Apostas Online em Portugal – Aposta Ganha

Super Atalanta pode ter vantagem na Final da Taça de Itália

A Final da Coppa Italia será disputada esta Quarta-Feira, às 19:45, entre as formações da Atalanta e da Lázio de Roma.

Por um lado, parece claro que a Lázio tem maiores pergaminhos e experiência neste tipo de decisões, mas por outro, a Atalanta será provavelmente a equipa em melhor forma no país pelo que se espera um embate bastante emotivo e renhido.

Atalanta: A Fórmula de Gian Piero Gasperini

Se a Atalanta já tinha deixado bons sinais na época anterior sob o leme de Gian Piero Gasperini ao terminar na 7ª posição da Serie A e fazendo uma boa campanha na Liga Europa até ao momento em que encarou com o poderoso Borussia Dortmund, o que temos visto esta época é ainda mais excecional.

É certo que o afastamento na pré-eliminatória da Liga Europa às mãos do Copenhaga (dois empates sem golos e derrota nas Grandes Penalidades) terá deixado algumas marcas que demoraram a sarar, no entanto ainda estávamos numa fase embrionária da temporada onde os erros eram mais susceptíveis de acontecer.

Super Atalanta pode ter vantagem na Final da Taça de Itália

Mas o percurso da formação da Atalanta em termos domésticos tem sido realmente notável com particular destaque para o seu poderio atacante que os tornou no melhor ataque da Liga, à frente da Juventus de Cristiano Ronaldo ou do Nápoles de Dries Mertens.

Na Serie A, a Atalanta está numa magnífica quarta posição que lhe abre excelentes hipóteses de marcar presença na próxima Liga dos Campeões naquilo que seria um feito memorável para o clube.

Neste momento, a formação às ordens de Gasperini tem mais três pontos que o 5º classificado AC Milan, e com apenas duas jornadas por realizar é legítimo que alimentem fortes expectativas de atingirem esse bonito objetivo para o clube.

Regresso aos títulos ao virar da esquina

Esta Quarta-Feira, a Atalanta pode conquistar um título que lhe foge desde a temporada 1962-63 quando bateu o Torino na grande Final por 2-0. Desde então, o modesto clube da cidade de Bergamo não mais venceu esta prova tendo saído derrotado das Finais de 86/87 (frente ao Nápoles) e de 95/96 (frente à Fiorentina).

Agora, a oportunidade volta a surgir para a turma de Gian Piero Gasperini e o momento de forma não poderia ser muito melhor que este. A Atalanta chega a este decisivo embate diante da Lázio numa sequência de quatro vitórias na Liga, incluindo um triunfo de 1-3 no Stadio Olimpico precisamente diante da Lázio.

Estendendo um pouco a nossa linha de análise, a Atalanta não perde há 13 encontros em todas as competições, tendo registado nove vitórias e apenas quatro empates neste sensacional período de pujança.

tim cup

Por essa razão, as cotações para Vencedor da Taça de Itália estão a pender ligeiramente para o lado da Atalanta a 1.72 na Betclic face aos 1.82 da Lázio de Roma.

Em circunstâncias normais, a Lázio seria favorita neste tipo de encontro, no entanto os momentos de forma das duas equipas são muito distintos e podem influir claramente no confronto desta quarta-feira.

Duván Zapata tem sido a grande estrela da formação de Bergamo com 22 golos marcados na Serie A, mas tanto Josip Ilicic como Alejandro Gomez e Mario Pasalic têm tido importância decisiva no ótimo rendimento ofensivo da equipa pelo que o leque de ameaças atacantes desta formação é deveras assinalável e temível por parte da concorrência.

Lazio: Simone Inzaghi procura a felicidade à segunda tentativa

Como já referi acima, a Lázio tem sido presença assídua em Finais da Coppa Italia tendo vencido a competição em seis ocasiões e perdido no jogo decisivo noutras três.

Para que se tenha uma ideia, a formação romana tem sido presença constante nos momentos cruciais desta competição no passado recente. Desde 1998, a Lázio conquistou a prova em cinco ocasiões e ainda perdeu duas finais, isto é, esta será a sua oitava final em 21 anos.

Há duas temporadas, já com Simone Inzaghi ao comando da equipa, a Lázio foi derrotada na Final pela poderosa Juventus por 2-0 – com golos dos defesas Dani Alves e Leo Bonucci – e agora o ex-jogador do clube e técnico italiano procura retificar essa derrota frente a um adversário manifestamente mais acessível, embora igualmente exigente.

A temporada dos ‘Laziales’ tem sido francamente dececionante com a sua atual oitava posição na Liga a colocar a sua participação europeia em risco, embora seja igualmente provável que possam garantir esse passaporte via Copa de Itália.

Ainda assim, a campanha interna do clube na Liga Italiana ficou aquém das expetativas depois da equipa segurar as suas principais referência no verão.

lazio imobile

Ciro Immobile, Luis Alberto e Milinkovic-Savic são as estrelas desta equipa que tem sido demasiado irregular neste final de temporada, registando quatro vitórias, quatro derrotas e um empate nos seus últimos nove encontros em todas as competições, comprometendo assim o seu acesso à Europa via campeonato.

Na verdade, e depois de uma eliminação da Liga Europa frente ao Sevilha logo na primeira ronda após a Fase de Grupos, um título na Taça de Itália iria como que ‘salvar’ a temporada para Simone Inzaghi e companhia, mas estará a Lázio em condições de elevar o seu jogo e realizar uma grande exibição diante da sensacional Atalanta?

Para já, os mercados estão muito repartidos quanto ao vencedor desta Final. Na Bet.pt, a Lázio está cotada em 2.55 contra os 2.60 da Atalanta e os 3.20 pelo Empate no Tempo Regulamentar.

Estamos perante duas formações que têm no seu ‘ADN’ uma mentalidade atacante pelo que, regularmente estão dependentes da inspiração ofensiva dos seus homens da frente, e neste caso em particular, qualquer dos conjuntos tem jogadores de sobra para fazerem golos em partidas desta dimensão.

De qualquer modo, Duván Zapata do lado da Atalanta, e Ciro Immobile na Lázio serão os elementos sob os quais mais responsabilidade cai neste departamento.

Um golo do colombiano da Atalanta encontra-se cotado em 2.70 enquanto um golo do italiano da Lázio ronda os 2.40 na Esc Online.

Cristiano Ronaldo já prepara a próxima temporada

Quem deve permanecer em Itália por pelo menos mais uma temporada é o astro lusitano Cristiano Ronaldo. O atacante luso já prepara a próxima temporada com os responsáveis do clube no sentido de reforçar o plantel rumo ao grande objetivo da formação da Juventus: o título da Liga dos Campeões.

Com a permanência do técnico Max Allegri ainda em cima da mesa – Pep Guardiola é desejo do clube, mas difícil de realizar – o clube já identificou vários alvos no mercado sendo de destacar o jovem holandês Matthijs de Ligt, capitão do Ajax aos 19 anos de idade e garantia de qualidade e solidez para o centro da defesa italiana por muitos anos.

Além disso, a criatividade a meio-campo foi algo que faltou esta temporada e, nesse sentido Adrien Rabiot do PSG e James Rodriguez do Bayern de Munique parecem ser alvos bem definidos por parte dos dirigentes da Vecchia Signora, sendo que a peça-chave para um meio-campo mais versátil e imprevisível pode vir de Madrid, com Isco na porta de saída do Real e certamente bem-vindo em Turim para satisfação de Cristiano Ronaldo.

O defesa esquerdo Marcelo também é um desejo do português da Juventus, no entanto não têm surgido grandes novidades em relação a este tema nesta fase, provavelmente com o clube a aguardar por uma eventual venda de Alex Sandro que abra, definitivamente espaço para o talentoso lateral do Real Madrid ingressar no clube, voltando assim a reunir-se com o seu amigo Cristiano Ronaldo numa parceira que tão bons frutos deu num passado recente.

Portugal agradece falhanço na Liga dos Campeões

A inesperada eliminação da Juventus nos Quartos de Final da Liga dos Campeões às mãos do sensacional Ajax terá sido um grande golpe nas ambições de Cristiano Ronaldo na presente temporada, no entanto isto até pode beneficiar a seleção portuguesa que contará com a sua estrela na Liga das Nações perfeitamente descansada e compenetrada em dar o seu melhor pelo país.

Portugal está cotado em 3.00 para vencer a Liga das Nações na Betano cuja FinalFour irá decorrer em Portugal, mais propriamente no Norte do país, e com o seu melhor marcador de todos os tempos bem preparado para a competição é legítimo que Portugal cresça em confiança na perseguição a esse ‘novo’ troféu da UEFA.

Pela frente, Portugal enfrentará a Suíça nas Meias-Finais e, posteriormente o vencedor do aguardado embate entre as renovadas seleções de Inglaterra e Holanda.

uefa nations

Com o fator casa do seu lado, e poucos jogadores influentes na manobra da equipa de Fernando Santos envolvidos em grandes finais europeias neste encerrar de cortina na temporada, creio que Portugal tem aqui uma excelente oportunidade de conquistar o segundo troféu da sua história em provas de maior nomeada.

Após a inesquecível conquista do Euro2016 em França, a seleção das quinas aponta baterias ao sucesso na primeira edição da mais recente prova de seleções da UEFA, a Liga das Nações.

Cotações para vencer a Liga das Nações na Betano:

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *