Tour de France só em Finais de Agosto

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / Tour de France só em Finais de Agosto

A decisão ontem tomada pela organização da mais importante prova de ciclismo do planeta foi relativamente esperada tendo em conta que o governo francês já havia anunciado a suspensão de todos os eventos de larga escala até meados de Julho.

JOGAR PELO SEGURO, MAS MANTER A PROVA

A organização da Volta a França pela mão do seu diretor geral Christian Prudhomme, em conjunto com a União Ciclística Internacional anunciou ontem o adiamento da prova rainha do ciclismo mundial para 29 de Agosto e estendendo-se até 20 de Setembro.

Tour de France só em Finais de Agosto

Esta é uma decisão que já vinha sendo ponderada e que ganhou força após as declarações desta segunda-feira do presidente francês Emmanuel Macron em que anunciou que todos os eventos de larga escala seriam cancelados ou adiados até meados de Julho. Ora, com a Volta a França inicialmente prevista para ter início a 27 de Junho isto tornava a sua realização simplesmente impossível e os organizadores tomaram agora a decisão de manter a prova, mas noutra data mais adiantada.

Segundo o anúncio oficial do Tour de France, esta decisão foi tomada após conversas com todas as partes interessadas desde ciclistas, a equipas, passando pelos organizadores e patrocinadores, e em última instância, pela UCI. Com esta decisão, muitas equipas do World Tour terão respirado de alívio pois dependem fortemente da sua exposição durante a Volta a França para garantirem a sua sobrevivência e respetiva manutenção dos seus atuais patrocinadores.

Consciente da importância da prova para o ciclismo, foi com algum alívio que registámos a abertura da UCI para a remarcação da prova para finais de Agosto possibilitando assim um regresso aos treinos e à competição dos maiores ciclistas do pelotão internacional com vista à participação no mítico Tour de France daqui por mais de quatro meses.

IMBRÓGLIO COM LA VUELTA

No meio de tudo isto, também a Volta a Espanha terá de ser reagendada uma vez que as datas agora indicadas pela Volta a França iriam coincidir com a competição espanhola. Assim, a organização da prova espanhola, juntamente com a UCI deverão decidir-se por atrasar La Vuelta para o mês de Novembro numa data muito atípica que deverá trazer o frio ao pelotão.

Mas conforme é detalhado numa peça do jornal ‘El Mundo’, nada faz sentido no ciclismo internacional sem a Volta a França, portanto também a Volta a Espanha precisa de se readaptar para potenciar que as três grandes voltas possam ir para a estrada este ano.

E com o Giro D’Italia potencialmente acontecendo em Outubro, a Volta a Espanha deverá encerrar uma temporada muito estranha, mas que, ao que tudo indica manterá as suas três mais importantes competições, além dos Mundiais de Ciclismo que devem ocorrer imediatamente a seguir ao término do Tour de France.

Confuso? É, eu também. Esperemos que este ‘atabalhoado’ calendário que tem sido projetado possa ao menos ser aplicado em parte, pois tal significaria que teríamos algum ciclismo até final do ano.

FUTURO DAS EQUIPAS EM CAUSA

As equipas de ciclismo são altamente dependentes dos seus ‘sponsors’ que apostam na exposição mediática das suas equipas para promoverem a sua marca junto do telespectador. Ora, se não tivéssemos a realização das três Grandes Voltas em 2020 grande parte dos patrocinadores poderia perder o interesse em seguir patrocinando as suas equipas e tal colocaria em causa a sobrevivência de boa parte das grandes e pequenas equipas do pelotão internacional.

Foi também com isso em mente que a organização da Volta a França nunca atirou a toalha ao chão, avisando que tudo faria para proteger os interesses da modalidade sem com isso descurar a saúde dos atletas e espetadores.

Com a perspetiva de que pelo menos o Tour de France e a La Vuelta vão para a estrada até ao final do ano, boa parte das equipas terá respirado de alívio e colocado mãos à obra no sentido de delinear um novo calendário de preparação para os seus melhores atletas com vista a chegaram a essas grandes provas na melhor forma possível atendendo às circunstâncias.

VOLTA A PORTUGAL PODE GANHAR COM REAJUSTE

Curiosamente, a Volta a Portugal – agendada para 29 de Julho e até 11 de Agosto – poderá ser bafejada pela sorte uma vez que deverá ter condições de ir para a estrada em condições normais.

Se tal for possível, e tendo em conta que a Volta a França se inicia no final do mês de Agosto, existe mesmo a possibilidade de alguns ciclistas poderem participar na competição nacional como preparação para a Volta a França, aumentando assim a exposição mediática do maior evento de ciclismo nacional. Tudo isto não passa de suposições por estes dias, mas olhando com alguma profundidade para o assunto, essa hipótese pode mesmo ganhar força.

Gostastes do nosso conteúdo? então regista-te no nosso canal oficial no Youtube. Além disso, entra em nossas redes sociais como o Instagram e Twitter para se manteres bem informado.

Um sitio perfeito para receberes tudo do AG é o canal no Telegram. Também no chat podes conversar com mais de 2.500 apostadores ao vivo sobre as melhores apostas. Se estas a procura dos Pros acede também os Tipster Profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




CASAS DE APOSTAS LEGAIS
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a apostas desportivas online.
4,0 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis com o Código Promocional: apostaga
mais Bónus no primeiro depósito até um máximo de 100 euros.
3,0 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 100€ euros.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
3,8 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.