Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Semana negra para o futebol nacional além-fronteiras

Uma vitória, um empate e três derrotas: foi este o saldo da semana europeia das equipas portuguesas que claramente desiludiram tendo em conta o nível de adversários que tiveram pela frente.

Escapou um Leão sortudo

O único triunfo luso da semana foi pintado de verde e branco com o Sporting a bater o LASK Linz por 2-1 no Estádio de Alvalade, no entanto, foi preciso contar com uma enorme dose de sorte para que tal se tornasse realidade.

Semana negra para o futebol nacional além-fronteiras

A formação leonina foi totalmente dominada pelos austríacos durante cerca de 70 minutos de jogo, tendo o LASK desperdiçado uma enormidade de oportunidades de golo quando ainda vencia por 1-0, podendo assim ter resolvido a contenda antes da reação leonina.

O Sporting reagiu através de um pontapé de canto e, logo de seguida viria a dar a volta ao marcador após uma boa desmarcação e consequente finalização de Bruno Fernandes.

De qualquer modo, a formação vice-campeã da Áustria deixou excelente imagem em Portugal, ao contrário do renovado leão de Silas que sentiu dificuldades gigantescas para lidar com uma equipa que exerceu uma forte pressão junto à área leonina.

Precisam-se melhorias urgentes na equipa do Sporting, afinal este tipo de fortuna não se poderá replicar muitas vezes.

Braga traído na reta final

Os Guerreiros do Minho também não tiveram tarefa fácil perante um Slovan Bratislava de qualidade, no entanto, tiveram o jogo na mão e deixaram fugir com um autogolo de Bruno Viana muito perto do apito final.

Este foi um resultado frustrante para a turma de Ricardo Sá Pinto que poderia ter-se distanciado da concorrência no seu grupo. Destaque ainda para o golaço de Galeno que não merecia a traição do seu colega de equipa na fase final do encontro.

Os bracarenses partilham agora a liderança do seu grupo com o Slovan, ambos com quatro pontos, prontamente seguidos pelo Wolves com três após o seu triunfo na Turquia diante do Besiktas.

Dragão desastrado perde na Banheira

O Porto confirmou ser muito superior à formação holandesa do Feyenoord, mas tal não significou que tivesse somado três pontos na Banheira de Roterdão. Na verdade, perdeu por 2-0 após uma exibição onde cometeu vários erros defensivos impróprios de uma equipa que atravessava uma sequência de oito vitórias.

Mas o que mais impressionou neste desaire foi o número de oportunidades falhadas pela formação portuguesa, enviando três bolas aos ferros, atirando outras para fora e ainda permitindo várias defesas de elevado grau de dificuldade ao guarda-redes holandês.

Com isto, o grupo do Porto está muito curioso ao cabo de duas jornadas com todos os clubes somando três pontos em igualdade pontual.

Aparentemente, os Dragões têm recursos de sobra para sair com vida deste grupo, mas será crucial melhorar a finalização e apertar a malha em termos defensivos.

Vitorianos sofrem de problema crónico

O Vitória de Guimarães somou a segunda derrota por 1-0 nesta fase de grupos da Liga Europa. Uma vez mais, a formação vimaranense deixou boas indicações e até poderia ter marcado em mais do que uma ocasião, mas a sua eficácia na finalização continua a ser desastrosa além-fronteiras.

Na Bélgica, diante do Standard de Liège isso já tinha sido notório, assim como na partida de qualificação diante do FCSB em que só de penalti o Vitória conseguiu desbloquear o jogo, e ontem isso voltou a ser um problema que o treinador Ivo Vieira não parece conseguir debelar.

Com zero pontos ao cabo de duas rondas, e duas partidas diante do Arsenal nas próximas jornadas, tudo indica que o destino do Vitória na competição está traçado.

Benfica deu o mote com fraca exibição na Rússia

Esta trágica jornada europeia para os clubes portugueses começou a ser definida logo na quarta-feira quando o Benfica teve uma paupérrima exibição em São Petersburgo, perdendo por claros 3-1 frente ao Zenit de modo inteiramente justo.

A turma de Bruno Lage pareceu apática durante grande parte do encontro, estranhamente sem soluções ofensivas e revelando problemas na saída de bola que até originaram o primeiro golo da partida.

benfica derrota

Os encarnados seguem sem pontos na Liga dos Campeões após duas jornadas, e precisam puxar dos galões no duplo confronto com os franceses do Lyon nas próximas duas partidas.

Só a obtenção de pelo menos quatro pontos nessas partidas poderá reabilitar a formação encarnada na luta pela qualificação para a fase seguinte.

Tempo para reflexão

Se no caso do Porto, o motivo de reflexão terá mais a ver com aspetos de finalização e concentração defensiva, nos casos de Sporting e Benfica será importante refletir sobre o modo como as equipas vêm jogando em termos genéricos, pois ambos os sistemas apresentaram grandes debilidades nas partidas europeias de meio da semana.