Prognósticos para Apostas Desportivas Online - Aposta Ganha

Postura de um Apostador

Postura de um Apostador

Desta vez vamos afastar dos artigos técnicos e dos métodos da busca incansável do sucesso e da busca do profit e claro dos Greens.

Já aqui falamos de quase tudo, métodos, opiniões, bancas, o que é isto e aquilo, sempre “alimentando” o apostador.

Chegou a vez de falar dele, do Apostador!

Em todo o lado se fala de como chegar ao lucro, maneiras, métodos e nunca se fala da postura que o apostador deve ter ou adotar no mundo das apostas.
Hoje neste artigo exclusivo no ApostaGanha, vamos abordar o que um Apostador deve adotar quando entra para este mundo das apostas online.

Mais uma vez, ressalvo que irei falar das apostas online de uma maneira geral, sem individualizar este ou aquele desporto, apenas usando isso para dar exemplos. É certo que a minha experiência passa mais pelo futebol, mas tentarei não a usar em demasia.

Voltando ao cerno da questão e muitos já deverão estar a pensar, postura? Não me digam que vão falar de como estar no mundo das apostas.

SIM!

Vou mais uma vez abordar este assunto em especifico separando pelos diversos níveis em que o Apostador se encontra, desde de quando começa até ao sonho…ser apostador profissional!

Apostador iniciante – Aluno

Neste capítulo, abordamos de como deve ser a postura nas apostas deste apostador. Um apostador nesta “categoria” deverá optar por uma postura do género de um “miúdo que entra para a escola primária”. A sua postura aqui é absorver tudo o que é básico da melhor maneira, pois o A E I O U nas apostas será a sua base no futuro.

O Apostador deverá ter que adotar estratégias de aprendizagem, aceitar a crítica e sobretudo disponibilizar-se para aprender. Nesta fase inicial e crucial, a absorção de conteúdos e as perguntas devem ser o mote para um apostador nesta categoria.

Aconselho vivamente que este apostador adote também uma postura de leitura, pois neste mundo será mesmo a sua “verdadeira ferramenta de trabalho”. Quem não gosta de ler, terá muita dificuldade neste meio, pois as futuras analises que darão em apostas passa pelo estudo intensivo tendo como base a leitura sobre tudo o que se passa num evento desportivo.

Adotar uma postura de “aluno” é a melhor estratégia a seguir quando estamos numa base embrionária das apostas desportivas online.

Fazer cabulas, discutir, pensar bastante, nesta fase e nas próximas serão sempre importantes para o seu crescimento como apostador. Convêm “treinar” bem todas estas “faculdades” que teremos aqui pela frente, pois sem estas ferramentas, a postura seguinte será difícil de alcançar. Realço que o apostador nesta fase não deve ter vergonha de “fazer as perguntas ridículas”.

Quem está neste mundo irá responder como deve ser a estas perguntas até por muito banais que possam ser. No momento vejo que muitos chegam ao online vindos do Placard, e fazem perguntas do ABC das apostas, e outros, pensando que já são alguém respondem com desdém. Mas quem está numa outra postura de apostador, vai certamente, puxa-lo para o lado e ajuda-lo! Aconselho a um apostador alisar-se a alguém com mais experiência para o ajudar o que não falta por aí são apostadores com postura para isso ou sites.

Esta postura deverá ser lida e relida por quem está a começar apostar neste momento. Apoderem-se bastante da vossa humildade e oiçam muito bem os outros, mas sobretudo, pensem também por vocês mesmos.

Com isto quero dizer que muitos até conseguem chegar a esta fase, mas ficam por aqui, tipo só seguem os que se dizem ou publicitam “os melhores” e não conseguem desenvolver-se como apostador, estando sempre na “sombra” e a mercê do que estes apostadores fazem no mundo das apostas.

Tentem sempre desenvolver o vosso espirito crítico e desenvolvam a vossa capacidade de pensar por vocês mesmos. E perguntem-se a vocês mesmo no género “ Porque é que ele foi assim?”

