Numa altura em que a crise financeira provocada pela pandemia do novo coronavírus tem afetado vários setores da sociedade, o mundo do futebol não foge à regra e a notícia poderá ser uma grande dor de cabeça para vários clubes em Inglaterra. Na Premier League, poderá haver um défice de cerca de 77 milhões de euros provenientes da obrigatoriedade da cessação dos contratos publicitários com casas de apostas.

GOVERNO BRITÂNICO PROÍBE PATROCÍNIOS DE APOSTAS DESPORTIVAS E FUTEBOL INGLÊS RESSENTE-SE

Não deixa de ser irónico, tendo em conta que se trata de um dos países mais endinheirados na atualidade no mundo do futebol (ver abaixo) mas a verdade é que o impacto das medidas promovidas pelo governo liderado por Boris Johnson no combate à publicidade de apostas desportivas poderá ser elevado nas contas de vários clubes da Premier League.

À semelhança do que tem sido feito em Espanha, ainda que o governo espanhol tenha dado um prazo mais alargado para os clubes colocarem termo aos contratos publicitários de jogo, o governo britânico deu “luz verde” a uma proposta de lei que coloca às instituições desportivas a impossibilidade de fechar acordos de patrocínio com empresas do ramo das apostas desportivas.

De acordo com a imprensa especializada, 10 dos 20 clubes do mais alto escalão do futebol inglês acordaram, na última época, contratos publicitários com entidades relacionadas ao mercado das apostas e terão agora em risco os 77 milhões de euros associados à avaliação do acordo celebrado.

A situação poderá ser ainda mais grave entre os clubes do Championship, onde 15 das 24 equipas presentes no segundo escalão do futebol inglês possuem algum tipo de ligação publicitária a casas de apostas.

Isto numa altura em que os efeitos económicos associados à crise provocada pela pandemia da covid-19 têm sido bastante nefastos para as instituições desportivas, sobretudo devido à ausência de receitas de bilhética, provenientes da presença de público com lugar cativo nas bancadas dos estádios.

GOVERNO BRITÂNICO PROÍBE PATROCÍNIOS DE APOSTAS DESPORTIVAS E FUTEBOL INGLÊS RESSENTE-SE

ADEPTOS VOLTARAM AOS RECINTOS ESTE FIM-DE-SEMANA

Após nove meses de jogos à porta fechada, como medida de combate à propagação da pandemia, o governo inglês deu permissão para o regresso dos adeptos às bancadas de alguns estádios no país, fruto do alívio de restrições em determinadas zonas, consideradas de menor risco de infeção.

O jogo que decorreu em Londres, entre o West Ham e o Manchester United (3-1 para a equipa de Bruno Fernandes, com nova remontada, golaço de Paul Pogba e muita polémica à mistura… o VAR não é criticado só por cá), foi o primeiro da Premier League a ter público no pós-confinamento.

A permissão dada pelo governo chefiado por Boris Johnson foi no sentido de ser viabilizada a presença de adeptos em número entre 2.000 e 4.000, nos estádios das zonas consideradas de baixo risco (a cidade de Manchester não está incluída), com o cumprimento das normas de segurança sanitária, como a utilização de máscara.

PREMIER LEAGUE NO TOPO DAS LIGAS MAIS VALIOSAS DO MUNDO

De acordo com o Transfermarkt, portal especializado em transferências e em cotações financeiras de jogadores, equipas e competições, a Premier League inglesa é a que, em todo o planeta, mais dinheiro movimenta dentro de portas.

A soma total da avaliação do valor de mercado feita aos plantéis das 20 equipas que competem no primeiro escalão do futebol inglês aproxima-se seriamente dos nove biliões de euros (8,92 mil milhões).

O valor global dos ativos que, nesta altura, estão associados aos quadros da Premier League supera em quase quatro mil milhões os valores relativos à Serie A italiana (5,15 mil milhões) e à La Liga (5,05 mil milhões).

A título de curiosidade, a Liga NOS é o campeonato de maior valor de mercado fora dos “Big Five” e aparece na 6.ª posição, com um total de 1,09 mil milhões de euros nos seus quadros, enquanto Bundesliga alemã (4,51 mil milhões) e Ligue 1 francesa (3,44 mil milhões) completam o top-5, pela ordem respetiva.

PREMIER LEAGUE NO TOPO DAS LIGAS MAIS VALIOSAS DO MUNDO

No campeonato inglês, para termos uma noção do poderio financeiro que se movimenta nos meandros da Premier, a equipa pior cotada das 20 é o West Bromwich, que tem um plantel avaliado em 106,55 milhões de euros. No topo da lista, figuram os poderosos Liverpool e Manchester City, ambos com um valor de 1,08 mil milhões de euros cada.

O Tottenham, de José Mourinho, é o 5.º da lista, com plantel avaliado em 738,55 milhões de euros.

Facilmente chegamos, portanto, à conclusão que, apesar de os mais ricos poderem não sentir fortemente os efeitos das medidas tomadas pelo governo local contra os acordos de patrocínios com empresas associadas às apostas desportivas, os mais pequenos podem vir a ressentir-se de forma considerável.

⚽Na Betano, é o Liverpool o favorito a suceder-se a si próprio como campeão inglês, com odds de 2.50 para erguer o caneco no final da época.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube e assiste aos nosso Podcasts de Apostas. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Canal no Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




CASAS DE APOSTAS
3,0 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a apostas desportivas online.
3,5 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis com o Código Promocional: apostaga
mais Bónus no primeiro depósito até um máximo de 100 euros.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
4,0 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.
ÚLTIMOS ARTIGOS