Apostas Online em Portugal – Aposta Ganha

Quem tem medo dos Unders em Golos nas apostas online?

Um verdadeiro pária, ninguém gosta, ninguém quer, ninguém aposta.. Na última edição da Premier League tivemos 54% das partidas com over 2.5 golos e 46% com under 2.5 golos. No campeonato espanhol, na La Liga, 47% dos jogos terminaram com mais de 2.5 gols e 53% jogos com under 2.5 golos. Na Série A italiana os overs 2.5 foram registados em 52% dos jogos e o under 2.5 golos em 48% dos jogos. Na França 48% dos jogos passaram a linha do 2.5 golos e 52% dos jogos terminaram com under 2.5.

Os unders em Golos são o terror do apostador online

Quem tem medo dos Unders em Golos nas apostas online?

A Bundesliga é dos grandes torneios aquele que oferece estatísticas mais desequilibradas a favor do over com 62% dos jogos terminando com mais de 2.5 golos e 38% com menos de 2.5 golos.

Um dos casos mais brutais de preponderância dos unders é o Brasileirão. A atual edição da competição regista apenas 42% dos jogos com over 2.5 golos e 58% com jogos registando menos de 2.5 golos.

O que quero eu dizer com todo este sumário de estatísticas de golos das principais competições de futebol do planeta? Que no mínimo a distribuição entre over e under é equitativa nestes torneios. Com raríssimas excepções as distribuições de over/under gira em torno de 50% para cada lado nos jogos destes campeonatos nacionais.

O que torna tudo mais estranho é que, no momento de observar o comportamento dos apostadores com relação a estes mercados nestes campeonatos, a distribuição estatística é muito diferente. Não temos uma estatística exata mas claramente os apostadores priorizam as apostas em overs em detrimento dos unders.

A diferença de volume de apostas em overs que observamos em comparação com apostas em unders é abissal. O que mostra que os apostadores têm uma afeição ou aptidão maior para procurar jogos com golos, do que jogos sem golos.

A minha reflexão aqui hoje é questionar de onde vem esta preferência.

Se estatisticamente isso não se comprova já que a distribuição dos dois fenómenos na realidade é similar, quais seriam as razões que fazem os apostadores só terem olhos para os overs e ignorar praticamente metade dos jogos dos principais campeonatos do mundo que também batem under?

A natureza do futebol

Parece um argumento redundante e óbvio mas nem por isso deve ser ignorado. A natureza do desporto futebol não é terminar os jogos em 0-0 e sem golos.

O golo é justamente o grande objectivo do futebol e por isso acaba concentrando a importância analítica seja no jornalismo, seja nas comissões técnicas, seja nas apostas desportivas. É o ápice técnico e emocional.

Não quero dizer que os robustos sistemas defensivos não importam. Longe disso, importam e muito.

origens do futebol

Muitos dos grandes técnicos e campeões das ultimas décadas primavam justamente por sistemas defensivos extremamente robustos e tão eficientes capazes de conduzir as suas equipas a conquistas muito importantes.

Posto isto, não há como negar que quem assiste futebol quer ver golos, de preferência da sua equipa, mas ainda que seja do adversário um golo é capaz de suscitar admiração até mesmo da claque adversária.

O golo é o que define o futebol, é o que o caracteriza.

Parece uma informação óbvia não? Sim é óbvia. Mas ela ganha uma certa importância quando olhamos para o desporto. Nosso olhar sempre estará pautado pelo o que o futebol é, e não pelo que ele não é.

Eu quero ver golos!

Nós não nascemos apostadores.

Por mais que esta onda de pseudo apostador profissional tenha dominado o cenário das apostas desportivas a verdade é que a maioria dos apostadores tem métodos e metodologias amadoras e que não seguem muito um rigor analítico.

Estes métodos de apostas são muito influenciados pelo fã de futebol de éramos antes de nos tornamos apostadores. Ou melhor, antes de pensarmos as apostas desportivas de forma analítica.