Apostador Regular

Nesta fase em que chamamos “Regular” é aquele apostador que já faz por si as apostas por si só, que já conhece todos os conceitos na sua fase de “aluno”. Agora nesta fase é como ver um filho a sair de casa, e entrar no mundo dos tubarões.

O caminho é muito complicado e poderá estar à mercê de muitos apostadores e dos maus também. É nesta fase que muitos desistem das apostas, muitos por não aguentarem o “trabalho” pois muitos entram aqui a pensar que tudo isto é fácil, e outros desistem porque foram burlados.

Nesta fase, aconselhamos que o apostador adote uma postura de “alerta”, desconfie sempre do que lhe oferecem, infelizmente solidariedade nas apostas vê-se muito pouco. Como na vida, quando circulamos na rua, deveremos ter todos os cuidados e estar alerta do que nos poderá acontecer. Usei este exemplo para tentar ajudar na compreensão da postura nesta fase.

O querer saber mais, NUNCA deve sair em nenhuma das fases que iremos e já apresentamos aqui. O caminho faz-se caminhando e o APRENDER deve constar SEMPRE no vocabulário e em todas as fases.

Mentalizem-se que alguém sabe sempre mais que vocês no mundo das apostas online, até podem saber o mesmo, mas de certeza que perceberão muito rapidamente que o outro sabe mais disto do que aquilo e vocês só sabem isto mesmo. Adotem um estilo cauteloso, não se deixem “levar pela canção do bandido”, não se deixem levar por promessas do lucro rápido.

Digo isto porque nesta fase, muitos apostadores andam muito “even” digamos que nem ganham nem perdem. Nesta fase necessitam de um empurrão, e muitos vão ao encontro desse empurrão. É aqui que muitos se aproveitam desta situação. Eu digo já, vocês estão a beira do sucesso. Vocês que se encontrem nesta fase, apenas só têm que se afinar e verão que rapidamente irão estar a ganhar mais do que perder.

Se estás aqui, procura de alguém honesto que mostre o seu trabalho e que te ajude a limar e a orientar rumo ao lucro. Nesta fase, muitos não gostam de “ajudar” pois temem que ao ensinar ou ajudar, podem desvendar o seu “know How” e que alguém o copie. É normal que muitos apenas generalizem os discursos e que notem até algum distanciamento – É normal!

Tenho a certeza quem está neste mundo com uma postura diferente, esta postura refiro-me aqui a postura da pessoa em si e não de apostador, irão encontrar alguém mesmo que o oriente. Digamos que vocês estão a fazer a vossa tese de mestrado e precisam de alguém como orientador para vos guiar apenas.

Não digo que é fácil, muitos nesta fase e com muito mérito saem para a próxima fase sem terem este “orientador” – Como? Com muito trabalho, e vão experimentando muitas coisas, com muita cabeça, e tentam afinar o seu método ao máximo até que conseguem.

Apostador semiprofissional

Por norma este apostador já é mais ou menos conhecido no mundo das apostas, se for uma pessoa bem tencionada irão certamente reconhecer estes apostadores muito facilmente.

Por norma estes apostadores são “aproveitados” pelos sites sobre apostas desportivas para irem partilhando as suas experiencias e os seus métodos, como as suas apostas. Alguns sites e o ApostaGanha não se afasta disso, dá uma mão a estes apostadores para ajudar, aqueles que estão na Fase do apostador/aluno e ajudando-o simultaneamente o apostador semiprofissional.

Estes apostadores são os ideais para serem de uma maneira indireta os “professores” dos alunos que comecem nas apostas. A sua vasta experiência e se estão num site sobre apostas, por norma são pessoas de confiança e que dão a cara, nunca se escondendo atrás dos sucessos e do insucessos.

