Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Apostador 360

Mais um artigo aproveitando o “mote” dado num dos nossos Podcast’s ApostaGanha: Apostador 360

A pergunta surgiu que nem uma bomba e foi direcionada aos radialistas de serviço, e deixando que esta questão fica-se ainda muito para explicar e responder. Aproveitei-me do assunto, digamos e falsa modéstia, e trago à baila então este assunto, Apostador 360.

Definição de um Apostador 360

Digamos que um Apostador 360 será pela sua definição, uma apostador que dispara para todo o lado, ou melhor, aposta nas várias opções que tem.

Apostador 360Digamos, e agora vamos puxar os conhecimentos de matemática, 360 é começar e acabar no mesmo ponto.

E direi mais lá para o final a minha opinião mas, não será verdade?

Um apostador 360 consegue por norma colocar-se e estar em várias frentes ao mesmo tempo, digamos que consegue, ser bom apostador no Live, em Punter e até fazer Trading.

Esta será a melhor definição de um Apostador 360, mas agora vamos falar dos prós e contras, e sobretudo irei apenas opinar sobre este caso, e não passará mesmo da minha opinião.

Apostador 360 – Vantagens

Vamos partir do suposto que este apostador é mesmo bom nestas frentes todas das apostas.

E é aqui que começo já a entrevir, será que conseguimos ser assim tão bons e ter uma rentabilidade aceitável em diferentes maneiras de se apostar?

Eu não acredito, mas poderemos encontrar os tais “suprassumos” das apostas, é um facto.

Não acredito que exista alguém com a capacidade, ou melhor que existam muitos, com esta capacidade de “360”. Podemos até conseguir fazer um pouco de tudo, mas com a rentabilidade necessária, isso não acredito.

Estar bem no Trading, no Punter, saber apostar em Live, saber entrar em earlys, meus amigos não é para todos.

Definição e obter uma Fair Line Odd justaJuntando ainda, efectuar o seu estudo pré live, com as suas projecções de linhas (Fair Lines) e depois intervir no mercado e logo a seguir estar a fazer Scalping???

Não sei, mesmo, eu pelo menos não terei essa capacidade, e digamos que não conheço nas apostas alguém que o faça.

Experimentar? Sim, todos os apostadores passam por isso, e devem passar.

Acredito que no processo de desenvolvimento das apostas desportivas, o apostador que se inicia deve experimentar onde se sente melhor e consiga tirar maior rentabilidade, mesmo que isso possa ir contra aquilo que “sente”.

Aqui gosto do conceito 360, na fase inicial, naquela fase que ainda não sabemos onde somos bons, onde nós nos sentimos bem a fazer as nossas apostas.

Experimentar com moderação, mesmo que se chegue a loucura de perder uma banca, só vejo como um natural processo de aprendizagem.

Apostador 360 – Desvantagens

Ser um apostador 360 obriga-nos a ter contas em várias casas de apostas, e com isso vamos distribuir o nosso dinheiro por elas.

Esta situação só nos vai enfraquecer a nossa stake e a nossa gestão de banca, já que seremos obrigados a gerir de maneira diferente cada banca em cada casa de apostas.

Já não irei falar das taxas associadas aos depósitos e aos levantamentos em cada casa que estamos sujeitos.

Gestão de banca, falei nisso e volto a falar, no Trading e no Punter a gestão de banca faz-se de maneira diferente, o que obriga ao Apostador 360 a ter uma capacidade extra de gestão de bancas.

Trading A questão que levanto a seguir é, como é que o Apostador 360 atua naquele jogo? Punter? Trading?

Já não basta ter que estudar o jogo por si só, ainda teremos que adicionar qual a melhor estratégia para se apostar, digamos escolher entre o Punter ou Trading, ou só fazer este jogo em Live.

Digamos que seria um exercício, que para mim não dava, ter que pensar nas várias vertentes de se apostar ou abordar o jogo, daria o “Tilt” em três tempos.

Concordo que este Apostador 360 terá que ter uma capacidade acima da média para conseguir safar-se neste modelo.

Mais desvantagens, a força da sua stake, como já o disse, ter a banca dispersa em várias casas enfraquece a nossa stake, e com isto podemos extrair ainda menos valor nas apostas que fazemos.

No Trading por exemplo em que vejo que é necessário ter uma boa banca para se estar confortável, diria, que este Apostador 360 antes de apostar deveria ter ganho alguma herança ou então ganha muito bem na sua vida pessoal.

Brincadeira, eu sei, mas digamos que o investimento teria que ser enorme para que um Apostador 360 possa ser rentável com este método de apostas.

Capacidade de concentração, penso que aqui é geral, teremos todos que estar concentrados naquilo que estamos a fazer, mas num método 360 as forças terão que ser sobrenaturais quase.

Falta falar da estratégia, digamos que sinto muito pouco à vontade para falar disto, pois eu não saberia adotar a melhor estratégia para poder apostar em 360.

Mas acredito que o princípio seria mais ao menos este, dispersar a banca e no fim do dia/semana juntar novamente e fazer contas.

Ter sempre um registo para cada modelo de actuação do mercado. Efectuar um bom esquema de actuação antes de tudo acontecer, ter um bom plano de jogos. Pensar num plano b e c se as coisas não estiverem a correr bem.

Em suma passa um pouco por aqui, e digamos que volto a dizer que não serei a melhor pessoa para explicar isto da melhor maneira. Mas se tentasse seria assim.

Bad Run – lidar, liderar e sair a ganharCansaço/desgaste – Este método a meu ver teria tudo isto, cansaço, desgaste, digamos que teríamos que estar sempre em “forma”.

Em género de conclusão digo que este método não seria fácil nem tão pouco rentável para mim. Para além de ser bastante complexo e sobretudo desgastante, o que poderia elevar a fasquia do erro.

Com este método estaríamos mais exposto ao erro e sobretudo mais dispersos na nossa concentração. O facto de perdermos valor na nossa stake deixa-nos à mercê das Bad Runs.

Falando em força, com stakes mais baixas e com a necessidade no Trading de ter mais investimento, surge o problema, estaríamos a comprar “ganhos/percas” de maneira e exposições diferentes.

Ter-se-ia que arranjar um ponto de equilibro ou um factor de correlação entre estas duas bancas por exemplo – complexo!

Digamos que desaconselho este novo método que tanto já para aí se fala!

MAS

Sempre uma “MAS” acredito plenamente que alguém consiga sair a ganhar com o método 360, e no dia que conhecer um apostador destes, e com provas dadas irei chama-lo de Super Apostador e direi que afinal é mesmo possível!

Mas a matemática é algo que me persegue para todo o lado e 360º é começar num lado e acabar no mesmo sítio….

Até ao próximo artigo e boas apostas!