Real Madrid vs Manchester United – Liga dos Campeões

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / Real Madrid vs Manchester United – Liga dos Campeões

Liga dos Campeões O Real Madrid é 3º classificado do maior campeonato de futebol profissional de Espanha e vem de uma vitória esmagadora de 4-1 sobre o Sevilha, agora 11º classificado do mesmo campeonato, o que certamente elevou a moral da equipa depois da derrota, fora de casa, por 1-0 frente ao Granada, agora 15º classificado.

Em termos de registos, a jogar no seu estádio, na Liga BBVA, apenas para comparação e até ao momento, esta equipa soma 9 vitórias e 2 empates, não tendo ainda perdido qualquer jogo, nesta prova, o que demonstra que é no seu estádio que esta equipa se sente mais confiante e que consegue ser mais forte.

Totalizando os golos deste conjunto, no mesmo campeonato, ainda e apenas para comparação e até ao momento, esta equipa tem 58 golos marcados e 22 sofridos, que correspondem, respectivamente, ao 2º ataque mais eficaz e à 2ª defesa que menos golos concede, o que perfaz a 2ª melhor diferença de golos, desta prova.

Tacticamente, este conjunto joga num 4-5-1, que pode ser descrito, na horizontal e a pormenor, como um 4-2-3-1, que tem em Cristiano Ronaldo o melhor marcador da equipa e deste torneio, com 6 golos em 6 jogos, o que perfaz um golo por jogo, de média, nesta liga dos campeões, ou seja, 40% do total de golos da sua equipa.

Em termos de regressos e ausências, Sami Khedira, Angel Di Maria e Mesut Ozil, que puderam descançar na última partida, deverão entrar de inicio, neste jogo, Raphael Varane, Xabi Alonso e Pepe recuperaram das respectivas lesões, e os 2 últimos deverão integrar o 11 inicial da equipa, pelo que apenas Casillas está lesionado e estará, durante 3 meses, mas Diego Lopez parece ser bastante seguro, pelo que não deverá ser esperado que esta ausência se faça sentir, na baliza desta equipa.

Lista de convocados do Real Madrid: Diego López, Adán e Jesús, Varane, Ramos, Pepe, Marcelo, Albiol, Coentrão, Carvalho e Arbeloa, Alonso, Di María, Khedira, Essien, Kaká, Modric, Özil e Callejón, Cristiano Ronaldo, Benzema e Higuaín

Onze provável do Real Madrid: Diego Lopez, Arbeloa, Sérgio Ramos, Pepe, Fábio Coentrão, Khedira, Xabi Alonso, Di Maria, Ozil, Cristiano Ronaldo e Benzema

O Manchester United é líder incontestado do maior campeonato de Inglaterra e vem de uma vitória sobre o Everton, 6º classificado, por 2-0, no seu estádio, o que foi o 14º jogo consecutivo sem perder da equipa, o que nos diz muito sobre o actual momento de forma e de motivação da mesma, para este jogo. Em termos de registos, a jogar fora de casa, no seu campeonato nacional, apenas para comparação e até ao momento, esta equipa soma 9 vitórias, 2 empates e duas derrotas, o que demonstra que este conjunto é equilibrado e possui uma boa postura, mentalidade e abordagem em relação a este tipo de jogos.

Totalizando os golos do conjunto, no campeonato nacional, ainda e apenas para comparação e até ao momento, o mesmo tem 62 golos marcados e 31 sofridos, o que corresponde, respectivamente, ao ataque mais eficaz e à 6ª defesa que menos golos concede, o que perfaz a melhor diferença de golos, desta prova.

Tacticamente, este conjunto joga num 4-2-3-1, que tem em Van Persie o melhor marcador da equipa, nesta Liga dos Campões, com 3 golos marcados em 4 jogos, ou seja, 0,75 golos por jogo jogado, ou seja, 33% do total de golos da equipa, nesta prova.

Em termos de ausências e regressos, Phil Jones e Jonny Evans são dúvidas para este jogo após se terem lesionado na última partida frente ao Everton e Darren Fletcher está doente e Ashley Young e Michael Carrick recuperaram das respectivas lesões, pelo que estes 2 últimos jogadores já poderão ser opções para Sir Alex Fergunson, neste jogo.

É também de referir que Fletcher soma, no campeonato nacional, apenas 3 entradas e um golo marcado, mas tendo tantas opções de qualidade, não espero que o Manchester se venha a ressentir, com esta ausência.

Onze provável do Manchester United: De Gea, Rafael, Rio Ferdinand, Vidic, Evra, Carrick, Cleverley, Valência, Rooney, Nani e Van Persie

É esperada uma temperatura a rondar os 11 graus, à hora do jogo, sem possibilidades de chuva, o que, certamente, ajudará a manter os níveis físicos dos jogadores durante toda a partida, neste jogo, que põe frente a frente dois gigantes europeus, sendo a equipa da casa detentora de 9 troféus da Liga dos Campeões e a equipa visitante de 3.

Em confronto teremos, então, o 3º classificado do maior campeonato de futebol profissional de Espanha, contra o líder do maior campeonato de Inglaterra, pelo que o favoritismo para vencer este encontro está do lado da equipa da casa, que tem o factor casa do seu lado, um registo no seu estádio bastante bom e que tem, na conquista do 10º troféu da Liga dos Campeões para este clube, o grande objectivo da equipa, claramente assumido pelo treinador, José Mourinho, e jogadores.

Em termos de comparação táctica, teremos dois conjuntos a actuar em 4-5-1, o que faz adivinhar que iremos ter equilibrio posicional e numérico das equipas a meio-campo, o que deixará os desiquilibrios para os planos físicos, técnicos, de disciplina táctica, eficácia ofensiva, capacidade de criação de linhas de passe, de desmarcações e de eficácia na conversão de lances de bola parada, planos estes onde estas equipas são muito bem dotadas, mas onde a equipa da casa possui alguma vantagem, na minha opinião, pois consegue, na maioria dos planos referidos, possuir mais e melhores capacidades.

Espero, portanto, que este seja o melhor jogo desta semana da primeira mão dos oitavos de final desta prova, com duas equipas a atacarem bastante e a procurarem, constantemente, o golo que lhes permitirá a vantagem para o 2º jogo desta mão, pelo que a equipa da casa deverá entrar em campo apresentando uma postura mais ofensiva enquanto que a equipa visitante deverá apresentar uma postura mais defensiva, ao inicio, e deverá usar os rápidos contra-ataques e os lances de bola parada como principal maneira de puder chegar à baliza contrária.

Para ajudar ao nível do jogo, Khedira, Di Maria e Ozil deverão estar a 100%, o que ajudará à consistência defensiva desta equipa e á eficácia ofensiva, Pepe recuperou de lesão prolongada e volta às competições neste jogo de extrema importância e Xabi Alonso também estará apto, o que só me poderá levar a pensar que teremos uma equipa da casa muito forte e que conseguirá, ainda que com alguma dificuldade, passar para a frente do marcador cedo e manter a vantagem até ao final do encontro.

Para a escolha do meu prognóstico, tive em conta que, na última vez que estas equipas jogaram, exactamente na Liga dos Campeões, mas nos quartos de final desta prova, tivermos dois jogos com mais de 3,5 golos, em que o Real conseguiu vencer por 3-1, no seu estádio e que depois foi perder 4-3 em Manchester, conseguindo assim passar à próxima fase, pelo que espero que o Real consiga ganhar este jogo, e que espero, também, uma prestação por parte dos jogadores de Alex Fergunson com bastante qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




CASAS DE APOSTAS
3,0 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a apostas desportivas online.
3,5 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis com o Código Promocional: apostaga
mais Bónus no primeiro depósito até um máximo de 100 euros.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
4,0 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.