Golos

Os melhores bónus e promoções das casas de apostas em Portugal

Esta experiência anterior de fã de futebol, ou qualquer outra experiência, traz vícios muito fortes para a construção da análise enquanto apostadores. Um destes vícios mais condicionantes é a nossa visão como entusiasta do desporto e consequentemente dos momentos definidores do desporto: o golo!

Pautamos nossa vida de apostador pelo que éramos antes de sermos apostador.

Dificuldade de assimilar isso no método!

Pensar o desporto seguindo a lógica do mesmo é muito mais fácil e factível do que pensar o desporto numa lógica inversa à sua natureza. O treino do nosso olhar como disse na questão da construção do método de apostas tende a se apropriar daquilo que é mais comum, do que é mais perceptível e não de uma visão global do desporto.

Diante de tanta informação necessária ao desenvolvimento do método analítico nas apostas desportivas é natural que por vezes os atalhos sejam a opção aqui, priorizando o que conhecemos e é natural, do que investigar algo que desconhecemos.

acorrentado

Mas às vezes é nesta procura que reside a diferença do lucro e prejuízo. Descobrir coisas novas pode fazer-nos descobrir mercados lucrativos.

Minha proposição aqui é tentar nos livrar destas visões pré-concebidas e dos atalhos que nos conduzem a pensar somente nos overs no momento de realizar as nossas apostas.

Devemos superar os caminhos que nos levam a querer olhar somente os overs e pensar mais em explorar uma lacuna que estatisticamente tem quase a mesma distribuição na incidência dos eventos o que é o seu antagonista.

Sumario:

  • Unders e Over se distribuem equitativamente na realidade, mas não possuem a mesma distribuição nas apostas realizadas pelos apostadores
  • Medos dos unders – incapacidade de ler os unders
  • Contra a Natureza do desporto – do que caracteriza o futebol
  • Vícios trazidos da época pré apostador
  • Dificuldade em assimilar isso na construção do método

9 Comentários

  1. Avatar

    Jean Jacques

    2 de Agosto de 2019 at 3:35

    Ótimo artigo, tem o lado emocional de muitos, vejo muitos comentarem que over é mais tranquilo a ficar torcendo para que nada aconteça. Eu adoro o under mas sou exceção.

    • Avatar

      Spinosa

      2 de Agosto de 2019 at 22:06

      Um dilema para mim ir em Under’s loool sofro tanto!

      • Rodrigo Cesar

        Rodrigo Cesar

        10 de Agosto de 2019 at 12:44

        sao dois…muito dificil…meu olhar nao consegue enxergar valor…mesmo que a analise técnica aponte.

    • Rodrigo Cesar

      Rodrigo Cesar

      10 de Agosto de 2019 at 12:43

      Jean…vc conseguiu se livrar das amarras…..eu ainda estou em processo..mas foi justamente meu medo dos unders que me motivou…como foi seu processo de começar a apostar em under? ou nunca teve dificuldade?

  2. Avatar

    José

    2 de Agosto de 2019 at 11:29

    Muito interessante artigo. Excelente reflexão.

    • Avatar

      Spinosa

      2 de Agosto de 2019 at 22:06

      Obrigado pelo feeedback!

    • Rodrigo Cesar

      Rodrigo Cesar

      10 de Agosto de 2019 at 12:43

      Obrigado josé….agora é passar da reflexão pra prática.

  3. Avatar

    Luis Vieira

    6 de Agosto de 2019 at 16:16

    Fujo do under como o diabo da cruz! Simplesmente nao consigo! 🙂 Acho que apostar over e perder acaba por ser mais facil de digerir… Abraco!

    • Rodrigo Cesar

      Rodrigo Cesar

      10 de Agosto de 2019 at 12:42

      Sao dois Luis……..e justamente este meu temor ou incompetência me motivou a pensar as origens disso….

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *