à data.

Tem 9 títulos conquistados, o seu treinador já venceu este troféu por 2 vezes e este ano esta conquista é um objectivo claramente delineado para ambos.

A nível interno, as coisas têm corrido francamente mal à equipa da capital espanhola e uma conquista deste nível na Europa faria por certo apagar essa má época, sendo que a eliminação já nos oitavos-de-final revoltaria e muito não só os adeptos, como a direcção e o próprio corpo técnico do Real.

Na fase de grupos, o Real terminou surpreendentemente em 2.º lugar do Grupo D, atrás do Dortmund por 3 pontos de diferença e bastante acima de Ajax e Manchester City.

Em 6 jogos, o Real cedeu perante o Dortmund em duas ocasiões (1-2 fora e 2-2 em casa) e o Manchester City (1-1 fora). Num total de 6 jogos, terminou essa primeira fase com 15-9 em golos, um excelente rendimento atacante mas alguma permeabilidade na defesa.

Aliás, em nenhum jogo o Real Madrid terminou sem marcar ou sem sofrer pelo menos um golo.

No campeonato espanhol, o Real Madrid tem defraudado as expectativas ao pior nível. Decorridas 23 jornadas, ocupam o 3.º lugar, com 46 pontos conquistados (58-22G), menos 4 que o Atlético e menos 16 em relação ao eterno rival e líder Barcelona.

Os últimos tempos são o reflexo perfeito daquilo que tem sido a época do Real Madrid, com resultados tão desfavoráveis quanto surpreendentes e em outras ocasiões com autênticos brindes de futebol.

Mais recentemente, a equipa madridista empatou 1-1 com o Barcelona, na primeira mão da Taça do Rei, perdeu de forma inacreditável por 1-0 na deslocação ao terreno do fraco Granada e no último fim-de-semana goleou por 4-1 uma equipa do Sevilla que vinha até então em clara ascensão no campeonato.

Em casa, a equipa de Mourinho tem sido quase sempre soberba. Os únicos jogos que não ganhou no Santiago Bernabéu esta temporada foram contra Valencia, Dortmund, Espanyol e Barcelona, que deram todos empate.

Para esta recepção ao Manchester United da primeira mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, o Real Madrid só terá a baixa confirmada de Iker Casillas, ausente nos próximos meses.

Estão convocados Diego López, Adán, Jesus, Raphael Varäne, Sergio Ramos, Pepe, Marcelo, Albiol, Coentrão, Ricardo Carvalho, Arbeloa, Xabi Alonso, Di María, Khedira, Essien, Kaká, Luka Modric, Mesut Özil, Callejón, Cristiano Ronaldo, Gonzalo Higuaín e Karim Benzema.

Tal como o Real Madrid, este Manchester United é também uma das equipas mais temidas e respeitadas em toda a Europa e mesmo mundo do futebol.

Já ganharam a Liga dos Campeões por 3 vezes, no ano passado ficaram-se surpreendentemente pela frase de grupos mas dos três anos anteriores, em dois foram finalistas vencidos da competição, tendo ganho o seu último título em 2007/08.

Na fase de grupos da actual edição, o Manchester terminou em 1.º lugar do Grupo H, 2 pontos à frente de Galatasaray e Cluj, com 9-6 em golos. Somente na recepção ao Galatasaray (1-0) é que o United terminou um jogo sem sofrer qualquer golo.

Na Premier League, a equipa de Alex Ferguson comanda a seu bel prazer, com 65 pontos em 26 jogos, 62-31G e 12 de vantagem em relação ao segundo classificado Manchester City, que tem vindo a perder pontos de forma sistemática ao longo das últimas rondas.

Sem perder há mais de dois meses, altura em que vacilou precisamente para a Liga dos Campeões na recepção ao Cluj (não esquecer que já tinha o apuramento e o primeiro lugar do grupo garantidos), o United está numa sequência de quatro vitórias seguidas, depois do empate de 1-1 em White Hart Lane, diante do Tottenham.

Desde então, ganharam ao Fulham (4-1), ao Southampton (2-1), ao Fulham (1-0) e, no último domingo, ao Everton (2-0). Os jogos fora não são por hábito um problema para o Manchester United, já que só perdeu esta temporada contra Everton, Chelsea, Norwich e Galatasaray.

Nesta deslocação ao Santiago Bernabéu, o técnico Alex Ferguson terá a tropa quase toda ao seu dispôr, já que apenas o veterano Paul Scholes é ausência confirmada.

O extremo Ashley Young está de regresso, após paragem de praticamente um mês por lesão.

Estão convocados De Gea, Lindegaard, Buttner, Evans, Evra, Ferdinand, Phil Jones, Rafael, Smalling, Vidic, Anderson, Carrick, Cleverley, Giggs, Nani, Valencia, Ashley Young, Kagawa, Javier Hernández, Wayne Rooney, Robin van Persie e, Welbeck.

Esta é na minha opinião a eliminatória com potencial para ser a mais espectacular destes oitavos-de-final da Champions.

O Real Madrid tem tido uma época interna lastimável, o campeonato é dado como perdido devido aos 16 pontos de distância para o Barcelona, a Taça do Rei está para ser decidida no Camp Nou daqui a duas semanas e a tarefa não se afigura fácil e esta Liga dos Campeões poderá ser mesmo a única “saída” para o Real poder considerar que teve uma boa época desportiva.

Já o Manchester United tem liderado a Premiership em Inglaterra sem dificuldades de maior, tem tido um futebol apelativo às vezes, noutras q.b., mas é inquestionavelmente uma equipa muito boa, com opções atacantes do mais alto nível e com capacidade para discutir um resultado em qualquer lugar.

Só que esta noite esse lugar vai ser o Santiago Bernabéu, que terá certamente um ambiente infernal e de imenso apoio ao seu Real, que terá de correr em busca do prejuízo para levar uma boa vantagem para a difícil segunda mão em Old Trafford, que se jogará daqui a três semanas.

O United terá por certo uma postura mais expectante e à procura do contra golpe, onde é muito forte com a velocidade de Nani e Valencia nas alas e o poder de fogo de Rooney e van Persie na frente de ataque.

Acredito, portanto, que tenhamos um jogo com algumas oportunidades de golo para os dois lados, o Real criará certamente muito perigo, com o jogo muito canalizado por intermédio de Cristiano Ronaldo, que vive um óptimo momento depois dos 3 golos apontados diante do Sevilla e que defronta esta noite a sua antiga equipa.

Tendo em conta tudo isto e alguma capacidade dos sectores atacantes em sobrepôr-se às defesas contrárias, não consigo imaginar um resultado final com pelo menos um golo para os dois lados. Creio que o Real poderá fazer-se valer do factor casa e o resultado mais provável seja mesmo um 2-1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Casas de Apostas
3,8 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis mais Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
4,0 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Aposta de 5€ Grátis com o Código Promocional: APOSTAGANHA1 mais 50% de Bonus até um máximo de 50 euros.