Prognósticos para Apostas Desportivas Online - Aposta Ganha

Puntrading leva-nos à especialização das apostas desportivas

Puntrading leva-nos à especialização das apostas desportivas

Chegou a vez de trazer à baila uma dos assuntos mais badalados destes últimos meses – Puntrading.

Sendo muito sincero, tive que ler, ver muitos vídeos usando as mais diversas plataformas para poder escrever sobre isto e poder tecer alguns comentários sobre esta nova moda.

Começo por aqui, MODA, a palavra desta nova forma de apostar está a generalizar-se e parece que em terras sul americanas até pegou de estaca.

Olhamos mais friamente mas este novo conceito ou melhor para esta nova MODA, e vamos tentar falar um pouco sobre este assunto.

Voltando ao assunto MODA, as apostas online estão neste momento em voga, e são os diversos termos e expressões que estão a dominar.

Palavras como Fair Line, Shape, Puntrading entre outras, estão a dominar os termos linguísticos dos apostadores em geral. Uns pelos melhores motivos, outros para “promover” o seu produto e outros só dizem assim porque ouviram.

Bem daí a minha utilização da palavra “MODA”, está mesmo na moda usar estes termos sofisticados e em voga neste momento nas apostas desportivas e usar novos métodos que ninguém ouviu falar.

Vivemos um momento “bom” para as casas de apostas, digamos, onde os apostadores estão a passar um “mau bocado” – Havendo sempre exceções, sobretudo no mercado regulado em Portugal.

Olhando no panorama geral, observo que aqui e ali sente-se queixas que os campeonatos não estão “alinhados” com que era habitual. Falamos por exemplo de um campeonato que está acabar, o Brasileirão, onde muitos sãos os apostadores a reflectir sobre o que se passou durante toda a época.

Esta situação será generalizada mas ainda não está refletida na sua totalidade, porque os campeonatos europeus ainda estão a decorrer, poderá ainda ter “salvação” com estes mesmos campeonatos.

E ainda… para o fim da época este ano próximo 2018, teremos campeonato do Mundo, o que obrigará a fazer essa reflecção mesmo em cima de outra época estar a começar.

Digamos que o ano de 2018 teremos pouco tempo para verificar realmente o que se anda a passar atualmente.

E agora perguntam todos o que é tudo isto que eu escrevi em cima tem com o Puntrading?

Bom respondendo já e explicando um pouco o que esta “nova moda de apostar” é simplesmente um “mecanismo de defesa” que alguns apostadores usam para se estarem a proteger do que se anda a passar.

Voltamos ao “problema”, esta época está a ser muito complicada apostar, muitos resultados estranhos e muitos altos e baixos de algumas equipas que se esperavam mais estáveis.

Este novo e surpreendente método criado recentemente vem colmatar essa dificuldade.
Digamos que o Puntrading é uma foram de sairmos em lucro, mesmo com baixo valor em muitas das apostas que se faz.

Digamos que se faz o uso excessivo dos famosos Cash Out’s e muitos fechando as posições à mão.

Digamos que este meio é apenas um MÉTODO e não passa disso mesmo, não será uma nova forma de apostar. Digamos que é um método para um determinado fim, e por muito que eu ouvi e li, só consigo visualizar esta “versão” dos factos.

Muitos apostadores estão crentes que esta será mesmo a nova forma de apostar, mas eu simplesmente digo que é uma forma de os proteger.

Sim é verdade, que estão menos expostos à perda, concordo, mas também sei que os lucros serão bastante relativos em certas entradas e em certos jogos.

Digamos que o risco com este sistema aumenta para o dobro. Estar a usar este método obriga-nos a entrar em muitos jogos, sobretudo quem começa, com bancas pequenas poderá sentir mais dificuldade.

Ora a conclusão é simples, quanto mais entras, mais arriscas, e aí começamos a “jogar” com a capacidade de análise que é feita em cada jogo e com ou não o devido detalhe.

Considero e sendo o mais imparcial possível, que entrar em muitos jogos estamos a correr riscos. Mas também sei que temos apostadores que o fazem e da melhor maneira possível.