Nesta fase o apostador poderá ser abordado por estes sites sobre apostas que pedem a sua colaboração ou até para entrarem em grupos de apostadores nas redes socais. Aconselho que nesta fase o apostador avalie cada situação. Avaliar bem quem é que lhe está a fazer essa oferta, o que vai fazer e se revê nesse projeto.

Outro assunto que o apostador tem que ter na mente é que se esse “trabalho extra” irá prejudicar nas apostas que faz. Nem tudo gira á volta do dinheiro, por vezes abdicamos um pouco do lucro para podermos alavancar mais no mundo das apostas. O facto é que ao aceitar desafios como estes poderão ajudar que este apostador seja mais conhecido e que exponha melhor o seu trabalho e que conheçam e reconheçam o seu trabalho.

Voltamos a dizer o mesmo, estejamos nesta fase, a fase de crescimento deve continuar, não demos colocar à sombra da bananeira e pensar que já sabemos tudo. Por vezes o passar do 8 para o 80 lava a perdermos um pouco a cabeça. A que ter mantermos fieis a nossa personalidade e não embandeirar em arco. Ficar “convencido” nesta fase é prejudicial ao apostador.

Nesta fase cada passo dado deverá ser tomado com consciência, e saber se vai ao rumo do que cada apostador quer para o seu futuro. É normal que por vezes o apostador não saiba o que fazer e por que lado irá ir. A que parar para pensar e decidir sempre em prol do que cada um quer para si.

Nesta fase é importante também não nos afastarmos do mundo das apostas, e não perder o foco daquilo que nos “alimenta” as apostas em geral e na aposta pura e apostar em si!

Apostador profissional

A postura mais difícil de falar, pois tenho a consciência que estou longe desta meta, e que tenho dificuldades em explicá-la e alertar seja para o que for. Mas consigo perceber aqui e ali as dificuldades destes apostadores e no mundo que os rodeia.

Estes apostadores são constantemente abordados por todos apostadores, uns com o melhor dos intuitos outros nem por isso, chegando a roçar a má educação.

A primeira coisa que me salta á vista é, ter um grande saco de paciência e nunca “perder” a sua educação e bom senso, por muito que o outro lado esteja a ser indelicado. Conseguir reagir a frio em algumas circunstâncias ao ser abordado mesmo naqueles assuntos que sabe e domina mas não pode revelar para já.

Uma das melhores posturas que um apostador neste nível deve ter é tentar sempre responder a todos na mesma forma e que ninguém fique sem resposta. Um apostador neste “posto” deve sempre lembrar-se que já foi aluno e que também já passou por lá!

Um apostador neste nível jamais deve perder o foco e mudar seja o que for no que foi o seu crescimento como apostador até aqui. Quem o acompanha nesse processo é certo que não gostará de ver uma abordagem diferente e outro tipo de postura só porque chegou a este nível.

Nesta situação um apostador começa a lidar muito com a pressão, com o mediatismo e com a natural evidência de desempenho que conseguiu até aqui. É aconselhável mostrar a mesma humildade de que sempre é necessário ter nas outras posturas de apostador.

Mesmo estando a ser o “apostador do momento” este não se deve afastar daquilo que é e nunca menosprezar ninguém.

Continuar muito atento às tendências e novas formas de apostar a este nível exige por vezes que o dia tenha 48H, sem nunca esquecer o seu verdadeiro trabalho, apostar.

Gostaria de vos dar mais alertas, mas penso que consegui passar o essencial e sobretudo, seja qual for a vossa postura nas apostas, que tenha conseguido passar o mais importante. A minha dificuldade sentiu-se na parte do profissional, onde a minha experiência é nula e apenas ficando só por aquilo que me vou apercebendo do que os profissionais passam hoje em dia.

O artigo já vai longo mas acredito que a mensagem passou, e que não percam o próximo artigo onde iremos voltar aos artigos técnicos e falar dos termos mais usados nas apostas, asiáticas…
Até ao próximo artigo e boas apostas

Autor: Ricardo Matos

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *