Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Sorteio do US Open favorece pretensões de Rafael Nadal

O Open dos Estados Unidos de tenis inicia-se já a 26 de Agosto (Segunda-Feira) e o sorteio da noite passada terá servido mais os intentos de Rafa Nadal do que propriamente de Novak Djokovic e Roger Federer – inseridos na mesma metade do quadro.

Forma e sorteio do lado do espanhol

Rafael Nadal será o tenista cuja forma e sorteio melhor estará adequada aos seus objetivos nesta fase. O jogador espanhol venceu com autoridade o Masters 1000 de Montreal há duas semanas numa demonstração de força, e decidiu não participar no torneio seguinte em Cincinnati, uma vez que já tinha testado o seu nível de jogo anteriormente, podendo assim descansar convenientemente antes dos esforços que terá de despender em Flushing Meadows.

nadal roma

 

Desse modo, a forma e condição física parecem estar perto do ideal, e agora o sorteio também trouxe notícias obviamente positivas para o espanhol visto que não está na metade do quadro dos outros dois grandes favoritos, Novak Djokovic e Roger Federer.

Rafa Nadal terá como principais ameaças Dominic Thiem, Alexander Zverev e Stefanos Tsitsipas, três jogadores da nova geração dos quais apenas o jovem grego já conseguiu uma boa campanha num GrandSlam de piso duro.

Assim, fica a ideia de que Rafa tem um caminho mais facilitado que os seus rivais até à Final, e a sua cotação atual de 3.40 nas casas de apostas para vencer o US Open representa algum apelo, até porque Nadal já venceu este torneio em três anteriores ocasiões, a última ainda em 2017.

Djokovic terá de suar para defender título

O grande favorito e atual detentor do título Novak Djokovic terá um percurso provavelmente mais exigente que o espanhol até à Final. O tenista sérvio está inserido na metade do quadro de Roger Federer e pode agendar uma semifinal de alto nível e exigência lá mais para a frente.

De qualquer modo, antes disso também poderá ser forçado a enfrentar o seu ‘carrasco’ em Cincinnati na semana passada, Daniil Medvedev nos quartos de final e esse está longe de ser um cenário ideal para ‘Nole’.

Neste momento, o tenista russo é um dos jogadores em melhor forma e ascensão no circuito ATP e tem de ser levado muito a sério pelos jogadores de elite. Medvedev evoluiu de tal forma que é apontado como quarto favorito à conquista do torneio com cotações de 8.50 na Betclic.

Além destes confrontos potencialmente escaldantes nas fases mais adiantadas do torneio, Djokovic pode ainda ter que defrontar um sempre perigoso Stan Wawrinka que, mesmo já não tendo a capacidade física de outrora, representa sempre uma ameaça se estiver num daqueles dias de inspiração.

Deste modo, olho para a cotação de 1.80 na Esc Online atribuída a Novak Djokovic para vencer o US Open pela quarta vez na carreira como um valor pouco atrativo, tendo em conta a provável dificuldade do seu percurso ao longo do torneio.

Pode ainda não ser desta para Federer

O maestro suíço não vence o Open dos Estados Unidos há dez anos, depois de ter vencido o torneio em cinco ocasiões consecutivas entre 2004 e 2008.

Neste período de interregno, ‘FedEx’ foi duas vezes finalista vencido, mas tem sentido dificuldades para estar recorrentemente nos momentos de decisão em Flushing Meadows.

Este ano, a sua presença na metade superior do quadro na companhia de Novak Djokovic estorva um pouco os seus intentos, pois o sérvio é bem mais temível em piso duro do que propriamente Rafa Nadal.

federer caiu

Na verdade, Federer até pode beneficiar de um percurso relativamente seguro até às Meias-Finais, no entanto, potenciais confrontos com Djokovic e Nadal consecutivamente podem ser demasiado para um veterano que já não tem a frescura e resistência de outros tempos.

Ele está avaliado em 5.50 para quebrar um jejum de 10 anos em Flushing Meadows, mas a sua missão não será nada fácil caso os restantes favoritos também façam a sua parte até à fase mais avançada do torneio.

Nick Kyrgios voltará a ser ‘outsider’ do torneio

Posso tornar-me repetitivo por insistir em Nick Kyrgios como potencial ameaça aos favoritos, porém não vejo nenhum tenista mais habilitado que ele a poder fazê-lo.

É certo que o australiano pode simplesmente perder a cabeça na primeira ronda e ser imediatamente afastado, mas o modo como já bateu os tenistas de elite nas mais diversas circunstâncias leva-me a pensar que, caso atinja as semifinais, pode perfeitamente surpreender Rafa Nadal mais uma vez.

Mas pode ele chegar tão longe no torneio? Essa é uma equação muito difícil de resolver tendo em conta que nunca podemos prever o que vai dentro daquela cabeça e a sua cotação de 16.00 para vencer o torneio seria tentadora se tivéssemos a certeza de que ele iria doar-se ao máximo no torneio, mas isso não é algo que nos possa ser garantido a priori.

Telegram ApostaGANHA
50€ de Bónus
50€ de Bónus
20€ de Bónus
Freebet de 10€