Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Fatores de análise de estudo para um jogo de futebol

Fatores de análise de estudo para um jogo de futebol. Mais um artigo em busca sempre de ajudar e partilhar tudo o que sabemos com os nossos users.

Mais uma vez o ApostaGanha trás um conteúdo, que recentemente tem gerado alguma controvérsia. Falamos dos factores de análise de estudo para um evento desportivo, e neste caso o futebol em específico.

A nossa primeira ressalva começa por abordar a seguinte questão:

Cada apostador tem o seu método, a sua análise, e os seus factores de ponderação. Tentem perceber que este artigo serve apenas de guia, e não de “dado adquirido ao lucro”.

Como é normal nos artigos que vou escrevendo vou tentar dividir por partes todo o conteúdo que se deve abordar sobre esta questão.

Fatores de análise de estudo para um jogo de futebol

Mais uma vez usando uma escrita acessível, e tentando aqui e ali, ir ao encontro até daqueles apostadores que entraram recentemente no mundo das apostas online.

Perdoem-me apenas falar de futebol, pois é este o evento que domino mais e na qual tenho mais experiência, e será este que irei tentar explicar os meus factores de estudo e os meus pontos de vista.

Ainda uma pequena ressalva para vos situar de como “arranco” para o estudo. Só procuro jogos de equipas que já vi jogar ou que me chamaram a atenção nas últimas jornadas.

Digamos que fixo essas equipas no meu livescores e nos próximos jogos tento estudar o melhor que posso procurando descobrir onde está o valor desse jogo, concluindo com uma possível aposta.

Digamos que o pior para um apostador é passar algumas horas a estudar um jogo, e no fim as odds não nos dão o que nós queremos e acharmos que foi tudo por água abaixo.

ENGANEM-SE, esse estudo está na vossa cabeça, de certeza que até as anotações que foram fazendo, vão estar em cima da mesa da próxima vez que essa equipa jogar e vocês voltarem a procurar valor nesse jogo.

Por isso nunca deem por perdido esse tempo, arranjem sempre maneira de guardar tudo o que leram e escreveram sobre essa equipa, por exemplo.

Bom vamos então aos factores de ponderação perante uma análise sobre um jogo de futebol

Fórmula de análise dos fatores:

Por exemplo, jogar em casa é sempre um factor a considerar na análise. Para a equipa da casa é sem dúvida uma belo handicap para garantir algo, tipo, golos, os 3 pontos etc.

Mas reparem, para este jogo, e vou dar um exemplo, tipo Benfica, Porto e Sporting, o jogar em casa tem uma percentagem factorial grande.

Mas se estiverem atentos, por exemplo, outras equipas são melhores a jogar fora do que em casa.

É necessário ter em conta estes factores, e no fim dar a percentagem devida para este acontecimento, dando-o assim o vosso factor de ponderação perante análise final.

Digamos que construímos uma formula mágica para chegar a uma conclusão final.

Exemplo de uma fórmula:

Equipa 1:F1(%)+F2(%)+F3(%)+F4(%)+F5(%)+ (ect)
+
Equipa 2:F1(%)+F2(%)+F3(%)+F4(%)+F5(%)+ (ect)

= Ponderação final.

A questão aqui está em determinar a (%) de cada factor.

Aqui ninguém tem uma ciência exacta, e aqui cabe ao apostador, com a sua experiência, verificar qual dos factores deve ter maior percentagem na fórmula.

Agora depois de dada a formula, vamos falar de alguns factores, e não esquecendo de uma coisa, cada jogo é um jogo, a análise deve ser sempre ter em conta aquele jogo.

Muitas das percentagens mudam, mesmo estando sempre a estudar a mesma equipa.

Factor casa/fora:

Sem duvida que este é o primeiro que salta à vista, mas como já dissemos anteriormente, por vezes temos equipas que são melhor a jogar fora.

Dois exemplos de que este factor pode chegar até aos 2% – No Brasileirão, por vezes as equipas não estão a jogar em casa, não no seu estádio. No Brasileirão esta situação acontece muitas vezes.

Lembro-me de uma passagem de uma equipa, no Brasileirão série b, brasil pelotas, que na época passada, jogava melhor fora que em casa.

Tudo por causa dos adeptos que não concordaram com a junção do Audax. Neste caso eu diminuía e bastante a percentagem quando o brasil pelotas jogava em casa.

Forma:

A forma das equipas é essencial numa na análise cuidada de um jogo.

O momento actual de vitórias ou derrotas e até empates poderá ter muito peso na % deste factor e ter bastante influência na nossa decisão final.

Um pequena chamada de atenção, ter cuidado ao analisar as formas das equipas, quando essas equipas jogam competições diferentes.

Falamos de Champions League, liga Europa e a até as taças caseiras. Por norma as equipas jogam com outras ambições e até com jogadores diferentes.

Competição:

Mais um factor importante, a competição que estamos analisar.

Jamais podemos comparar o seu desempenho de uma taça da liga para um campeonato.

Parece ate básico, mas muitas das vezes somos enganados em alguns livescores e sites de estatística pois vai nos dar o somatório total.

É necessário estar atento a estes pormenores, as competições em que as equipas estão envolvidas podem ter factores de ponderação e em % muito diferentes neste aspecto.

Saúde física:

Chamo factor de saúde física, porque quero juntar a parte física e a da saúde dos jogadores dentro do mesmo factor.

Começo por dar valor à parte física, saber os momentos físicos que a equipa atravessa, no geral e até como é o seu desempenho físico durante o jogo é importante.

Na saúde saber se existe a possibilidade de alguns jogadores estarem lesionados, e até saber se vieram de jogar da Rússia e que possam estar constipados, ou estiveram.

Todos sabemos como ficamos depois de uma constipação, ficamos um pouco mais “moles”.

É importante saber o estado físico mental também da equipa. Por vezes uma derrota por muitos golos pode causar moças na equipa.

Por exemplo aquela final que estava quase ganha e no fim, deram a volta e perderam o jogo. Causa tristeza e o grupo pode ressentir-se disso.

Nº de golos marcados e sofridos:

Para quem aposta muito em golos (over/under) e no BTTS (ambas as equipas marcam) poderá ter um peso muito importante na sua análise.

Saber como se vai portar cada equipa segundo a sua capacidade de fazer ou sofrer golos.

Muitos especialistas, digamos muitos apostadores profissionais, começam a sair deste mercado, pois encontra-se muito volátil, segundo os profissionais o afirmam.

golos marcados e sofridos

Digamos que para mim tenho sido surpreendido de ano para ano, com os números de golos por jogo, outro factor importante, em média, que os campeonatos têm vindo alcançar.

Quem não se lembra de um campeonato italiano cheio de unders e agora é overs por todo o lado.

Uma nota, as competições vivem muitos do espectáculo, e na minha teoria, sem golos as pessoas não vão ao estádio.

Por isso houve um evoluir natural no número de golos nas competições mais importantes e sobretudo aquelas que geram mais dinheiro nas Tv’s por exemplo.

Outro aspecto é que cada vez mais vimos Messi’s, CR7, Neymar e companhia, e perguntamos onde estão aqueles defesas centrais italianos?

Onde está aquelas defesas que não vacilavam por nada? Aqui o problema é que as casas de apostas podem ajustar muito rapidamente os valores da odd para estes mercados em especifico, e deixa de “compensar”.

Mais uma vez vai ao encontro do que os especialistas dizem, o overs deixaram de ter valor pela sua volatilidade.

H2H:

Certos apostadores não dão importância a este factor, mas eu dou. Dou é certo, mas não olho só para os números.

Ao olhar o H2H, tenho que perceber o que se passou em casa jogo desse mesmo H2H.

Épocas diferentes, momentos diferentes, mas se encontrar uma parametrização, fico à espreita e tento valorizar isso em cerca de 2% no máximo.

Por exemplo, equipa 1 e equipa 2 sempre que se defrontaram houve pelo menos 2 golos. Vejo aqui uma tendência, pelo menos 2 golos estas equipas fazem.

Mas também pode acontecer ao contrário. Equipas que sempre marcaram entre si podem um dia ficar no 0-0, amigos existe sempre uma primeira vez para tudo.

Mesmo se passa quando dizem a equipa A nunca perdeu em casa com a equipa B. Cuidado aqui, avaliem bem!

Notícias/conferências de imprensa:

As notícias sobre as equipas, e conferências de impressa, podem ser um factor a considerar, e eu considero até aos 5% por vezes.

Aquela declaração que te faz perceber que a equipa já tem alguma consciência do que vai acontecer.

Aquele feeling que ficas depois de ouvires os jogadores e as vezes os treinadores, tipo “ sabemos que a equipa adversária é forte, marca golos, ma

conferências de imprensa

s temos que ter cuidado fazer o nosso trabalho”… amigos, isto é ter a consciência plena que a equipa irá sofrer um golo de certeza.

Muitas as vezes são as palavras que se podem ler nas “entrelinhas” onde podemos ajustar na nossa percentagem neste campo.

Uma dica dou mais valor ao que um jogador diz do que ao treinador, pois este por vezes não está habituado a ser entrevistado, e não está habituado a ter um discurso inconclusivo.

Logo vai conseguir perceber rapidamente onde é que o jogador quis chegar com aquela expressão ou frase.

Convocados / 11 provável:

Depois de falarmos de conferências de imprensa, temos que falar de lesões/decisões técnicas, onde por vezes só aí sabemos se jogador A ou B vai a jogo ou não, ou na lista de convocados.

A lista de convocados dita logo à partida se um jogador importante na equipa A ou B pode ir a jogo ou não.

Sabendo que está em fase de recuperação o apostador nunca sabe o verdadeiro estado do jogador. Muitas vezes esta situação é usada como “Mind game” para baralhar a estratégia do adversário.

Se temos duvidas, e se for importante para a nossa decisão se o jogador A ou B jogue, devemos deixar este jogo.

Ou então continuar o estudo, e esperar pelo 11 inicial oficial, e muito provavelmente, por questões de odds, entrar no jogo em apostas ao vivo.

Arbitragem:

Bem, dava pano para mangas, falar disto, mas para mim, como apostador dou alguma % caso ache que um determinado arbitro possa ter peso no jogo.

Começo por falar do estilo de apitar, pode condicionar por exemplos as equipas mais rápidas.

Um árbitro, como se diz na gíria, caseiro, pode obrigar-me a ter mais cuidados sobre o que a equipa visitante consiga fazer.

Não me vou alongar mais sobre este assunto, mas peço que olhem com bons olhos para este factor de ponderação.

Acreditem que irão ver algumas situações iguais e surpreendentes, que irão chamar-vos à atenção.

Condições climatéricas:

Penso que este factor por vezes não seja de factor alto de ponderação no estudo, mas em certos campos temos que levar a sério e muito este aspecto.

Condições climatéricasDou como exemplo jogar no estádio do Rio Ave, onde o vento sopra forte.

Se de um lado uma equipa sai beneficiada, na 2ª parte troca, a não ser que o vento mude de direcção.

Bem se querem a minha opinião, neste campo eu vejo que ambas as equipas possam sair prejudicadas, mas claro a equipa da casa está mais habituada a este factor externo.

Aqui aconselho a sermos cautelosos. Outro campo para ter cuidado é o do Brest, actualmente na 2ª liga francesa. Aquilo lá no Inverno é de meter medo.

Tempo muito carregado, muita humidade e muita chuva. O campo por vezes não aguenta o que prejudica bastante as nossas possíveis apostas.

Temos outros, por exemplo na Alemanha, e nos jogos na Rússia com o problema neve e frio.

Estatística geral:

Bem esta é sem dúvida um dos elementos mais importantes, a estatística serve de base e para alguns apostadores tem um factor alto de ponderação na sua decisão final.

Alguma controvérsia neste campo, pois outros não colocam a fasquia tão alta.

Na minha opinião tudo deve ser ajustado, conforme o nosso perfil e conforme o jogo em si.

A estatística é importante para tudo, e por vezes serve para a nossa conclusão, por outro lado pode induzir-nos em erro.

Tenham muita atenção, e em género de conclusão, usem-na sempre em vosso proveito.

Feeling:

Muitos apostadores dizem, “tenho um feeling” que este jogo vai ser assim. Este é sem dúvida o factor de ponderação mais caricato.

Explico porquê, porque se o nosso feeling estava certo e fomos atrás por exemplo de uma aposta mais racional, vamos ficar chateados connosco.

E pensamos, na próxima sigo o meu feeling.

O conselho que deixo sobre este assunto é simples, verifiquem se o vosso feeling é muito assertivo, digamos se vocês acertam muito sobre este factor.

Façam uma contabilização desse feeling, e se der lucro, acreditem nesse mesmo feeling e acreditem mais em vocês.

Ponderação final:

Agora é somar os factores e chegar a uma ponderação final, e sobretudo chegar a uma conclusão que nos leve a uma aposta.

É certo que esta é a parte mais complicada, analisando os factores todos, olhando para os factores de ponderação, irá apontar para uma direcção, por exemplo golos no jogo.

Aqui dava uma nota, não olhem já para as odds que a casa de apostas vos oferece, voltem a fazer a vossa análise, verifiquem se não se esqueceram de nada.

Voltem a verificar se não existe alguma notícia de última da hora, pois sei que o estudo por vezes demora bastante.

Se a conclusão foi a mesma então está na hora de verificar se o vosso estudo vai valer a pena ou não. Verifiquem as odd’s, se para vocês ela tem valor, então entrem nesse mercado e boa sorte.

Falei do valor da odd e se esta tem valor, mas aqui vamos entrar noutro campo. Saber se a odd tem valor ou não, e comparando-a com a vossa Fair Line/odd justa vai ser o nosso próximo artigo.

No próximo artigo vamos tentar explicar como é que poderão chegar à vossa Fair Line/odd justa.

Queremos sobretudo que assimilem tudo com calma e ponderação e no próximo artigo vamos então abordar um dos assuntos mais falados ultimamente no mundo actual das apostas online.

Até ao próximo artigo, boas apostas