Prognósticos para Apostas Desportivas Online - Aposta Ganha

Prognostico Rio Ave vs Boavista

esp duarte pinto 600

Rio Ave vs Boavista – Liga NOS: No Estádio dos Arcos encontram-se duas equipas em contraste

O Rio Ave está a crescer, atravessa um momento de boa forma e tem altos índices de confiança.

O Boavista ainda procura encaixar nesta Liga NOS. A vitória na 1ª jornada foi um oásis para os axadrezados, seguindo-se 1 empate e 3 derrotas.

Ainda é muito cedo para poder analisar o desempenho das panteras nesta Liga NOS, mas apesar de ter mais soluções na frente, a menor fiabilidade na retaguarda poderá trazer uma época sofrida para um histórico do futebol português.

Boavista – Em busca dos pontos perdidos em casa

Este Boavista de Jorge Simão habituou-nos a uma fiabilidade incrível dentro de casa, onde vencia a maior parte dos jogos. Isso era suficiente para um campeonato tranquilo, mesmo sendo uma equipa oposta quando jogava como visitante.

Ora, apesar de ainda estarmos no início do campeonato, os dois jogos disputados no Estádio do Bessa redundaram em 0 pontos, face aos 4 somados na época passada, (3-3) com o Chaves e (2-1) com o Benfica.

Ou seja, este Boavista das duas uma, ou afina defensivamente e começa e recupera o seu forte handicap em casa, ou terá de começar a ir procurar os pontos fora.

É precisamente este o ponto que considero crucial, neste momento, para a equipa de Jorge Simão.

Na minha leitura, Jorge Simão poderá trabalhar o sistema defensivo, no entanto há uma parte que vai depender sempre da qualidade dos intervenientes, e até este momento, essa qualidade parece não estar ao nível das exigências.

A verdade é que Jorge Simão já começou a mexer nesse setor sentando Raphael Silva no banco, por troca com Sparagna, um dos jogadores titulares na época passada, mas nunca visto como um indiscutível no xadrez de Jorge Simão.

Ou seja, para o francês ter começado no banco é porque se esperava que Rhapael Silva e Néris fosse a dupla titular, mas que é natural que o treinador tenha de ser “forçado” a mexer.

E mesmo Néris também não tem convencido. Ou seja constata-se que há dificuldades no eixo defensivo do Boavista, para além de ter perdido também a referência do Guarda-Redes Wagner.

Ou seja, na minha leitura pela amostra que tenho visto, acho que Jorge Simão terá de encontrar uma nova forma de jogar, sobretudo fora de portas. Terá de assumir mais o jogo porque o Boavista vai precisar, e muito, desses pontos.

Aliás, com uma menor pressão, por jogar fora de casa, e com a qualidade atacante que tem, é bem possível que possamos começar a ver um Boavista a contribuir para jogos com golos, como por exemplo vimos no terreno do Santa Clara.

Este poderá ser esse jogo. O Boavista tem tudo em desfavor, perante este Rio Ave, e se jogar para empatar certamente que irá perder. A sua consistência defensiva não lhe permite segurar a qualidade ofensiva dos vila condenses.

Rio Ave – uma equipa criada em pouco tempo

Não sabemos se este Rio Ave é para durar, mas que é uma equipa que conseguiu reconstruir-se em “tempo record” é um facto. As muitas dúvidas, desde logo na experiência e capacidade de José Gomes, ao nível de 1ª Liga, e a este nível, eram muitas.

A reconstrução profunda de um onz base “devastado” era outro dos problemas que não se esperava ter uma solução tão rápida.

A verdade é que o técnico começou por afinar a equipa ofensivamente, com 3 jogadores que tem sido preponderantes nas vitórias do Rio Ave:

Galeno, Gabrielzinho e Gelson Dala, e que agora se junta Diego Lopes. Já se percebeu que estes 4 jogadores são a “nata” do futebol do Rio Ave, e que em condições normais conseguem fazer a diferença no último terço do campo.

Assim, a relação deste Rio Ave com o golo passa a ser algo natural.

Parabéns a José Gomes que conseguiu criar aqui um quarteto que apesar de jovem e pouco experiente, compensa com velocidade, criatividade, imprevisibilidade e muito muito talento.

O setor defensivo está ainda longe da eficácia do ataque, mas também se assim fosse teríamos um Rio Ave num patamar ao nível de clubes como Sporting de Braga ou Vitória de Guimarães.

Assim, facilmente se poderá depreender que o Rio Ave não é uma equipa forte sem bola, não tem forte capacidade na pressão e recuperação de bola, mas que poderá compensar tudo isto com o seu forte ataque.

Assim, poderá ser um padrão esta equipa precisar de marcar mais golos do que aqueles que sofre para vencer o jogo. Esta fase é óbvia, mas o que quero dizer é que em condições normais, o Rio Ave marcará e sofrerá golos nos seus jogos.

O meu prognóstico:

Prognóstico Rio Ave vs Boavista:

Bom as ideias chave para este jogo são a Vitória do Rio Ave, ou então uma partida com 2 golos no mínimo. Reconheço que o ML a 1.96 para o Rio Ave é tentador, mas também será preciso relembrar, que o Rio Ave sofrendo golo,

e com os índices de agressividade do Boavista, essa odd perto do par pode justificar-se. Recordo apenas, por exemplo a vitória (2-1) sobre o Portimonense,

em que apenas no último lance do jogo Gelson Dala deu os 3 pontos ao Rio Ave, e também esse Portimonense estava fragilizado.

Também a vitória com o Marítimo, apesar do resultado (3-1), há que relembrar que o Marítimo ainda fez o (2-1), esteve por cima quase toda a 2ª parte, e que foi um auto-golo que deu o (3-1) já muito perto do fim.

Prognóstico para Apostas Quota Un. Casa Estado
Over 2 golos
1.68
10
ESC-Online ganha

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *