San Antonio Spurs @ Miami Heat – NBA

Aposta Ganha / Prognósticos NBA e Basket / San Antonio Spurs @ Miami Heat – NBA

NBA
San Antonio Spurs
Deram um passo importantíssimo rumo à decisão da conquista do título de campeão ao ganhar o jogo 1, em Miami (92-88). Tendo em conta que com o actual formato das finais os Spurs, depois deste jogo 2 novamente na America Airlines Arena, têm no mínimo a hipótese de nem tornar a viajar até Miami e celebrar o título perante o seu público, na sua cidade, bastando para isso que ganhem os 3 primeiros jogos em casa, que acontecem todos de seguida, é sem dúvida uma vantagem a considerar na análise ao futuro campeão da NBA em 2012/13.

No primeiro jogo da eliminatória, assistimos a uma excelente partida de basquetebol, intensa, e com o equilíbrio a ser nota dominante durante todo o tempo regulamentar. Os Heat chegaram ao descanso na frente do mercador, depois do 9-2 inicial sofrido recuperaram e não mais estiveram em desvantagem. Até ao final do terceiro período, os Spurs conseguiram sempre manter-se por perto e terminaram esse quarto a perder apenas por uma posse de bola: 3 pontos. Na recta final, superiorizaram-se à equipa dos Heat, as principais estrelas da equipa da casa recusaram assumir o seu protagonismo e Tony Parker não se fez rogado, estando em grande nos momentos da decisão. Foi dele o cesto do triunfo, já com menos de 24 segundos para o final da partida. Sem isso, os Heat ficariam a 2 pontos e podiam levar o jogo a prolongamento ou mesmo ganhá-lo com uma jogada de 3 pontos.

Destaque para o excelente contributo de Tim Duncan (14 rst) e Kawhi Leonard (10 rst) na luta das tabelas, para os pontos marcados por Duncan (20) e Parker (21), numa noite onde nenhum elemento dos Spurs em particular se destacou especialmente na hora de atirar ao cesto. Imagine-se que os jogadores que terminaram com melhores percentagens de lançamento foram Tiago Splitter (50.0%, em 25 min) e Boris Diaw (100.0%, em 9 min).

> Miami Heat
Podem ter comprometido a sua luta pelo título da NBA nestas finais com a derrota no jogo 1, tal como já referi em sentido inverso na análise aos San Antonio Spurs. Ainda assim, a confiança da equipa de Miami já se fez notar, muito por intermédio dos mais crentes e principalmente dos seus fãs, que já relembraram que na última temporada os Heat também perderam o primeiro jogo contra os Thunder, em Oklahoma, e depois ganharam a série por 4-1 e, consequentemente, o título. De qualquer forma, os pupilos de Spoelstra sabem que já estão obrigados a ganhar pelo menos um jogo no Texas para poder discutir a eliminatória no seu pavilhão, caso contrário já nem tornam a jogar em casa e a decisão fica entregue aos Spurs de forma, digamos, precoce.

Já referi isto em cima, mas torno a repetir do ângulo da equipa de Miami. Entraram muito mal no jogo (sofreram logo a abrir um parcial de 9-2), mas recuperaram rapidamente e logo se colocaram no comando até ao último período. Aí, a defesa não funcionou muito bem e, pior, o ataque só conseguiu fazer 16 pontos. Nos momentos realmente decisivos, Lebron James e Dwyane Wade recusaram-se a assumir o seu estatuto de estrela e de jogadores que podem mesmo decidir uma partida. Na defesa, ninguém conseguiu parar os dribles desconcertantes de Tony Parker, que carregou a equipa às costas para a vitória.

Também os Heat neste jogo terminaram com uma percentagem de lançamento baixa (43.6%), em especial nos lançamentos de 3 (32.0%). O principal rendimento individual veio logicamente de Lebron James (18 pts, 18 rst, 10 ast), que até terminou com um triplo-duplo mas pontuou muito pouco para o seu habitual, até mesmo nestes playoffs. A título de curiosidade, a percentagem média de triplos acertados de Lebron na época regular passou dos 40.0% e neste jogo quedou-se pelos 20.0% (1-5). De resto, Dwyane Wade (17 pts), Chris Bosh (13 pts) e Ray Allen (13 pts) foram os elementos de maior realce nos lançamentos. O próprio Chalmers não conseguiu melhor que um 3-10 no total e 2-6 de triplos, em particular.

Jogo importantíssimo para as aspirações da equipa dos Miami Heat se querem conquistar o segundo título consecutivo de campeões. Perderam em casa e logo no primeiro jogo, curiosamente tal como já tinha acontecido contra os Chicago Bulls há duas rondas atrás nestes playoffs, e estão desde logo obrigados a ir ganhar a San Antonio para poderem jogar a decisão do título em casa e perante a sua massa adepta. Já os Spurs conseguiram um excelente resultado e já só dependem de si para poder festejar a conquista no estado texano.

Desde logo, acredito que este jogo 2 termine com percentagens de lançamento bastante mais aceitáveis, tendo em conta o excelente nível dos atiradores de serviço nas duas equipas (Duncan, Parker, Ginobili, James, Wade, Allen, Bosh), já que no jogo 1 essa foi claramente uma lacuna nas duas equipas, que terminaram com percentagens bastante inferiores ao seu normal durante a época regular. Os próprios 16 pontos feitos pelos Heat no último período são estranhamente anormais na equipa, logo no período da decisão. Sendo que para a linha que escolhi só ficaria a faltar um triplo ao último jogo e a aposta já seria devolvida, acredito que seja um tiro espectacular e muito difícil de ser perdido, ainda que nada neste mundo do desporto e em especial das apostas seja garantido.

Quanto ao desfecho final do vencedor, creio que Miami conseguirá impôr o seu jogo e fazer uma grande exibição, um pouco ao jeito do que fez, nas devidas proporções, no jogo 7 das semi-finais contra os Indiana Pacers, por se tratar de uma partida absolutamente decisiva nas aspirações da equipa. É certo que este jogo não é absolutamente decisivo, mas tendo 3 jogos seguidos para disputar em San Antonio sofrer o 2-0 em Miami já esta noite representaria que bastaria perderem 2 dos 3 jogos fora e o título estaria entregue.

Sendo este um cenário extremamente difícil de acontecer, na minha opinião, e o facto de os Heat na última partida só terem claudicado na parte final (muito por culpa do desaparecimento de Lebron e Wade das decisões, algo que não poderá tornar a acontecer nestas finais – e acredito que Spoelstra tenha trabalho essa parte do jogo das suas duas maiores estrelas), parece-me que o triunfo caseiro a pagar acima de 1,40 numa casa que habitualmente não escolho para as minhas picks é também uma excelente aposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Casas de Apostas
Solverde Apostas

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.

Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.