Desde 2001/02, último ano em que se sagrou campeão nacional em Portugal, que o Sporting não passava a quadra natalícia na liderança isolada da classificação do campeonato. Os “leões” de Rúben Amorim sofreram, mas ganharam ao Farense com um “penalty” polémico ao cair do pano e mantiveram a vantagem de dois pontos para o Benfica e de quatro para o FC Porto.

ÚLTIMA LIDERANÇA ISOLADA NO NATAL EM ALVALADE DEU TÍTULO

Em 2013/14, o Sporting passou a noite de Consoada empatado em pontos com o Benfica no 1.º lugar da tabela classificativa da I Liga, mas a última liderança sem mãos dadas remonta à época 2001/2002, há 19 anos, um ano desportivo que os adeptos leoninos recordam com muito carinho.

É que foi nessa temporada a última vez que o Sporting conquistou o título de campeão nacional, curiosamente na última ocasião em que os “leões” rugiam mais alto do que toda a concorrência no campeonato por altura da quadra natalícia.

Este ano, a entrada em 2021 no topo da classificação da Liga NOS estará dependente do que suceder na próxima jornada, dado que não existirá a pausa habitual no final do ano civil.

Ainda assim, a garantia de passar o dia de Natal como líder isolado já não escapa ao clube de Alvalade, que confirmou o estatuto com a vitória do último sábado, na receção ao Farense, por 1-0, com golo ao cair do pano através de uma grande penalidade.

Um lance que levantou, como de costume, muita polémica em Portugal, mas que, pela dúvida que gera e as opiniões que divide, se aceita de bom tom.

EXIBIÇÃO “DESINSPIRADA”, MAS O SPORTING CONTINUA A MOSTRAR TIQUES DE CAMPEÃO

O adjetivo foi utilizado pelo próprio Rúben Amorim, na conferência de imprensa de retrospetiva ao que se passou no jogo do último sábado frente ao Farense, um treinador maioritariamente lúcido nas palavras que utiliza e na forma como comunica.

Este último Sporting terá sido mesmo o menos eficiente desde a última pausa para os jogos internacionais, muito por culpa das exibições apagadas de peças como Pedro Gonçalves, João Mário ou Nuno Santos.

EXIBIÇÃO “DESINSPIRADA”, MAS O SPORTING CONTINUA A MOSTRAR TIQUES DE CAMPEÃO

Apesar de dominar a estatística da posse de bola forma esmagadora, a equipa verde-e-branca voltou a sentir dificuldades para desequilibrar o sistema defensivo do adversário, algo que já tinha sucedido contra o Famalicão, curiosamente um oponente que também abdicou, quase sempre, de uma pressão mais alta.

Esse desconforto resultou em poucas oportunidades claras de golo criadas pela equipa de Rúben Amorim, mas há um mérito que não se pode retirar a este Sporting: o de acreditar até ao fim e começar a dar sinais de uma mentalidade e caráter fortes.

É por via dessa atitude positiva que, em dia mais cinzento, o Sporting conseguiu ganhar um livre no último terço e colocar a bola na área, dando origem à falta de Defendi sobre Feddal, que resultou na grande penalidade, convertida de forma superior por Andraz Sporar.

DEPOIS DO NATAL, O SPORTING ENTRARÁ EM 2021 SOZINHO NO COMANDO DA LIGA NOS?

Tudo está dependente do que suceder na próxima jornada, que decorrerá, em razão de estar agendada logo nos dias seguintes à quadra festiva, entre o próximo domingo (dia 27) e terça-feira (29).

Com mais quatro pontos que o FC Porto, é apenas o Benfica que pode beliscar a entrada no novo ano civil na liderança isolada por parte do Sporting.

As águias enfrentam o Portimonense, em casa, num jogo que se prevê tão acessível (será mesmo?) quanto a odds de 1.23 da Betano pode indiciar.

TESTE DE FOGO CONTRA A MURALHA DEFENSIVA DE PETIT

Quem assistiu aos dois últimos jogos do Sporting no campeonato pôde ver que a equipa de Amorim tem dinâmicas e processos muito bem assimilados, mas pecou no quesito da criatividade ofensiva contra dois adversários que partilharam estratégias predominantemente defensivas, com o bloco baixo e as linhas bem juntas e compactas.

Ora, o expoente máximo dessa postura – ou lá perto – será o Belenenses, curiosamente o próximo oponente do líder da Liga NOS, que volta a entrar em campo no Estádio Nacional do Jamor (onde aplicou “chapa oito” ainda com Keizer no comando), no próximo domingo.

TESTE DE FOGO CONTRA A MURALHA DEFENSIVA DE PETIT

Nas principais casas de apostas, a vitória dos “leões” paga, nesta altura, a 1.52, umas odds sugestivas da tarefa complicada que o Sporting poderá encontrar, num terreno onde o Braga caiu recentemente e contra uma equipa que se bateu bem, na Luz, contra o Benfica.

A vitória do Belenenses está avaliada em 6.00, enquanto o Empate garante 3.90 por cada euro apostado.

Apesar da solidez exibida pela equipa de Amorim, que tem sido melhor que os principais rivais nas primeiras 10 jornadas da Liga NOS, o Sporting é, ainda, apenas o terceiro favorito à conquista do título, com odds de 3.75 na Betano para ser o próximo campeão português.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube e assiste aos nosso Podcasts de Apostas. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Canal de Telegram
CASAS DE APOSTAS LEGAIS
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a apostas desportivas online.
4,0 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis com o Código Promocional: apostaga
mais Bónus no primeiro depósito até um máximo de 100 euros.
3,0 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 100€ euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
3,8 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.
>