Transformei 300$ em mais de 100,000$ eis a minha história

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / Transformei 300$ em mais de 100,000$ eis a minha história

Hunter S. Thompson disse em tempos “Há muitas lições a tirar da experiência das apostas, mas a mais dura delas todas é a diferença entre diversão e inteligência.”
Foi na noite de 21 de Setembro, a caminhar para as primeiras horas de 22 de Setembro. Eu depositei 300$ dos últimos 600$ que eu tinha na minha conta numa das casas de apostas. Nesse momento eu pensei duas coisas. Uma delas foi: “Porque não consigo impedir-me a mim próprio? Eu acabei de perder. Porque estou a fazer isto de novo?” A outra?

Transformei 300$ em mais de 100,000$. eis a minha história

“A minha estratégia funciona. Eu sei que sim. Apenas tive azar.” Isso é o que acontece ao apostar.

Transformei 300$ em mais de 100,000$

Mas após apostar em mais de 200 jogos no último mês, eu ganhei mais de 100,000$.

Não me consigo recordar exactamente quando comecei a apostar. No passado, era apenas um divertimento. Depositava 20$ e torcia para que ganhasse. Se fosse um jogo renhido, o nervosismo começa a aumentar e começas a tremer e a pedir a qualquer que seja o Deus em que acreditas.

Nesse momento, estás sinceramente a dizer que irás começar a rezar de novo ou que fazes qualquer coisa se a tua aposta for vencedora.

Quando perdes, o teu dia está arruinado. Quando ganhas, é orgásmico. Mas para mim, foi só em Julho deste ano que se tornou numa coisa completamente nova.

A minha estratégia era simples: Apostava tanto quanto tinha na minha conta em coisas que tinham fortes probabilidades de acontecer. Raramente apostava em handicaps, apostava maioritariamente em money lines (ou em vitórias simples).

Estava a apostar maioritariamente em eventos ao vivo. Quando uma equipa ou jogador já estava com uma vantagem significativa, eu apostava muito para ganhar muito pouco.

Outras vezes, eu apostava antes do início do jogo. Tudo dependia de quando o valor certo se apresentava.
Por exemplo, os NE Patriots jogavam em casa contra os Jaguars na Week 3 da temporada de 2015 da NFL. A moneyline estava a 1.10 (O que significa que teria de apostar 1000$ para ganhar 100$) e eu ainda assim pensei que tinha valor.

Eu apostei 9592.52$ para ganhar 913.57$ sabendo que o valor nunca chegaria perto de 1.10. Seria preciso os Jaguars estarem à frente por 2 touchdowns. A esse ponto, as odds dos Patriots estariam perto dos 2.00, que significaria que se apostasse 100$ ganharia 100$, e eu apostaria neles nesse caso de qualquer maneira.

Eu sei o que estão a pensar: “Wow, tu és louco. Isso é imenso dinheiro.”

O meu contra-argumento: “Em que mundo é que tu pensas que os Jaguars poderiam ter ganho aquele jogo?”

Eu chamo a isto uma aposta seguríssima. Eu apostaria tudo o que eu tenho nos Patriots a ganhar porque não havia hipótese nenhuma de uma equipa liderada por Tom Brady perder em casa contra os Jaguars.

Ao ir para este jogo, os Patriots estavam 91-15 nos jogos em casa em que Tom Brady jogou. Mesmo que Tom Brady se lesionasse e Jimmy Garoppolo entrasse, eu ainda favorecia os Patriots na mesma.

Patriots

A ideia desta estratégia não era ganhar a sorte grande, mas ganhar um pouco e deixar essa quantia continuar a aumentar com ao longo do tempo.

Eu comparo-o ao estilo atacante dos Kansas City Royals em 2014 e 2015, que batiam singles a torto e a direito e ganhavam jogos dessa forma.

Eu acho adequado o facto de ter usado algum do dinheiro que ganhei para comprar bilhetes para o Jogo 5 das World Series, no jogo em que eles ganharam contra os Mets e se tornaram campeões. Apesar do seu estilo não ser impressionante ou apelativo, é metódico e funciona.

Eu ganhei e perdi apostas que tiveram um impacto significativo na minha banca, mas as vitórias e derrotas ajudaram-me a evoluir como apostador. Visto que muitas das minhas apostas eram para ganhar valores pequenos, não eram tão excitantes como aquelas em que ganhei milhares de dólares de uma só vez.

Quero realçar que, mesmo com sucesso, ainda admito que tinha/tenho um vício de jogo. Eu digo tinha porque pelo menos agora eu posso parar e avaliar quando quero e não quero apostar.

Durante aquela senda, eu não parei durante 3 semanas. Acordava e apostava durante o meu percurso para o trabalho.

Chegava a casa e começava a apostar novamente, continuando até à meia-noite ou até mais tarde. Eu fazia isto todos os dias. Apostava algumas vezes no trabalho e jurava nunca mais apostar lá porque claramente afectava a maneira como eu trabalhava, mesmo que o fizesse durante a pausa de almoço.

Toda a gente que sabia disto pensava que eu tinha um problema e mostrava preocupação comigo.

Eu tive uma sorte incrível em conseguir o que consegui. Eu poderia ter perdido tudo e ter-me metido num enorme buraco financeiro.

Eu podia ter continuado a mentir às pessoas à minha volta e ter continuado a ser desonesto sobre quanto eu ganhava ou perdia. Eu podia seriamente ter prejudicado as minhas finanças para os meses e anos seguintes da minha vida.

Se estás a apostar por lazer e com dinheiro que te podes dar ao luxo de perder, não há problema. Se estás a apostar porque queres trabalhar em direção a um objetivo financeiro, para imediatamente. Por ti próprio e por todos os que estão à tua volta.

É mais fácil para mim dizer isto agora, mas acredita em mim, não vale a pena. Eu quero que tu percebas que não estou a partilhar uma estratégia para ficar rico rapidamente. Apenas estou a partilhar a minha história.

Dito isto, vamos começar então com as minhas 5 piores perdas?

5) Quando aprendi a gerir a minha banca – Real madrid vs málaga – perdi 5.560$

Relativamente a outras perdas, esta pode parecer pequena, mas nunca me irei esquecer dela. Esta aposta apareceu no início da minha sequência e eu fiquei sem 13.000$ em ganhos.

Eu estava a transbordar de confiança. Após alguma pesquisa, eu tinha bastante fé no Real Madrid para ganhar ao Málaga em casa, no Santiago Bernabéu. O histórico entre eles neste confronto sugeria que o Real Madrid conquistaria os 3 pontos pela La Liga.

Nesse jogo, o Málaga teve uma expulsão e foi reduzido a 10 jogadores. O Real Madrid domino a posse de bola com 69.3% comparado com os 30.7% do Málaga e Cristiano Ronaldo foi muito ativo com 14 remates efetuados.

zidane

Contudo, apenas dois foram à baliza. Isso resume o tipo de dia que foi. O Real Madrid acabou por empatar 0-0 com o Málaga.

Eu pensei realmente apostar toda a minha banca neste jogo. Apostei 5.560$ no Real Madrid para ganhar e depois o resto neles para ganhar ou empatar.

Já que foi um empate, a minha aposta foi devolvida e eu recebi o meu dinheiro de volta. Nesse momento exato, eu apercebi-me de que a minha estratégia não era infalível e que eu podia perder a qualquer momento.

Eu comecei a apostar com um pouco mais de cuidado.

4) Quando perdi porque não fiz a minha pesquisa – Northwestern +8/+9.5 contra Michigan – perdi 11.226$

Para aqueles que não percebem os handicaps, Northwestern +8 significa que o Northwestern tinha de perder por 7 ou menos ou ganhar para que eu ganhe a minha aposta. Se perderem exatamente por 8, eu recebo o meu dinheiro de volta.

Se perderem por 9 ou mais, a minha aposta é perdida. Por outro lado, Michigan -8 significa que eles teriam de ganhar por 9 ou mais para que eu ganhasse essa aposta.

A defesa de Michigan era forte. No jogo de abertura, eles permitiram 24 pontos fora de casa no Utah. Nos próximos 5 jogos, eles permitiram um total de 14 pontos.

Michigan fez logo o return no pontapé de saída, conseguindo o primeiro touchdown e o jogo estava praticamente acabado depois disso. Northwestern perderam toda a energia e a equipa de Michigan estava elétrica.

A equipa de Northwestern não conseguiram começar a carburar no ataque e os Wolverines atropelaram a defesa dos Wildcats que supostamente era sólida. O jogo nem sequer foi renhido e a equipa do Michigan ganhou 38-0.

Ainda não sei como me convenci a mim próprio de que esta era uma aposta segura. Jim Harbaugh era um dos meus treinadores favoritos ainda pro cima, não sei mesmo porque apostei contra ele.

3) Quando coisas imprevisíveis acontecem porque estamos a falar de desporto – TENNESSEE vs georgia – perdi 16.500$

Eu tinha escolhido Georgia para vencer contra Tennessee. Eu pensava que o handicap Georgia -3 era exagerado após o massacre que os Bulldogs tinham sofrido contra Alabama na semana anterior.

Eu estava extremamente confiante, especialmente tendo o running back promissor Nick Chubb do meu lado.

Lamentavelmente, na primeira jogada, Nick Chubb sofreu uma lesão que pôs fim à sua temporada.
Georgia conseguiu manter o jogo renhido e estava em vantagem ao intervalo, mas Tennessee tinha todo o “momentum” e acabou por ganhar 38-31.

2) Quando deixei as minhas emoções tomarem conta de mim – CIBULKOVA VS. SUAREZ NAVARRO – PERDI 26.003$

Dominika Cibulkova é uma das minhas jogadoras favoritas do ténis feminino. Apesar de ter caído para fora do top-10 desde que se lesionou, Cibulkova ainda é interessante de ver. Ela tem um estilo de jogo muito agressivo e ofensivo.

Mesmo quando está a perder, ela parece estar sempre com o controlo do jogo e o resultado do encontro depende do facto de ela conseguir ou não limitar os seus erros não forçados. O facto de ela ser bastante atraente é também um bónus.

A Cibulkova nunca tinha perdido contra Suarez Navarro nos seus 3 encontros anteriores, por isso eu estava razoavelmente confiante.

cibulkova

Cibulkova estava a liderar 3-0 no primeiro set, mas acabou por perdê-lo 6-4. Apesar de ela ter perdido esse primeiro set, a minha parcialidade levou-me a acreditar que ela iria dar a volta ao jogo e por isso apostei novamente nela para vencer o segundo set.

Ela acabou por perder esse set por 7-5 e o encontro por 2-0.

É muito fácil ser convencido em apostar em alguém porque achamos que eles são grandes atletas. Contudo, não podes deixar que isso afete a tua maneira de apostar ou os valores que apostas nesse evento. Nunca se sabe quando eles vão estar num mau dia ou ter de jogar um “match-up” desfavorável. Por exemplo:

1) Quando aprendi a minimizar os impulsos – Federer vs. Ramos-Vinolas – perdi 39.800$

Antes deste jogo eu tinha perdido quase 8.000$ nos Chargers porque o treinador dos Steelers Mike Tomlin decidiu arriscar tudo da linha de 1 jarda com 5 segundos no relógio quando estavam a perder por 3. Le’Veon Bell pegou na bola e correu até a end zone para dar a vitória à equipa de Pittsburg.

Logo a seguir a essa derrota, eu procurei potenciais apostas em ténis para a manhã seguinte. O jogo selecionado foi Roger Federer contra Albert Ramos-Vinolas. Eu pus o meu relógio para despertar de manhã cedo.

O meu alarme toca às 6 da manhã e eu vejo que Federer estava no tie-break do primeiro set. Eu apostei 3.125$ e iria ganhar 500$ se ele ganhasse esse primeiro set.

Acordei para assistir ao tie-break e vi Federer a perdê-lo.

“Ele pode ter perdido o primeiro, mas é impossível ele perder o segundo set.”

federer caiu

Eu apostei imediatamente 3.750$ para potencialmente ganhar 500$ se Federer vencesse esse segundo set. Decidi que podia voltar a dormir, acordar às 7:30, preparar-me para o trabalho e ainda apanhar o 3º set.

“OK, o Roger pode não estar a jogar o melhor jogo da sua vida, mas ele tem o momentum e ele é muito melhor que o Ramos-Vinolas. Quer dizer, o Ramos-Vinolas nunca ganhou sequer um set contra um jogador do top-10 num encontro ATP.”

Eu carreguei no 3º set. Eu apostei várias vezes seguidas em Federer para ganhar o set. Eu estava pronto para apostar todas as poupanças que tinha nele. Quando chego quase aos 47.000$, eu finalmente estabeleço um limite a mim próprio.

“Foste demasiado longe. Lembra-te do que disseste a ti próprio quando chegaste aos 45.000$: isto é o que vais levantar independentemente de tudo.

Isso é dobrar o teu salário anual. Isso paga todo o dinheiro que pediste emprestado. Esta quantia de dinheiro vai libertar-te.”

Eu respeitei o que a minha consciência me disse e não apostei mais. 39.800$ era suficiente.

O terceiro set foi composto de jogos de serviço sempre ganhos pelos servidores, sem qualquer break, até que Ramos-Vinolas chega ao 4-3. Federer fica então 40-15 atrás, depois 40-30 e depois o impensável aconteceu:

O Nº 70 nos Rankings ATP quebrou possivelmente o melhor jogador de ténis da história. O oponente de Federer não era o Nº1 mundial Novak Djokovic, mas naquele dia era como se fosse.

Eu considerei apanhar um táxi até à Union Square só para assistir ao resto do encontro no meu telemóvel.

“Não posso. Custaria demasiado dinheiro e demoraria muito mais do que o comboio, o que me faria chegar atrasado ao emprego.”

Eu entro no metro.

Os 30 minutos seguintes fizeram-me pensar muito.

Por favor, Roger. Eu preciso disto.

Por favor, Roger. Eu preciso disto.

Se ele perder, talvez isto seja uma boa altura para parar.

Mas ele não vai perder. E se ele quebrou de volta, empatou o jogo e depois levou-o para o tie-break? Simplesmente aceita o teu destino. Tu viste enquanto ele foi superado no 3º set.

Ainda há esperança.

Bem, o que vais fazer se ele perder? A minha mente varreu-se totalmente.

Eu saí na Union Square e o meu maior medo tornou-se realidade: Federer tinha perdido 6-3 no terceiro set contra Ramos-Vinolas numa das maiores surpresas que eu já tinha visto.

Houve tantas vezes durante esta sequência em que eu sabia que devia ter parado e levantado o dinheiro. Após esta derrota, eu disse que ia tirar um mês de “férias”. Não apostei durante alguns dias, mas depois acabei por ceder à tentação. De acordo com a minha estratégia, há sempre um favorito enorme todos os dias e é muito difícil resistir.

Continuei o meu caminho e experienciei algumas das maiores vitórias da minha vida a nível de apostas.

5) quando me aproveitei de uma linha – ROYALS/METS Jogo 3 – Acima de 6.5 – apostei 5.500$, ganhei 5.000$

Nas apostas desportivas é fundamental apanhar linhas que na nossa opinião estão mal ajustadas e tentar lucrar com elas.

Eu tinha várias razões para justificar esta aposta em particular.

Primeiro, quem tinha visto a post-season da MLB em 2015 sabia que o “Over” no total de runs tinha sido bem-sucedido muito frequentemente.

Segundo, a linha de 6.5 era muito baixa. Isto significa que ambas as equipas tinham de ter um número combinado de 6 runs ou menos para esta aposta perder. Em média um jogo da MLB costuma ter a linha total definida nos 7 ou 8.

Os únicos jogos que deveriam ter uma linha tão baixo como 6.5 são jogos com pitchers como Clayton Kershaw, Zack Greinke,

Jake Arrieta, e outros candidatos ao “Cy Young Award”. Estes pitchers seguram os seus oponentes em números baixos de runs e nessa altura a questão é simplesmente saber se a equipa deles consegue fazer o resto dos runs (i.e., se Jake Arrieta consegue anular os Dodgers, será que os Cubs marcam 7 runs? Se sim, apostar no “over”.

Caso contrário, apostar no “Under”

A maioria dos jogos dos Padres em casa têm um número total de runs abaixo de 7 também porque o seu estádio é construído de uma maneira que favorece os pitchers.

Noah Syndergaard e Yordano Ventura são bons, mas não são candidatos ao “Cy Young Award” e eles não estavam a lançar em San Diego nessa noite.

Syndergaard estava a lançar em casa contra Ventura, que é quando Noah consegue o seu melhor desempenho. O ERA de Ventura não era propriamente o melhor.

Para além disso, o Noah Syndergaard é um “fastball pitcher”, o que significava que os Royals iam ter um bom dia. De acordo com Bem Linderbergh, os Royals tinham uma vantagem de 0.292 em média contra “power/fastball pitchers” em 2015.

baseball Royals

Ainda por cima, nunca se sabe quando os Royals vão encarrilar uma série de hits em sequência e abrir o jogo a meio.

Eu estava num concerto do Gary Clark Jr. nessa noite e lembro-me de a aposta estar ganha no final do terceiro inning.

Comprei imediatamente uma rodada para todos os meus amigos. Nessa altura os Mets estavam a ganhar por 4-3 e acabaram por ganhar esse jogo, o único da World Series, por 9-3.

4) quando estava do lado certo de uma decisão errada – SEAHAWKS VS. LIONS – apostei 25.609$, ganhei 5121$

Se és um fã da NFL, tu viste este lance vezes suficientes para eu nem sequer ter de falar sobre ele. Se não, podes ver aqui.

O meu coração estava a bater furiosamente no último drive dos Lions. Quando o quarterback Matthew Stafford atirou a bola para a vedeta Calvin Johnson na red zone, o meu coração congelou momentaneamente e pensei que estava prestes a perder perto de 26.000$.

Até que Kam Chancellor, o forte safety dos Seahawks, arrancou a bola das mãos de Calvin Johnson na linha de 1-jarda.

A minha reação imediata?

“VAMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOSSSSSSSSSSSSSS!!!!!!!”

O desastre que se seguiu por causa do touchback resultante foi hilariante.

Ninguém sabia qual tinha sido a decisão correta até ao final do jogo. Eu não queria saber se os Seahawks tinham acabado de se safar com mais um uma decisão controversa numa Segunda Feira à noite.

Tudo o que eu pensava era que me tinha safado de boa e que tinha ganho mais de 5.000$. Eu devo ter visto o episódio de SportsCenter daquela noite umas três ou quatro vezes.

Outra vez em que estive no lado certo de um erro da arbitragem foi quando Memphis jogou em Cincinnati numa quinta feira à noite num jogo de futebol americano da NCAA. Palavras não são suficientes para descrever essa jogada. Podes assistir aqui no YouTube.

3) quando apostar no favorito funcionou a meu favor – BRONCOS @ BROWNS – Apostei 28.764$, ganhei 16.920$

BRONCOS @ BROWNS

Eu considero esta uma das apostas mais sortudas que ganhei na minha vida.

Os Browns eram underdogs em casa e levaram os Broncos até overtime. Peyton Manning foi terrível durante o jogo todo exceto num passe para touchdown para Emmanuel Sanders.

Sabem quem foi pior que Peyton Manning?

Josh McCown, o quarterback dos Browns.

Depois de Manning ter atirado uma interception para Barkevious Mingo, o linebacker dos Broncos, no território dos Broncos no primeiro drive do overtime, os Browns só tinham de correr com a bola três vezes, marcar um field goal, e ganhavam o jogo.

  • No 1º down, eles correram com a bola e perderam jardas. Os Browns ainda tinham esperança, com a bola na linha de 42 jardas do lado dos Broncos.
  • No 2º down, McCown foi placado pela melhor defesa da liga para uma perda de 8 jardas. Os Browns tinham a bola a meio-campo e era 3º down com 21 jardas para percorrer.
  • No 3º down, McCown foi placado novamente, perdendo duas jardas!

Os Broncos recuperaram a posse de bola e Manning liderou a equipa num drive de 13 jogadas, 72 jardas para preparar uma tentativa de field goal que seria marcada por Brandon McManus. Ele converteu com sucesso e os Broncos saíram de Cleveland com a vitória, por 26-23.

Eu acho mesmo que só ganhei esta aposta porque a defesa dos Broncos era realmente boa e porque Peyton Manning ainda conseguia canalizar a sua qualidade fantástica da época regular quando era preciso.

2) quando fui atrás do momentum – várias apostas em jake arrieta, nos patriots e nos packers – apostei muito, ganhei muito

Apostei em Jake Arrieta cada vez que ele jogou após o seu jogo histórico fora de casa contra os Dodgers no dia 30 de agosto.

Ou melhor, até que ele enfrentou os Mets na postseason – eu não queria que as apostas prejudicassem a minha experiência de ver o jogo ao vivo.

Jake Arrieta Eu faria maioritariamente apostas para os primeiros 5 innings (equivalente a apostar na primeira metade de um jogo de futebol ou basquetebol) porque eu não estava tão confiante no resto do bullpen de Chicago para lançar tão bem como Arrieta lançava.

Eu também arriscava nos Cubs -0.5 nos primeiros 5 innings (para liderar por mais do que um run no final dos primeiros 5 innings) porque sabia que ele não permitiria um run e que dependia só de quantos runs é que o ataque dos Cubs conseguia faturar.

Eu também apostava nos Packers e nos Patriots em praticamente todos os jogos dessa época. Sempre que jogavam em casa, apostava neles.

As estatísticas eram tão favoráveis a Aaron Rodgers e Tom Brady que era essencialmente dinheiro “de borla”. Rodgers está 46-10 em casa ao longo da sua carreira e, como mencionei anteriormente neste artigo, Brady está 91-15 em casa na sua carreira.

Eu vou atrás destas tendências até que elas deixem de se verificar, como quando os Packers perderam inexplicavelmente em casa contra os Lions na Week 10.

Nessa altura, perdi bastante, mas até lá, as coisas tinham corrido sempre bem.

“Se foi lucrativo para mim até agora, porquê parar?”

1) A melhor vitória da minha vida de longe – SPURS 1ºQuarto @ WIZARDS- apostei 12.120$, ganhei 8.000$

Eu estava bastante hesitante antes de fazer esta aposta porque os Wizards são a minha equipa favorita da NBA. Eu sei que eles jogam sempre muito bem no primeiro quarto, quebram no segundo e terceiro e depois acabam em força no quarto.

Contudo, confiei na tendência dominante dos Spurs no 1º Quarto na mesma.

Washington Wizard O jogo começou bastante mal para a minha aposta e os Wizards tinham uma vantagem de 7-0 com 1:26 decorrido no jogo, graças a um triplo de Bradley Beal.

O treinador dos Spurs Gregg Popovich viu as coisas a fugirem de controlo desde cedo e pediu um timeout.

Algumas jogadas depois, Tony Parker sacou uma falta e acertou os dois lances livres. 7-2 para os Wizards.

Depois começou a pior sequência de basquetebol que eu já vi por parte dos Spurs. Danny Green falhou um triplo, Kawhi Leonard falhou um triplo, Tim Duncan fez falta sobre Otto Porter Jr., Tony Parker falhou um lançamento, Danny Green falhou outro triplo e Kawhi Leonard falhou outro lançamento.

Durante este tempo, os Wizards continuaram a marcar. O marcador estava 19-2 a favor dos Wizards com 7:09 para jogar no 1º Quarto.

Todos as emoções começaram a vir ao de cima. Aquele sentimento de perder muito dinheiro. De me convencer que está tudo bem para continuar a apostar. De secretamente me afundar numa depressão incurável até ao fim da noite e da manhã seguinte. Pelo menos até ganhar outra aposta.

Continuei a ter esperança.

“Faltam 7 minutos para o final do quarto. Normalmente há 3 posses de bola por minuto. Isso significa que há um total de 21 posses de bola ainda. Os Spurs têm 11, os Wizards têm 10. Ainda podem virar isto.”

Com 11 posses de bola, se tudo corresse bem, os Spurs ainda podiam marcar à volta de 22 pontos se conseguissem inverter as coisas. Isto também ia requerer que os Wizards falhassem todos os seus lançamentos.

Os 7 minutos seguintes são algo que nunca irei esquecer.

Leonard acertou um lançamento, Kris Humphries dos Wizards falhou um triplo, Duncan apanhou o ressalto, Parker acertou um lançamento, Humphries falhou outro triplo, Duncan apanhou outro ressalto, LaMarcus Aldridge afundou e Tony Parker fez uma falta.

“19-8. 5:27 até ao final do quarto. Cerca de 16-17 posses de bola ainda. 9 para os Wizards, 8 para os Spurs.”

Nesta altura, os jogadores do banco começam a entrar. Tinha mais fé no banco dos Spurs do que no dos Wizards. Kawhi, Aldridge, Boris Diaw, Manu Ginobili e Patty Mills estavam a jogar contra Beal, Ramon Sessions, Nene, Gary Neal e Drew Gooden.

“Aqui vamos nós.”

Um minute passa e nenhum ponto é marcado. Cada lançamento falhado a partir daqui doía um pouco mais do que no início do quarto. Até que…

Leonard acerta um fadeaway, Beal falha um triplo, Aldridge faz uma assistência para um triplo de Kawhi e timeout para os Wizards.

timeout para os Wizards

«

“19-13 com 3:51 para jogar. Seis posses de bola para os Wizards, Seis para os Spurs. Isto. Pode. Acontecer.”

Com 2:35 até ao fim do primeiro quarto, Beal acerta um triplo e põe os Wizards na liderança por 22-15. Não era um bom presságio.

Danny Green falha um lançamento, Aldridge apanha o ressalto e encesta. 22-17 com 2:23 para jogar.

“Ainda há uma pequena chance.”

No minute seguinte, houve um total de 3 turnovers para cada lado. Os Spurs tinham a bola e o jogo estava 22-17, com 1:24 no relógio.

Ginobili acerta um layup, Sessions falha um lançamento, Kyle Anderson acerta num step back, Nene falha e Ginobili apanha o ressalto.

“O meu coração não está a bater. Não consigo ouvi-lo e não o sinto. Mal consigo sentir alguma coisa. Não há barulho nenhum e tudo à minha volta está silencioso. É agora. 22-21. Os Spurs têm a última posse de bola. Preciso de um cesto. Por favor, Spurs.”

Ginobili trouxe a bola até ao halfcourt e começou a esgotar o relógio. Mal ele se começa a mexer, Beal faz falta porque os Wizards ainda tinham uma falta para dar. Seis segundos para jogar.

Se houve alguma altura em que a minha vida abrandou e o tempo pareceu não avançar, foi naquele momento. Ginobili foi até ao inbounder e Kyle Anderson decidiu não lhe passar a bola. Diaw apareceu da linha de lance livre e recebeu o passe.

Ele pensou em passar a bola a Ginobili para um potencial drive até ao cesto, mas decidiu não o fazer e passou de novo a Anderson.

Diaw preparou a pick e Anderson fez o roll, ficando perto da linha de lance livre quando encontrou Drew Gooden. Anderson simulou o lançamento, Gooden mordeu e saltou para bloquear e então Anderson atirou o seu corpo contra ele e sacou a falta.

“OH MEU DEUS OH MEU DEUS OH MEU DEUS OH MEU DEUS OH MEU DEUS OH MEU DEUS OH MEU DEUS OH MEU DEEEEEEEEEEEEEUUUUUUUUUUUUUSSSSSSSSSSS.”

Kyle Anderson estava na linha de lance livre para os Spurs e o resultado estava em 22-21 com 1 segundo no relógio.

“Acerta o primeiro. Acerta só o primeiro, só o primeiro, por favor.”

Eu estava petrificado.

Kyle Anderson acerta o primeiro.

“Okay, pelo menos recebo o dinheiro de volta, mas seria muito melhor se ele pudesse acertar este também.”

E ele acertou.

Kyle Anderson acerta o primeiro

“VAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAMMMMMMMMMMMMOOOOOOOOOOOSSSSSSSSS!”

Os Wizards perderam a bola e o quarto acabou. Os Spurs completaram a reviravolta depois de estarem a perder por 19-2.

Eles conseguiram uma sequência de 21-3 para acabar o quarto com 23-22.

Foi a melhor aposta que já ganhei. Segundo a ESPN Stats & Info, os Spurs foram a primeira equipa nos últimos 20 anos a estar a perder por pelo menos 17 pontos no primeiro quarto e mesmo assim ganhar o quarto.

O que tornou esta vitória ainda mais saborosa foi o facto de que os Wizards eventualmente acabaram por ganhar o jogo por 102-99 graças a um triplo de Bradley Beal.

• • •

Muitas pessoas perguntam-me porque ainda estou a trabalhar após esta sequência.

Eu respondo-lhes sempre da mesma maneira: segurança e reforma.

Na verdade, é por causa de estabilidade, saber que estou a aumentar a minha rede de contactos e o sentimento de que estou a ajudar uma comunidade. Não tenho isso com as apostas. É muito solitário. Isso também pode ser porque ser professor não requer sorte.

Eu gosto de pensar que apostar em desportos requer muita perícia. Não é só o facto de eu escolher apostas vencedoras com odds altas. Eu já vi tantos jogos na minha vida que adquiri muito conhecimento sobre vários desportos em todo o mundo.

Contudo, eu não acho que o que fiz requereu muita perícia. Há pessoas como Haralabos Voulgaris que, além do seu conhecimento incrível sobre o desporto, criaram sistemas só para um desporto como basquetebol. A ética de trabalho do Voulgaris durante a época é incrível e o que ele faz é verdadeiramente uma arte.

No meu caso, ainda me baseio em palpites e feelings no que parecem ser apostas de valor.

Eu acho que falhei umas 15 ou 20 vezes antes de ultrapassar a barreira dos 10.000$ e podia definitivamente falhar várias vezes depois disso também.

Aliás, eu perdi entre 20.000-40.000$ em várias ocasiões. Acontece. No fim do dia, os desportos são aleatórios. Não há nenhum método que funcione sistematicamente de modo a ganhar apostas desportivas.

Mesmo os melhores apostadores, com os seus sistemas computadorizados ficam felizes se ganham mais de 60% das vezes.Por isso, se tive sorte?

Claro que sim.

 

Fonte: makegamedayeveryday

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Casas de Apostas
3,8 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis mais Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
4,0 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Aposta de 5€ Grátis com o Código Promocional: APOSTAGANHA1 mais 50% de Bonus até um máximo de 50 euros.
Ultimos Artigos
Há 7 minutos
Há 10 minutos
Há 12 minutos
Há 43 minutos
Há 56 minutos
Há 59 minutos