Agora também vos digo, não conheço nenhum apostador “famoso” ou muito conhecido que a base do seu trabalho sejas as múltiplas e as diversas entradas nos mercados.

O trading já a meu ver “abusa” neste sentido, mas os métodos para cada entrada são estudados ao pormenor, e sobretudo dão um UP grande porque se está a ver o jogo.

Aqui consigo “perdoar” as entradas, porque se um apostador estiver habituado à análise do jogo consegue passar para aposta e consegue fazer dinheiro com este método.

Não questiono NUNCA métodos, mas desculpem, consigo analisa-los, e saberei com certeza saber o que é melhor para mim. Não defendo o PUNTER até à morte, mas defendo a responsabilidade na aposta e na analise dela.

Voltando ao Puntrading, vejo que se virou “viral” como se tornou em tempos, as “Races em cantos ou em golos”. Muitos conseguiram boas apostas nesta “nova forma de apostar” mas que rapidamente caiu, assim que em Portugal por exemplo a Bet365 saiu do mercado.

Mas sei que da forma como as coisas estão, o Puntrading veio para ficar, porquê? Simples, os campeonatos cada vez estão mais complicados, cada vez mais a exigência do apostador aumenta.

Conseguir estar por dentro de tudo e de todas as equipas torna-se por si só uma tarefa complicada. Apenas apostadores profissionais, conseguem ter o “tempo” e as ferramentas para conseguir não perder pitada.

Para o apostador normal a luta cada vez mais está mais desigual, cada vez mais o apostador entra em menos mercados, e em menos campeonatos.

Estamos a caminho da especialização…

Sim da especialização, vou comparar ao que se passou no nosso Portugal em relação às profissões. Cada vez mais deixamos de ter o famoso “faz tudo” para termos o técnico disto e daquilo.

O Engenheiro mecânico e o Eng. eletromecânico. Ora nas apostas vamos e estamos a caminhar cada vez mais este sentido da especialização.

Na brincadeira costumo dizer que cada “macaco está no seu galho” pois só assim conseguimos ter mais “edge” em relação às casas de apostas que têm 1000000 pessoas por trás de cada mercado/aposta.

Ora a especialização obriga-nos a ser mais metódicos e estarmos menos expostos em relação a algumas apostas. Especializar-se em certos desportos ou em certos campeonatos poderá ser neste momento em que vivemos nas apostas a solução.

A meu ver a solução não passará pelo Punter puro e duro, não passará só pelo Trading ou pelo Puntrading. Acredito que o futuro vencedor nas apostas desportivas passará mesmo pela especialização nas mais diversas áreas.

Será mesmo este o caminho e que eu próprio cada vez mais sigo, esó assim conseguiremos passar por cima de todas as “artimanhas” que as casas e os mercados nos apresentam todos os dias.

A especialização torna-nos mais confortáveis nas decisões, no conhecimento e sobretudo depois de um bom trabalho, seremos menos perdedores.

Ora com o apostadores o objectivo base e central é ganhar mais do que perder, então o caminho da especialização poderá reduzir o risco e logo a capacidade da perda.

Estarmos por dentro de tudo e de todos em certos campeonatos ou modalidades poderá ser neste momento a nova forma de apostar.

Fala-se muito dos termos usados hoje em dia, mas estamos a esquecer que estamos prestes a mudar o nosso paradigma em relação às apostas desportivas e á maneira como apostamos.
Devagar a especialização está a tomar conta de nós, e já vimos muitos apostadores profissionais que só fazem certos campeonatos, por exemplo.

Este sem dúvida será uma nova forma de apostar, este será o caminho futuro, e não os cursos famosos que vos irá fazer ganhar muito dinheiro, ou aquele método infalível.

Punter, Trading ou Puntrading é apenas a forma que se aposta e não a verdade suprema das apostas desportivas.

O momento que vivemos hoje em dia nas apostas será mesmo de reflecção, mas que acredito que só irá “cair a ficha” no fim desta época desportiva, e mesmo só depois do mundial na Rússia em 2018. Digamos que daqui a uns belos meses iremos ver alguns dos melhores apostadores cada vez mais afirmar-se e transmitindo apenas a sua especialidade.

A especialização está cada vez mais presente e passa á frente dos nossos olhos, mas ainda estamos muito ligados a que fazíamos anteriormente, onde bastava uma análise superficial e os resultados até apareciam.

Onde as equipas eram mais estáveis e as competições mais “mornas”, hoje o mundo do futebol ajudou a que as apostas tivessem que mudar neste sentido, e por sua vez o apostador também.

A minha analise é clara não é o Puntrading que vai mudar as apostas online, mas sim a especialização.

Com isto digo que sites, fóruns e portais como o ApostaGanha poderão fazer muito sentido no futuro, pois a interação e a partilha de diversos especialistas poderá ser a ferramenta ideal para “vencermos as casas de apostas”.

Tenho também a consciência que o mundo não irá parar, mas acredito que a especialização nas apostas desportivas vem aí e vem para ficar durante algum tempo. Não creio que as coisas voltem ao que eram e que haja mais evolução, pois iria ser preciso ainda muito mais dinheiro nos clubes por exemplo.

Acredito que em vez de estarmos a discutir a forma de apostar deveríamos estar mais preocupados em estudar e em a especializarmos cada vez mais naquilo que realmente somos bons e que mais gostamos. Tal e qual quando nos especializamos numa profissão por exemplo.

Este será mesmo o caminho, a meu ver, para o futuro ganhador nas apostas desportivas. E deixo algo para vocês pensarem…

…porque é que cada vez mais as casas disponibilizam cada vez mais mercados, mais opções mais interações, bónus ect ect… será que não é para vos fazer distrair, será que não é para vos afastar do vosso “foco” do vosso meio de alcançar o GREEN…..

Bom o artigo hoje já vai longo e espero que tenham gostado desta abordagem do Puntrading em que puxei com esta nova MODA, um dos assuntos que está a incomodar os apostadores nacionais e internacionais.

Acredito que pelo menos vos tenha deixado a pensar um pouco no futuro neste mundo, pois acreditem que vem aí muitas mudanças e para todos.

Cabe a nós moldarmos e arranjar soluções para saber ultrapassar estes novos tempos nas apostas desportivas.

Boa semana e boas apostas

Autor: Ricardo Matos

4 Comentários

  1. Carlos

    20 de Novembro de 2017 at 18:18

    Artigo muito extenso, pouco perceptivel ao apostador comum, só dirigido para “profissionais” (não acredito neles, literalmente ou que tenham ganhos). Resumindo, interesse do artigo = Nulo.

    • Ricardo Matos

      21 de Novembro de 2017 at 18:22

      Carlos, nem todos os artigos se centram nos apostadoras “novos” o nosso leque de audiência é grande. Se verificar, pois creio que ainda não o fez, temos muitos artigos para “iniciantes” nesta mesma secção, basta procurar

      Acredito que terá todo o seu “interesse”

      Em relação ao “extenso” o assunto assim o obrigou..é deveras importante esclarecer tudo e não deixar duvidas seja para os apostadores recentes seja para os profissionais….

      Em relação a não acreditar em profissionais, amigo aí nada a fazer,existem alguns por aí, não muitos é certo, mas que têm provas dadas do que fazem. Aconselho-o a procurar pela www existem sites que o comprovam e são mais que fidedignos.

      Abraço!

  2. Rodrigo Cesar ApostaGanhaBR

    22 de Novembro de 2017 at 2:06

    Gosto da ideia de profissionalização….mas puntrading não existe…rsrsrsr

  3. Jorge Castro

    12 de Dezembro de 2017 at 2:18

    Concordo com o artigo, acho que na verdade o futuro vai obrigar-nos a deixar os campeinatos “duvidosos”, ou seja, a uma triagem, escolhendo apenas mercados mais estáveis e procurando uma especialização nesses campeonatos.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *