Prognósticos para Apostas Desportivas Online - Aposta Ganha

Como obter Lucros nas Apostas em Futebol em Portugal

Estratégias de Trading Lucrativas

Depois do nosso último Podcast, foram muitos os pedidos para que explica-se como estava a fazer para conseguir obter lucros em Portugal.

Antes de mais dizer que obter lucros, depende sempre da perspetiva de cada um, mas as contas são fáceis de fazer, nem que seja um euro de diferença é sempre lucro para mim.

Agora a que perceber se o tempo “gasto” nas apostas possa estar ou não a ser rentável, mas isso é outra história. Obviamente que todos nós gostamos ver rendimento de cada minuto gasto nas apostas desportivas.

Não tenho ciência alguma para conseguir “safar-me” das odd minimalistas que as casas em Portugal me oferecem, essas estão logo à partida condenadas a ser sempre assim.

Sinceramente custa ver o que oferecem lá fora comparando com o que nos oferecem cá dentro, e aqui nada podemos fazer.

Todos já sabemos pelas contas que já fomos fazendo logo no inico da regulamentação, que para ter lucro em Portugal, temos que acertar cerca de 80% de todas as apostas que fazemos.

Isto é já um grande handicap, e este não nos protege contra empate algum, mas sim obriga-nos a ser diferentes e a mudar o nosso paradigma nas apostas.

Aconselho a quem optar por ser rentável em Portugal esqueça desde já todas as teorias que se espalham por aí, pois essas jamais terão futuro no mercado regulados

Português. Fair Lines ou Linhas de César, apostar em early market’s, fazer cash out com puntrading, é tudo teorias boas mas lá para fora, para os mercados não regulados, em Portugal já está tudo mais que “Fair” e as odds já abriram “amassadas” por isso, esqueçam!

Vou então tentar explicar como é que eu faço para ser rentável, pelo menos tirar o proveito do tempo passado a olhar para as apostas hoje em dia.

Primeiro, tive que mudar totalmente a minha maneira de “conseguir valor” o meu EV + passou a ser minimalista por exemplo.

Por vezes, nem olho para as odds, desde que estejam acima de 1.50 e esta é já a minha primeira regra que compartilho para vocês. Em apostas simples só vou em odds acima de 1.50.

Mas vou agora dividir de como é que me coloco no mercado e tentar sacar algum dinheiro às bet.pt’s e betclic’s deste Portugal.

Eu faço apostas simples, múltiplas e vou buscar valor ao LIVE!

Vou dividir por tópicos, cada uma destas abordagens.

Apostas simples:

Como já disse nas apostas simples, obrigam-me por vezes nem olhar para as odds, obriga-me também a ter que analisar mais jogos que outrora analisava.

Primeira regra são as odds que “como” no pré live em apostas simples, sim odds de 1.50 é o meu limite.

Se estiver abaixo que isso, passo para a fase seguinte este jogo em especifico, para as apostas múltiplas, onde irei ver se posso combinar com outra aposta, mas já lá vamos.

Ao apostar mais aumento o meu risco de errar, isso é certo, é aí que entra a minha seleção dos jogos, e é aí que sou entro nos jogos e nas ligas que acompanho, minimizando o risco o mais que posso, e se é que posso.

Outra coisa que faço, é que não posso mover-me pelos ganhos ao dia, ou à semana, pois eles são mínimos, e por vezes não olho a números até ao final do mês, senão vai-me obrigar a entrar em mais jogos e aí expor-me ainda mais á minha banca.

Stakes, bom, aqui é que pode estar o cerno da questão, nas minhas apostas simples as minhas stakes são mais altas do que devia.

Sim eu sei estou a ir contra tudo o que se ensina e se deve fazer, mas como é que eu retiro valor mesmo comido pelas odds se não aumento a minha exposição?

O mais difícil que tive que perceber e de lidar, será mesmo a parte mais difícil de explicar também, por vezes as stakes podem mexer um pouco a banca alavancando-a ou dizimando-a.

Na teoria tudo isto NÃO SE DEVE FAZER, sim eu sei, mas se eu conseguir minimizar o erro, poderei estar arriscar pela certa, tendo consciência que posso também perder muito.

Tudo é um risco, e nas apostas também!

Então em suma, nas minhas apostas simples, fujo a tudo o que se ensina, mas “penduro-me” na minha experiência e na perspicácia que os anos me têm dado.
Apostas múltiplas

Já disse que esta era a minha segunda forma de extrair valor numa mina já com pouco minério.

Quando estudos jogos e na qual me decido por algum mercado e as odds estão muito baixas (menos de 1.50) junto-as com outras, emparelhando-as conseguindo assim odds mais altas e usar apenas uma stake.

Bom parece que não estou a dizer nada de novo, mas por vezes só assim consigo extrair algum valor e pagar o tempo que despendo de volta dos estudo e das apostas.

Então como é que eu faço, bem primeiro junto uma odd que considero tipo a mais certa, a minha apostas de referência, aquele que penso que irá ser ganha de certeza. Junto-a com outro jogo com uma odd ligeiramente mais alta.

Assim consigo colocar os dois jogos mais rentáveis e colocar uma stake apenas sem deixar-me comer pelas odds mais baixas e ter que aumentar as minhas stakes e automaticamente a minha exposição ao jogo.

As múltiplas devem ter sempre em conta e aproveitar jogos à mesma hora, pois assim conseguem ter noção de como é que está a correr essa aposta, e claro poderem fechar manualmente caso seja necessário e se conseguirem.

Um conselho apenas, não usem odds muito baixas, tipo 1.14, tentem usar odds acima de 1.27;1.28 como aquela odd daquela aposta mais segura para vós. Depois juntem outra um pouco mais alta desde que consigam ter uma odd boa de 1.62 ; 1.68 por volta disso. Avaliem esse risco vs ganhos possíveis.

Não faço triplas, é muito raro mesmo, pois considero que já é demais para mim, se tiver que fazer isso mais vale fazer a “famosa raspadinha” e juntar umas boas equipas e obter assim lucros mais altos e colocar uma stake pequenina.

Apostar em Live

Esta foi a minha última fase que tive que resolver para tentar ainda espremer mais o mercado existente em Portugal. Confesso que não sou o melhor “expert” das apostas em Live, mas já vi muita coisa e já aprendi a ver muitos a “trabalhar” esta mais valia.

Comecei bem devagar com stakes pequenas, e aviso já que é assim que o devem fazer. Então aproveitava sempre os jogos que eu tinha estudado e entrar nesses jogos.

Aqui uso a minha Fair Line, espero que a casa coloque a linha ao preço que lá fora colocaram e entro no mercado. Ver o jogo faz toda a diferença e observando bem as incidências do jogo. Confesso que vejo e saio logo após fazer a minha aposta, superstições!

Algo que me anda a chatear confesso é o VAR em alguns jogos da liga NOS, ficamos com toda a espectativa que foi golo e depois é anulado, enfim! As casas por vezes só retomam o mercado passado algum tempo, e com isso as odds nem mexem nesse espaço de tempo.

Nas apostas em Live é preciso “crescer” uma coisa eu mais me custou aprender é ser o mais calmo possível, e por vezes aguentar que a odd chegue aquele valor que nós queremos. As vezes até saio de frente do PC para não cometer erros e entrar mais cedo que aquilo que eu quero.

Confesso que é o mais difícil e sei que não é mesmo a minha praia, mas com treino consegui finalmente ser mais “calmo” e entrar só quando quero e á odd que quero.

Falta falar das stakes que uso em Live, seria tolo se colocasse Stakes maiores que as que faço em simples, pois sei logo á partida que em Live cometo mais erros do que em pré Live. Assim a minha Stake leva um corte radical e apenas coloco o valor que me interessa para atingir aquela odd.

Basicamente será apenas isto, tive que me adaptar e a única coisa que eu fiz foi rentabilizar 3 vezes os jogos que estudo. Simplesmente uso os Live’s as múltiplas e as simples para ter 3x mais rendimento que se fosse apostar normalmente.

Tenho que ser sincero, tenho jogos que as coisas não correm bem, e aí vocês podem dizer que tenho 3x mais hipóteses de sair em percas. Sim, é verdade e já me aconteceu. Mas aí eu tento reagir da mesma forma que quando perco uma simples em pré Live com uma stake média, que é seguir em frente e sair de uma Bad Run.

Basicamente o processo que eu usei, vai buscar simplesmente uma multiplicação do tempo investido nas apostas e repartir pelas 3 opções que as casas me dão para apostar – Pré Live, Live e múltiplas.

O meu exemplo que eu arranjei não tem que ser o vosso, mas uma coisa é certa, qualquer que seja o método utilizado, estamos sempre mais expostos ao risco e ao “desgaste” da nossa banca.

Outra coisa que também notei, é que se fazemos muitos Live’s começo a ficar cansado e começamos a ver mal as coisas, por vezes e aconselho não abusar dos Live’s

Volto a repetir, usem e abusem mas nãos e esqueçam e ter muito cuidado, façam como eu experimentem com calma stakes ridículas até e vão ganhando confiança.

Se este é o método ideal para ser ganhador em odds portugueses, não, não é, mas é certo que tento minimizar e adaptar-me ao que o mercado me oferece neste momento.

Não tem sido fácil e este método tem vindo a ser testado já algum tempo, e posso dizer que as coisas não vão assim tão mal!

Assusta-me é quando comparo, caso estivesse a fazer o mesmo com odds estrangeiras, e aí fico algo desanimado, mas vamos ver o que o futuro nos reserva.

Bom espero que tenham gostado, hoje fomos um pouco à procura de soluções ou melhor de uma solução que “criei” para tentar retirar rentabilização mínima no tempo que desponho nas apostas online e no futebol em específico.

Espero que tenham gostado e estou aqui para futuras perguntas que queiram fazer com dúvidas ou até ajudas, são sempre bem-vindas!

Boas apostas e até ao próximo artigo!

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.