Prognósticos para Apostas Desportivas Online - Aposta Ganha

Prognostico Shakhtar Dnk. vs Bremen – Taça UEFA

SUBSCREVER
370
33.28
+8.99 %
UNIDADES INVESTIDAS
SALDO
ROI

Taça UEFAJoga-se hoje em Istambul a última ediçaõ da Taça UEFA, prova que será susbstituida pela Liga Europa na próxima temporada. Werder Bremen e Shakhtar Donetsk tentarão então ficar na história como o último vencedor da competição. Duas equipa que também vêm nesta final a oportunidade de salvarem a época.

É a estreia de ambas na final desta competição.

Para os ucranianos trata-se mesmo da estreia em finais de competições europeias. Já os alemães tentaram vencer a sua segunda prova europeia, depois de vencerem a antiga Taça das Taças na época 1991/92 frente ao Mónaco no antigo Estádio da Luz.

A equipa do Shakhtar Donetsk tem sido juntamente com o Dínamo Kiev os grandes dominadores do futebol ucraniano, pós-União Soviética. Oriundo da antiga escola soviética o futebol ucraniano tem evoluído muito nos últimos anos, e tem sido dominado por estas duas equipas.

Esta temporada mais uma vez não fugiu á regra das anteriores, e novamente estas duas equipas vão terminar nos dois primeiros lugares. O campeão será o Dínamo Kiev, ficando o Shakhtar Donetsk no segundo lugar. Com o título perdido, mas com o apuramento garantido para a Liga dos Campeões, resta como consolação e objectivo vencer esta Taça UEFA.

A equipa do Shakhtar Donetsk chega a esta Taça UEFA oriunda da Liga dos Campeões, inserida no Grupo C, onde não se conseguiu superiorizar a Barcelona e Sporting, só conseguiu ficar na frente dos suiços do Basileia, e foi esse terceiro lugar que lhe valeu o apuramento para os dessaseis-avos-de-final desta última edição da Taça UEFA.

A partir daqui o percurso para a final foi feito sempre defrontando equipas cotadas, Tottenham, CSKA Moscovo, Marseille e Dínamo Kiev. Sempre com eliminatórias equilibradas, a excepção terá sido apenas a eliminatória com o Marseille. Em todas as eliminatórias há um factor de realce e comum a todas, que é a superioridade que a equipa tem demonstrado nos jogos disputados em casa, onde venceu sempre.

Mas esta final é disputada em um só jogo e onde as equipas terão de dar tudo. Será então um Shakhtar Donetsk forte este que terá de se apresentar em Istambul, e para a final será uma equipa praticamente na máxima força.

Apesar de ter um plantel constituido por muitos jogadores ucranianos, são os seus jogadores estrangeiros que têm constituido a espinha dorsal desta equipa. Como um onze assente nos cinco brasileiros da equipa, reforçados com o croata Darijo Srna, o mexicano Nery Castillo, o boliviano Marcelo Moreno ou o defesa checo Tomás Hübschmann. E será o checo o grande ausente da equipa para esta final, o amarelo que recebeu no segundo jogo das meias-finas afastou-o da final.

Os alemães do Werder Bremen têm tido uma temporada decepcionante, após cinco épocas sempre nos três primeiros lugares da 1.Bundesliga, chegando inclusivé a ser campeão, a equipa esta temporada anda pelo meio da tabela. Já sem aspirações a nada a equipa está no décimo lugar da classificação.

Têm sido confrangedoras algumas das exibições desta equipa do Werder Bremen na sua grande maioria ao longo da época. Oscilando entre alguns jogos onde até não jogou mal e uma grande maioria em que praticamente a equipa não jogou, tal a pobreza das suas exibições. E nem mesmo a presença na final da Taça da Alemanha, poderá amenizar o fracasso desta temporada.

Apesar da presença na final da Taça UEFA, a decepção não foi só na Alemanha, também a nível europeu para a equipa alemã esta final é uma pequena consolação. Eliminada da Liga dos Campeões, onde estava inserida num grupo francamente acessível para seguir em frente, a esta equipa só lhe restava tentar chegar o mais longe possível na Taça UEFA.

E o seu percurso para a final não foi fácil. Começando pelos italianos do Milan, passando por Saint-Etienne e Udinese para terminar nas meias-finais com os compatriotas do Hamburgo, a equipa do Werder Bremen deu quase sempre a sensação de que as eliminatórias estariam irremediavelmente perdidas, como com o Milan em que chegou a estar a perder por dois a zero em Milão no segundo jogo, no jogo da segunda-mão com a Udinese ou nos jogos das meias-finais em que parecia praticamente certa a sua eliminação aos pés do Hamburgo.

Nesta sua campanha europeia tem sobressaído o sector atacante da equipa, para mim o mais forte do plantel, quinze golos em oito jogos são factor de qualidade. Qualidade essa suportada em jogadores como Hugo Almeida, Claudio Pizarro e a sua grande estrela e também indiscutivelmente o seu melhor jogador o brasileiro Diego.

Só que os alemães enfrentam grandes dificuldades para esta partida. Com alguns lesionados importantes como o defesa Per Mertesacker e o médio dinamarquês Daniel Jansen que não conseguiram recuperar e ficarão de fora e com muitas dúvidas em relação á utilização de Naldo, Marcus Rosenberg e Pizarro, embora se espere que todos os três consigam alinhar de iníco esta partida. Mas as maiores ausências estão nos castigados Hugo Almeida e principalmente Diego, o brasileiro já tranferido para a Juventus, tem sido a principal figura da equipa e certamente a equipa irá ressentirsse da sua ausência. Será certamente uma equipa mais enfraquecida esta do Werder Bremen sem o brasileiro.

Penso que será uma final muito equilibrada, mas para mim com um ligeiro favoritismo para a equipa do Shakhtar Donetsk. Uma equipa quase sem ausências, apoioada no virtuosismo dos seus jogadores brasileiros e treinada por um treinador experiente e habituado a estes jogos, contra uma equipa demasiado enfraquecida devidos ás ausências de jogadores com muita influência na equipa. A ausência de Diego poderá ser a chave desta partida em favor dos ucranianos. Como tal a minha aposta vai para a vitória do Shakhtar Donetsk.

Prognóstico para ApostasQuotaUn.CasaEstado
Shakhtar Donetsk
2.65
5
perdida

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *