Apostas Online em Portugal – Aposta Ganha

Como criar um método para apostar online

Muitos apostadores procuram métodos para iniciar a sua aventura, porém, como é dito frequentemente, não existe um método infalível. Existe, contudo, métodos capazes de gerar lucro a longo prazo, mas sendo que nenhum é uma ciência exacta, cada um desenvolve ao longo tempo, através da sua própria experiência, um método próprio.

Como criar um método para as apostar online

O problema é que criar um método próprio pode ser algo complicado para um apostador iniciante. Então, quais são os passos que se deve tomar para criar um método lucrativo?

método para apostar online

Em primeiro lugar, é importante perceber a razão pela qual ter um método é importante. Um método não é mais que uma estratégia elaborada para chegar a um fim, nas apostas sobretudo, é a criação de regras pessoais, muitas vezes adicionadas e adaptadas consoante os erros observados do passado.

Um método bem elaborado por si só, é capaz de nos dar o equilíbrio que todos precisamos para atingir o lucro. Se formos capazes de cumprir à risca as regras do nosso próprio método, então nunca vamos perder o equilíbrio.

O conhecimento é a base de qualquer apostador, quanto mais sabe, mais longe consegue ver. E o conhecimento é infinito.

Nunca atingimos uma fase em que podemos dizer que sabemos tudo, estamos em constante aprendizagem, nem que seja com os nossos próprios erros.

A honestidade é lei. Devemos questionar honestamente o quanto sabemos sobre um determinado desporto e sobre apostas em geral. No meu caso, que só aposto em futebol, quantas ligas domino?

Não é necessário apostar em várias competições para obter lucro, basta ser especialista numa determinada competição.

Para mim, sempre foi a liga espanhola, por ser a liga que sempre acompanhei

Estar sempre em cima dos acontecimentos pode gerar oportunidades que mais ninguém consegue ver.

É mais fácil acompanhar todas as notícias de uma só liga do que todas as notícias das principais ligas, quer isto dizer que, algo vai escapar, e nas apostas, conhecimento é dinheiro.

Então, qual é o número de ligas que devemos acompanhar? Na minha experiência, três ligas é o número ideal, mais do que isso pode prejudicar o rendimento. No meu caso, este processo foi cozinhado de forma lenta.

Comecei por colocar apostas apenas na liga espanhola, e sempre que tinha tempo disponível, comecei a observar a Premier League, sem colocar qualquer aposta até me sentir confortável.

Hoje, coloco semanalmente apostas na La Liga, liga inglesa e Bundesliga. Há, contudo, um truque que eu uso para chegar a outras competições.

Ao invés de acompanhar uma liga extra, escolho equipas especificas para acompanhar, quer isto dizer, que em Itália, por exemplo, só coloco apostas no jogos da Juve. No entanto, neste caso, coloco sempre apostas com stakes mais moderada.

La Liga

Com as competições bem definidas, a selecção dos jogos torna-se natural, pelo conhecimento adquirido. É mais fácil definir que jogos queremos estudar, que jogos têm potencialmente mais valor, por alguma razão.

Por exemplo, eu sei que o Barcelona tem sempre dificuldades em visitar a Real Sociedad porque acompanho a liga espanhola há muitos anos. Dos últimos nove jogos para a liga, o Barcelona venceu apenas dois encontros no reduto da Real Sociedad.

E, este ano voltou a empatar, pelo que para mim não era uma surpresa, mas esta percepção de valor só é adquirida com o tempo, pelo que é necessário estar alerta de tudo o que se passa, e se o tempo é inimigo, uma competição é o suficiente.

Tendo definido em que competição nos vamos especializar, resta saber em que mercados somos mais certeiros.

Eu sou da opinião que numa primeira fase, todas as apostas devem ser colocadas apenas em papel, porque normalmente, é mais provável ter prejuízo. Ainda assim, o importante é anotar tudo, e fazer uma análise mensal.

Todos os apostadores têm más fases, não é algo que se evita, mas que se aprende a lidar. Por isto, não se deve mudar radicalmente o método, para este efeito acredito que devem ser feitas contas de seis em seis meses.

Mas, o nosso método está em constante evolução, pela experiência que vamos adquirindo, e pode ser ajustado. Numa fase inicial, reparei que estava com prejuízo, com 50% de acerto.

E, foi fácil modificar esta tendência, observando os meus jogos anotados. Reparei, que havia um mercado específico em que tinha 0% de acerto, o handicap europeu, quando deixei de fazer apostas neste mercado e passei exclusivamente para o mercado over/under, comecei a ser lucrativo.

Não mudei drasticamente a forma como eu selecionava ou estudava os jogos, apenas mudei o mercado, e resultou.

O que ainda cria mais dificuldades é como criar um método para estudar os jogos depois de estes estarem selecionados.

Neste aspecto, informação é poder.

Um apostador deve estar rodeado de boas fontes, que são capazes de fornecer informações viáveis. Os principais jornais de um país são sempre uma boa fonte, mas nem sempre nos fornecem as informações que procuramos.

Procurar sites com boas estatísticas é importante. As estatísticas são sempre uma forte ajuda a adicionar ao nosso conhecimento proveniente da observação dos jogos. E há inúmeros sites grátis com boas informações.

Neste aspecto, desenvolvi o meu método estudando jogos já realizados. Juntei uma grande quantidade de jogos com mais de 4,5 golos, e procurei encontrar características semelhantes.

Neste aspecto, informação é poder.

Observei por exemplo, que nestes encontros, havia menos pressão sobre as equipas, e que havia um equilíbrio entre ambas. Jogadores determinantes no processo defensivo lesionados também era um factor comum.

Juntando todos os pontos semelhantes, procurei então jogos por realizar com as mesmas características.

Voltar a jogos já realizados pode ser uma ajuda forte na procura de jogos com as mesmas características, e esta decisão permitiu-me subir o meu rendimento, acertando 64% dos jogos.

Para além disto, procuro identificar todos os erros cometidos para não voltar a repetir.

É importante ser justo, e não só procurar os erros no prejuízo, mas também tentar perceber como o lucro podia ter sido maior.

O que se passou nas apostas perdidas? Não gosto de falar em azar, acredito muito no trabalho.

No meu caso, aposto de forma constante na equipa do coração, e posso dizer que é a equipa que me deu mais lucro, mas, afasto-me completamente das taças nacionais, onde tenho sempre prejuízo.

Criar regras próprias é a melhor atitude, não querendo dizer que seguir tips de outras pessoas é algo a evitar, mas nada bate uma oportunidade identificada por nós próprios.

Outros links Apostaganha onde podes obter mais informações:

Entra no nosso canal do telegram se queres Receber todos os Prognósticos, Destaques, Tutoriais, Promos e muito mais, assina o nosso CANAL. Se queres conversar connosco também no Telegram através de CHAT.

Assiste a todos os nossos podcast e dicas de apostas no nosso canal de Youtube. Se gostas de outras redes sociais segue-nos no Instagram e Twitter.

2 Comentários

  1. Avatar

    diogo de sousa Cardoso

    11 de Janeiro de 2020 at 14:20

    boas quero aprender apostar mas nao percebo quase nda de futebol

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *