Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Saúde dos Rockets pode colocar em causa hegemonia dos GSW?

Com a Fase Regular da NBA a aproximar-se do seu final, é tempo de analisar o momento das principais pretendentes ao título, sendo de destacar a fase menos pujante dos Warriors que coincide com a estabilização da formação dos Houston Rockets…

Golden State Warriors em gestão ou longe da melhor forma?

O principal candidato ao título da National Basketball Association e atual bicampeão da competição Golden State Warriors vive um período algo complicado de definir.

A equipa encontra-se perto da máxima força em termos de jogadores disponíveis, salvo uma ou outra ausência pontual em algumas partidas com o claro intuito de proteger a condição física de jogadores que possam não estar a 100%

Golden State Warriors

No entanto os resultados recentes têm deixado bastante a desejar com a equipa a somar cinco vitórias e cinco derrotas nos últimos dez encontros, permitindo assim aos surpreendentes Denver Nuggets encostarem na luta pelo primeiro lugar da Conferência Oeste.

Os GSW continuam claramente destacados na lista de favoritos ao título a  1.55  na Bet pt,  porém os últimos sinais levantam algumas suspeitas em relação ao momento da equipa e sua respetiva unidade.

Ainda assim, os comandados de Steve Kerr já demonstraram anteriormente que tendem a viver alguns momentos pouco convidativos em fases regulares, mas que geralmente acabam por elevar o seu nível de jogo até aos píncaros quando realmente importa, ou seja, nos playoffs.

Com Kevin Durant e Stephen Curry a viverem um período de menor fulgor é natural que a equipa se ressinta, uma vez que são eles quem organiza e cria jogo para os restantes.

DeMarcus Cousins ainda procura a sua melhor forma após prolongada lesão, e Draymond Green e Klay Thompson costumam funcionar melhor quando são bem servidos pelos seus colegas responsáveis pela criação de jogo.

Se as coisas correrem há semelhança do que sucedeu em épocas anteriores, é provável que a formação de Oakland faça um ‘forcing’ final na Fase Regular para assegurar o fator casa em todas as eliminatórias da Conferência, no entanto a pressão de Denver é grande e a margem de erro praticamente nula.

Será Denver realmente uma ameaça?

No início da temporada seria quase hilariante ouvir alguém dizer que os Nuggets poderiam discutir a liderança da Conferência Oeste, no entanto é isso mesmo que está a suceder com a formação do Colorado a surpreender tudo e todos com a sua consistência e jogo de equipa.

Numa equipa sem estrelas dignas desse nome, o fator casa tem sido absolutamente essencial já que apresentam o melhor registo da NBA nessa condição com 30 vitórias e apenas seis derrotas como visitados.

A influência da altitude que origina diferentes exigências ao nível da respiração é um trunfo da formação de Denver que, certamente estará mais acostumada a jogar nessas condições do que os seus adversários.

Mas será isso suficiente para os levar a altos patamares esta temporada?

Eu diria que sim, afinal se conseguirem terminar a Fase Regular em grande forma poderão inclusivamente liderar a Conferência Oeste, e isso irá conferir-lhes a vantagem caseira em todas as eliminatórias até uma potencial Final frente a um adversário de Este.

Resumindo, creio que Golden State precisa evitar este cenário, ou caso contrário poderá ter dificuldades numa eventual Final de Conferência contra Denver uma vez que o fator casa da formação do Colorado se tem feito sentir mais do que nunca.

Denver está a  31.00  para se sagrar campeão com as Casas de Apostas a duvidarem da sua capacidade nos playoffs quando as restantes equipas elevarem, verdadeiramente o seu nível de jogo.

Condição Física de Houston pode baralhar contas a Oeste

A época começou bastante conturbada para os Rockets com James Harden a vencer partidas sozinho numa fase em que outros jogadores preponderantes estavam a contas com problemas físicos.

E parece que os esforços da estrela da equipa em mantê-los perto da zona de playoffs nessa fase aflitiva gerou dividendos, pois atualmente os Houston Rockets estão firmes na terceira posição da Conferência Oeste e parecem respirar saúde com nove vitórias nas últimas dez partidas.

Com Chris Paul, Eric Gordon e Clint Capela em boas condições físicas, a formação de Houston não só se torna mais temível, como igualmente permite que a sua estrela James Harden jogue menos minutos e com menor intensidade, algo que pode ser muito importante para ‘The Beard’ chegar com boas reservas energéticas quando as decisões propriamente ditas começarem, isto é, os playoffs da NBA.

Depois de na temporada passada terem ficado muito próximos de eliminar os Golden State Warriors nas Finais de Conferência, numa derrota por 3-4 em jogos após terem liderado por 3-2, perdendo assim uma excelente oportunidade

Os Rockets parecem estar a preparar-se para novo assalto ao poder em 2019 com a Betclic a avaliá-los em  11.00  para vencerem o Campeonato, surgindo apenas atrás dos favoritos GSW e dos dominadores da Conferência Este, os Milwaukee Bucks.

Deste modo, parece claro que caso Chris Paul e companhia se livrem de problemas físicos na fase decisiva da temporada os Houston Rockets terão de ser seriamente levados a sério no que respeita à decisão do título.

Será desta que James Harden consegue comandar a sua equipa até ao tão desejado troféu da National Basketball Association?

Creio que essa é uma possibilidade real, mas também estará sempre dependente do rendimento dos Golden State Warriors, pois quando os campeões estão a carburar são virtualmente imbatíveis e pouco há a fazer contra isso…

Conferência Este será uma luta a cinco

Se a Oeste temos uma classificação relativamente uniforme até ao oitavo classificado com todas as equipas seguindo perto uma das outras, o mesmo não sucede na Conferência Este onde temos claramente cinco equipas que se destacam das demais.

Com os Milwaukee Bucks  10.00  firmes no topo comandados pelo sensacional Giannis Antetokounmpo e os Raptors  11.00  a destacarem-se na vice-liderança, temos ainda uma interessante luta pelos lugares entre o terceiro e quinto. Ambas odds da Esc Online.

E porque razão pode ser fatal terminar no quinto lugar de conferência? Bem, isso irá retirar o fator casa à equipa que aí termine para a primeira ronda dos Playoffs.

irving celtics

Neste momento, são os Boston Celtics  20.00  que ocupam essa posição numa temporada que tem sido relativamente dececionante para eles tendo em conta a qualidade do seu ‘roster’.

Com Gordon Hayward de regresso à competição após dolorosa paragem por lesão, e Kyrie Irving, Al Horford, Jason Tatum ou Marcus Smart na equipa tudo indicava que pudessem estar na discussão do primeiro lugar da Conferência por esta altura

Porém tal não tem sucedido, com a equipa orientada por Brad Stevens a sentir dificuldades para dar sequência ao bom rendimento evidenciado na época passada.

Os Indiana Pacers seguem então na quarta posição, algo particularmente significativo uma vez que não contam com aquele que seria provavelmente o seu jogador mais influente, Victor Oladipo, há vários meses lesionado depois do mesmo ter contraído uma grave lesão que o afastará até final da temporada.

Ainda assim, o quarto lugar está preso por muito pouco e a tendência até poderá ser de perda desse lugar.

Na minha opinião, Boston tem maiores argumentos que Indiana – sem Oladipo – portanto suponho que os verdes acabarão por ter um ‘sprint final’ de fase regular que lhes permita garantir o fator casa, pelo menos na primeira ronda dos playoffs.

Na terceira posição da Conferência está outro peso pesado que pode perfeitamente entrar na luta pelo título da NBA.

Os Philadelphia 76ers aceleraram o seu processo de evolução de jovens jogadores com a contratação de Jimmy Butler a meio da temporada e poderá dizer-se que têm aquele que é provavelmente o cinco inicial mais próximo de rivalizar com o cinco dos GSW.

embiid

Combinar Tobias Harris, Joel Embiid, Ben Simmons, Jimmy Butler e J.J.Redick na mesma equipa é um luxo ao alcance de poucos e cabe ao treinador Brett Brown encontrar o equilíbrio entre esses cinco elementos a fim de potenciar uma boa força coletiva num conjuntos de jogadores recheados de qualidade individual.

Por outro lado, o seu banco de suplentes não pode ser propriamente considerado o mais forte dos prognosticos NBA pelo que caberá ao treinador gerir os tempos de jogo dos seus elementos mais influentes de forma a que a equipa não perca a sua intensidade no decorrer das partidas.

Trata-se de uma equação à qual os técnicos da NBA estão acostumados, mas será que isso pode permitir aos Sixers entrarem na verdadeira discussão do título?

Veremos, mas parece-me que pelo menos serão um osso muito duro de roer numas potencias semifinais de Conferência frente aos igualmente dotados Toronto Raptors.

Então e LeBron James, não entra nestas contas?

Verdade. King James voltará a falhar o acesso aos playoffs pela primeira vez desde 2004-05 quando tinha apenas 21 anos e era uma das grandes esperanças dos Cleveland Cavaliers.

Com pouco mais de dez partidas por disputar, os Los Angeles Lakers estão muito distantes do oitavo classificado e rival Los Angeles Clippers, e só um milagre os poderia qualificar para os playoffs numa conjugação de resultados praticamente impossível.

Após um começo de época prometedor, a lesão de LeBron James que o afastou dos courts por algumas semanas parece ter sido devastadora, pois contribuiu para o desequilíbrio da equipa que nunca mais se encontrou, mesmo após o seu regresso à competição.

Agora, é tempo de pensar na próxima época e nos eventuais reforços de que a equipa precisará a fim de poder imiscuir-se na luta pelos playoffs a Oeste…

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Telegram
50€ de Bónus
10€ de Bónus