Prognósticos para Apostas Desportivas Online - Aposta Ganha

Encontrar a Casa de Apostas Ideal para Apostar

Encontrar a Casa de Apostas Ideal para Apostar

Depois de falarmos de como construir um método de apostas, vamos à procura de como encontrar as casas de apostas ideais, para apostar.

Mais uma vez, iremos por partes. Irei dividir a busca pelas casas de apostas segundo os diferentes tipos de apostadores.

Vamos mais uma vez fazer uma pequena ressalva, o apostador deve ter consciência se pertence a uma mercado regulado e a isso obriga-o apenas a escolher entre as casas que podem operar no seu território. Mas mesmo assim todas elas são diferentes e será sempre preciso escolher por uma delas… ou não depende da vontade do apostador, mas não é isso que retrata este artigo.

Outra adenda a este artigo, é que este artigo pode afastar-se um pouco do que o que realmente um apostador procura numa casa de apostas. Mais uma vez chamo atenção, que cada apostador não é igual ao seu “colega” e ou “vizinho”. A ter muito em conta o que cada apostador procura realmente para si, na casa de apostas e na sua vida como apostador.

Vamos começar?

Apostador lúdico:

Este apostador apenas aposta por divertimento e ou desafio. O estudo dos eventos onde aposta são praticamente nulos. Aposta mais pelo lado emotivo do que pelo lado racional. Muitas das vezes segue o coração cometendo-o até loucuras como aquela múltipla com 1 euro apenas e transformar tudo em 10 000 euros.

Aqui a escolha é simples, por norma este apostador tem uma ligeira tendência em preferir uma casa de apostas que lhe oferece uma grande bónus de boas vindas. Nem se vai lembrar de saber que necessitará de completar o famoso “Rollover” desse mesmo bónus oferecido pela casa. Basicamente aqui estamos “conversados” um apostador lúdico tem tendência para procurar aquela casa de apostas que lhe permite investir menos e beneficiar numa grande quantidade do bónus de boas vindas entre outras ofertas.

Um conselho a este tipo de apostadores leiam as letras pequeninas e procurem saber as condições desse mesmo Rollover. Tem casas de apostas que para o fazer demora algum tempo, e só com algum grau de acerto é que se consegue cumprir, em suma conseguir ficar com o bónus limpo no saldo da casa de apostas.

Em suma, ter muita atenção que tipo de bónus é que se estejam a meter, e ter a consciência se o conseguem cumprir ou não.

A casa ideal aqui será mesmo aquele que tenha o Bónus que o apostador lúdico procure, mas que tenha um rollover fácil de cumprir, que não tenha condições muito complicadas para se o atingir. Sobretudo no grau de acerto, porque um apostador lúdico, comete ainda muitos erros e no fim a banca vai ficar a zeros.

Apostador iniciante:

Poderá não ser o termo mais correto, iniciante, mas com isto pretendo esclarecer que este apostador está a iniciar-se no mundo das apostas, logo leva as coisas um pouco mais a sério.

Este apostador já tem consciência do que é um rollover do que é a dificuldade de o cumprir e sobretudo consegue perceber o quanto é difícil manter uma boa série de apostas ganhas.

Um apostador que se inicia, baseia-se bastante no que lê, na informação que recolhe, digamos que está ainda na fase de absorção de conteúdos para ser independente.

Este apostador ainda se testa e testa muito no mundo das apostas. Testa mercados, testa métodos de apostas, sobretudo explora um pouco de tudo para tentar se encontrar como apostador. Neste processo vai bebendo aqui e ali as opiniões dos mais experientes e vai-se formando no mundo das apostas.

Aqui a casa de apostas a escolher será mesmo uma casa que lhe ofereça o maior número de mercados disponíveis para se apostar. Uma casa vá desde do ambas as equipas marcam até aos handicaps, e passando até pelo marcador a qualquer altura de um jogo de futebol.

Uma casa que oferece vários mercados é a casa ideial para este apostador se encontrar em sua casa, pois oferece tudo o que ele procura no momento, mercados diferentes. A casa deverá também ter uma boa panóplia de apostas em Live (apostas ao vivo) para ser ainda mais completa e o apostador poder testar esta vertente. Já agora com um bom Cash Out que ajuda a minimizar os erros quando bem utilizado.

Mais um recado à navegação, caso te encontres neste patamar, apenas aconselhamos a não espalhar em demasia as tuas experimentações. Tenta ir experimentando o teu mercado, com método e análise do mesmo. Com isto quero dizer que deves ir anotando tudo o que experimentas e ao fim de algum tempo, verificares onde é que estives-te melhor e em que altura. Só assim consegues verificar quais são os teus mercados onde és mais certeiro e dares mais um passo no teu crescimento como apostador.

Apostador consistente:

Este apostador já está bem definido, começa já a amealhar os primeiros trocos com as apostas. Este necessita de uma casa á sua medida, e esta casa terá que ter tudo o que ele necessita. Aqui não vamos falar nada em especifico, apenas generalizando, pois cada um tem o seu mercado e o seu método e a casa tem mesmo que corresponder a esse quesito.

Neste ponto, a casa terá que servir na perfeição ao apostador, mas tenhamos quase a certeza que o apostador se já está aqui é porque sabe com o que pode contar desta casa. Por norma quando se entra nesta fase, aparece um requisito muito importante nas casas de apostas, a questão levantamentos.

A questão levantamento, começa a ser uma dor de cabeça para a casa de apostas e para o apostador, neste campo muitas casas bloqueiam as stakes a quem ganha muito. Neste caso aconselhamos a mudar e a procurar outra casa que não limite o apostador. Mas ao dar este passo, podemos cometer um erro de juntar o apostador consistente ao apostador semiprofissional que irei explicar a seguir. Tentando não cair nesse erro, paramos por aqui.

A questão mais importante neste apostador é ter uma casa que não o limite e que o deixe levantar sem muitos encargos para si. Encontra-se casas de apostas que cobram taxas por levantamentos até uma determinada quantia. Aconselhamos a quem se encontra neste patamar a verificar este quesito – levantamentos e limites de stake e procurar aquela que mais lhe convêm.

Apostador semi profissional:

Este apostador já tem uma stake bem acima da média. Stakes mais altas obriga que as casas de apostas tenham liquidez para as receber. Digamos que este será o ponto em que o apostador em todo o seu processo de crescimento que se irá sentir como o tolo no meio da ponte. Vamos explicar de outra maneira.

Um apostador que está neste nível não tem meio-termo. As casas europeias não serão solução, pois irão limitar as stakes após ganhos elevados e o apostador terá muitos problemas em colocar stakes elevadas nas mesmas, sobretudo se fizer mercados em Live (apostas ao vivo).

Ora aqui começa o dilema, só grandes casas como as asiáticas permitem solucionar o problema. Temos algumas, até acessíveis a qualquer um, não em Portugal claro está. Nestas casas os mercados são diferentes e são mais limitados, obriga que o apostador, por exemplo, que faça um bom trabalho no BTTS (ambas marcam) tenha dificuldade em apostar nestas casas, pois o mercado em muitas não está acessível a qualquer altura.

O apostador pode ser forçado a mudar um pouco de mercado/estratégia, mas com a maturidade fruto do seu crescimento como apostador, irá facilmente ultrapassar este percalço. Mas uma ressalva, isto só acontece se os mercados que o apostador normalmente aposte sejam diferentes dos apresentados pela casa asiática. Acrescentamos também que no processo de crescimento natural do apostador este vai por norma sempre ao encontro do que uma casa asiática oferece. Com isto digo que o apostador antes de chegar aqui, basicamente opera só em mercados asiáticos, handicaps e golos.

A solução e a casa ideal, aqui neste quesito, são as casas asiáticas. Nem tudo na vida é belo, e aqui obriga fortemente a mudar um pouco os mercados (só em alguns casos) e mudar um pouco a estratégia também. De resto as stakes, a limitações passaram a ser algo que o apostador nunca mais se vai preocupar.

Apostador profissional:

Aqui o caso é outro e chegamos ao espaço sideral do mundo das apostas. O Apostador que vive inteiramente das apostas vive fortemente este mundo. Se é a sua profissão logo trabalha fortemente para ser o melhor e claro para se diferenciar de outros colegas de profissão. É assim hoje em dia no mundo atual das empresas, e aqui não foge à regra.

Um apostador profissional pode enveredar por vários fatores, mas a sua vida é mesmo apostar de maneira a que consiga no fim do mês ter dinheiro para poder pagar as suas contas. Aqui é que está o risco, todos que andamos neste mundo sabemos que temos meses que as apostas não correm assim tão bem. É preciso ser mesmo muito bom naquilo que se faz.

Muitos apostadores profissionais sabendo e tendo a consciência que podem ter meses menos bons, obrigam-se a trabalhos extra, como no nosso dia-a-dia. O apostador arranja um “part-time”, e começa a mostrar-se como apostador e procura muitas das vezes várias soluções.

Vendendo as suas tips (apostas para eventos desportivos) é uma delas, outros vendem os seus cursos práticos e teóricos de como apostar. Enfim ideias não faltam para ganhar uns “cobres” extra para se aguentar neste mundo feroz das apostas e sobretudo nesta categoria profissional.

Como um profissional se preze, as suas stakes são altas, e a experiencia está elevada ao limite dos que possamos imaginar. Aqui a maneira de se apostar muda radicalmente, um apostador profissional tem semanas que só faz UMA aposta, sim UMA.

A sua posição no mercado é enorme e muitas das vezes eles ganham dinheiro antes até do jogo começar. Digamos que a sua visão perfeita e encontrado o erro no mercado das casas de apostas, colocam o apostador profissional um passo á frente de todos nós. Isto permite um “edge” (vantagem) em relação às casas de apostas, e conseguir antes do jogo começar sair em lucro.

A casa ideal neste quesito é mesmo um broker. Só um broker permite acesso a certas casas asiáticas por exemplo, e permitem ter acesso a software especializado para que o apostador use como ferramenta de trabalho. As quantias são elevadas neste mundo espacial de apostas, mas só para quem tem nervos de aço.

Se é possível lá chegar, sim é, mas sejamos sinceros, muitos terão muita dificuldade em chegar lá, e depois manter-se no espaço sideral das apostas online. Mas é possível lá chegar, mas em Portugal não será de todo.

Em resumo geral de todo este artigo poderá ainda existir outros patamares intermédios e até mais altos, mas são estes que conheço e são estes que se conhecem e que se consegue conhecer. Tentei também escrever um artigo mais global e não detalhado para que a leitura seja o mais “clean” possível.

Espero que tenham gostado, e que tenha conseguido passar a mensagem deste artigo que na qual tentei explicar qual a melhor casa de apostas, diferenciando através de patamares de nível de apostadores.

Boas apostas, e até ao próximo artigo.

Autor: Ricardo Matos

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *